Início » Internacional » Morre, aos 94 anos, ex-presidente George H.W. Bush
OBITUÁRIO

Morre, aos 94 anos, ex-presidente George H.W. Bush

George H.W. Bush foi o 41º presidente dos Estados Unidos, pai de George W. Bush, 43º presidente

Morre, aos 94 anos, ex-presidente George H.W. Bush
Bush foi presidente dos Estados Unidos entre 1989 e 1993 (Foto: Wikimedia)

O 41º presidente dos Estados Unidos, George H.W. Bush, morreu na última sexta-feira, 30. Pai do 13º presidente americano, George W. Bush, o ex-chefe de Estado foi a óbito menos de oito meses depois de sua esposa, Barbara Bush, de 92 anos.

“Jeb, Neil, Marvin, Doro e eu anunciamos com tristeza que, depois de 94 anos extraordinários, nosso querido pai morreu”, anunciou George W. Bush através de um comunicado. Bush teve uma forma de doença de Parkinson, que o mantinha em uma cadeira de rodas. Desde 2013 o estado de saúde do ex-presidente chamava a atenção, que entrava e saía do hospital com frequência.

Republicano, Bush foi presidente dos Estados Unidos entre 1989 e 1993. Sua gestão foi marcada pelas intervenções militares, no Panamá e em especial, no Golfo Pérsico, onde comandou a reação americana à invasão do Kuwait pelo Iraque de Saddam Hussein na chamada Guerra do Golfo.

Em âmbito nacional, sua gestão se destacou pela criação de leis contra discriminação de deficientes físicos. Entretanto teve dificuldade em manter sua promessa de campanha de “não criar novos impostos”, de forma que sua popularidade caiu acentuadamente até as eleições presidenciais de 1992, quando foi derrotado por Bill Clinton.

Vida

Nascido em 12 de junho de 1924, Bush, que era de família rica, foi criado no subúrbio de Nova York. Estudou em escolas privadas e, depois da formatura, serviu na Segunda Guerra Mundial, sendo um dos pilotos mais jovens da história, aos 18 anos.

Ao todo, serviu em 58 missões. Em uma delas, seu avião chegou a ser abatido por japoneses, mas Bush foi resgatado no Oceano Pacífico. O ex-presidente se casou com Barbara Bush, então Barbara Pierce, em 1945, com quem teve seis filhos: George, Robin, John, Neil, Marvin e Dorothy.

Economista formado pela Universidade de Yale, Bush foi um político de perfil conservador, mas economicamente liberal. Foi eleito pela primeira vez em 1967 como deputado pelo Texas. Entre 1971 e 1974 foi embaixador na Organização das Nações Unidas (ONU), atuando ainda como representante China por mais de um ano.

Bush também foi diretor do serviço de inteligência dos Estados Unidos (CIA), entre 1976 e 1977. O ex-chefe de Estado tentou a presidência pela primeira vez em 1980, mas perdeu e foi vice na chapa com Ronald Reagan, entre 1981 e 1989.

Com perfil diplomata, se mostrando um especialista nas relações internacionais, Bush visitou dezenas de países enquanto foi vice. Sua atuação na segunda posição alavancou sua candidatura em 1988, sendo eleito presidente dos Estados Unidos, vencendo o democrata Michael Dukakis.

Na presidência, Bush teve que lidar com o fim da Guerra Fria e mudança de geopolítica mundial. Durante seu mandato, a política externa teve papel central. Entre 1990 e 1991, enviou tropas para remover soldados de Saddam Hussein, que invadiram o Kuwait, durante a primeira guerra do Golfo.

Apesar de admirado por americanos, principalmente os de perfil republicano, Bush foi derrotado  nas eleições de 1992 pelo democrata Bill Clinton, marido da também democrata Hillary Clinton.

Líderes lamentam

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou as redes sociais para lamentar a morte de Bush. Através de um comunicado, assinado também pela primeira dama, Melania Trump, o chefe de Estado destacou a devoção de Bush à família, apontando, em especial, seu casamento com Barbara Bush, com quem foi casado por 73 anos.

“O presidente George HW Bush levou uma vida longa, bem-sucedida e bela. Sempre que eu estava com ele, eu via sua alegria absoluta pela vida e verdadeiro orgulho em sua família. Suas realizações foram ótimas do começo ao fim. Ele era um homem verdadeiramente maravilhoso e sentiremos a sua falta!”, escreveu Trump nas redes sociais.

Já o brasileiro Michel Temer, também pelas redes sociais, destacou o respeito que Bush tinha mundialmente. “Nossos sentimentos à família e ao povo dos EUA”, escreveu.

Bill Clinton, que sucedeu Bush na presidência, divulgou um comunicado, através da Fundação Clinton, sobre a morte do ex-presidente. Apesar de adversários na política, Clinton fez questão de agradecer o trabalho de Bush pelos Estados Unidos, lembrando ainda da amizade que formaram ao longo da vida pública.

“Poucos americanos foram – ou serão – capazes de igualar o histórico de serviço do presidente Bush aos Estados Unidos e a alegria que ele tinha todos os dias; do seu serviço militar na Segunda Guerra Mundial, ao seu trabalho no Congresso, Nações Unidas, China, a Agência Central de Inteligência, a Vice-Presidência e a Presidência, onde ele trabalhou para mover o mundo pós-Guerra Fria para uma maior unidade, paz e liberdade”, afirmou.

 

Leia também: George Bush foi eleito presidente dos EUA

Fontes:
The New York Times-George Bush, 41st President, Dies at 94
G1-Ex-presidente dos EUA George H.W. Bush morre aos 94 anos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *