Início » Brasil » Zika pode proteger contra dengue e vice-versa
SAÚDE

Zika pode proteger contra dengue e vice-versa

Estudos brasileiro e chinês mostram que vírus das doenças podem ajudar na defesa do organismo

Zika pode proteger contra dengue e vice-versa
Ambas as doenças são transmitidas pelo Aedes aegypti (Foto: Public Domain Picture)

O vírus da zika pode imunizar as pessoas contra a dengue, segundo uma pesquisa brasileira publicada na revista “The Lancet”. O estudo foi por pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Uma pesquisa chinesa já tinha mostrado que quem contrair o vírus da dengue pode estar mais protegido da zika.

A pesquisa analisou dados coletados em Salvador (BA). O pesquisador Guilherme Ribeiro, da Fiocruz Bahia, estuda, desde 2009, juntamente com um grupo de cientistas, números de pessoas com doença febril aguda que frequentam um posto de saúde em Salvador. Os vírus da zika e da dengue são transmitidos da mesma forma, através da picada do mosquito Aedes aegypti.

Ao todo, foram analisados 1.937 pacientes até 2015. Segundo a publicação da pesquisa, cerca de 25% das pessoas (484) estavam infectadas com dengue. Nos anos seguintes, até 2017, das 1.334 pessoas avaliadas, apenas 3% contraíram dengue (43). A época coincide com a chegada do vírus da zika em Salvador.

De acordo com o pesquisador, como os casos de chikungunya continuaram a ocorrer e crescer, mesmo com a diminuição da dengue na região, comprovou-se que não tinha ocorrido diminuição dos mosquitos Aedes aegypti na região. Com os dados da prefeitura, que foram ampliados para todo o município, também pôde-se comprovar a redução da dengue depois da chegada da zika. Porém, o estudo ainda precisa ser mais aprofundado antes de se chegar a uma conclusão.

Pesquisa chinesa

Jinsheng Wen, do Instituto de Arboviroses da Universidade de Wenzhou, na China, publicou, em novembro de 2017, uma pesquisa que mostrava que a dengue ajudava a proteger contra a zika. Com isso, os chineses fizeram pesquisas para testar uma possível imunidade entre os dois vírus.

Em um primeiro momento, os pesquisadores infectaram camundongos com vírus da dengue, que ficaram doentes e se recuperaram um tempo depois. Após isso, os mesmos camundongos foram infectados com zika, assim como um outro grupo “virgem” – que ainda não havia sido infectado por outro vírus.

O grupo que foi infectado com a dengue anteriormente apresentou uma carga reduzida do vírus da zika. Dessa forma, os testes indicaram que a defesa adquirida com a dengue ajudou a reduzir os efeitos neurológicos da zika, visto que menos cópias do vírus foram encontradas no cérebro das cobaias.

Fontes:
G1 - Estudos mostram que ter zika pode proteger contra a dengue e vice-versa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *