Início » Opinião » Artigos » Asilo para Rafael Capoti
Artigo

Asilo para Rafael Capoti

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na semana passada, Rafael Capoti, atleta da delegação de Cuba, conseguiu fugir da Vila Pan-Americana e refugiou-se em São Caetano do Sul. Lá, outro refugiado cubano, atleta como ele, joga no time do Santa Maria local.

O jornal oficial cubano Granma, embora dando grande cobertura aos Jogos Pan-Americanos – ontem a ênfase era sobre as possibilidades de Cuba manter o domínio no levantamento de peso – não traz notícia a respeito do abandono do atleta dos jogos e da delegação cubana.

Curiosa situação! Da mesma forma que outros milhares de cubanos, Rafael não pode simplesmente sair de Cuba para praticar o esporte em outro país, como fazem de maneira corriqueira nossos melhores craques. Tampouco pode treinar em qualquer outro lugar, que não Cuba. Precisou fugir e pedir asilo para poder praticar o seu esporte no Brasil.

“Abandonei a delegação para poder ter mais oportunidades em minha carreira. Sei que isso será muito custoso, porque perderei a convivência com minha família e meus amigos”, declarou Capoti em entrevista à televisão brasileira.

Há um abismo entre a situação dos desportistas de todo o mundo e dos desportistas cubanos. O festejado jogador de futebol inglês David Beckham mudou-se para Los Angeles, onde passa a jogar pelo Los Angeles Galaxy. Ronaldo de Assis Moreira, mais conhecido como Ronaldinho Gaúcho, joga pelo Barcelona. E assim uma infinidade de craques de todo o mundo, joga em outros países que não o seu de nascimento. Só em Cuba os desportistas não podem se globalizar.

Alguns temem que o governo brasileiro não conceda asilo a Rafael Capoti. Não creio nessa possibilidade. Temos uma longa tradição de acolher aqui perseguidos políticos de todas as correntes de opinião. Não há motivos para não acolhermos também um atleta, que quer tão somente praticar o seu esporte em liberdade.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Evandro Correia disse:

    Eu acho que Lula é bem capaz de devolver ele para fazer média com o companheiro Fidel.

  2. Adamastor Nabuco disse:

    Sr Evandro, acho melhor mandarmos em troca o assessor Marco Aurélio Garcia.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *