Início » Opinião » Biografias » Carlos Chagas
Biografia

Carlos Chagas

Carlos Ribeiro Justiniano Chagas nasceu em 9 de julho de 1879, em Minas Gerais

Nascido no dia 9 de julho de 1879, em Minas Gerais, Carlos Ribeiro Justiniano Chagas ficou órfão de pai aos quatro anos. Apesar do desejo de sua mãe de ter um filho engenheiro, Chagas foi estudar Medicina aos 16 anos, no Rio de Janeiro.

Em 1905, realizou sua primeira campanha contra a malária em Itatinga, São Paulo – essa também foi a primeira expedição bem sucedida na história da doença. Com um método que consistia na observação e descrição da transmissão do vírus, a pesquisa de Chagas teve um resultado que serviu de base para estudos contra a malária no mundo inteiro.

No ano seguinte, o médico sanitarista voltou ao Rio de Janeiro e começou a trabalhar no Instituto Oswaldo Cruz. Em 1907, Chagas foi à Baixada Fluminense com o objetivo de combater o surto de malária na região. Enviado por Oswaldo Cruz, fez o mesmo em uma aldeia às margens do rio São Francisco. No povoado, ele descobriu nos barbeiros um novo protozoário que chamou de Trypanosoma Cruzi – em homenagem a Oswaldo Cruz.

A moléstia hoje conhecida por doença de Chagas é um estudo único na medicina, já que um mesmo pesquisador apurou o agente patogênico, as causas da doença, suas formas clínicas e seu meio de transmissão.

O trabalho de Chagas teve repercussão internacional. A Academia de Medicina brasileira o tornou membro extraordinário, já que não havia vagas no momento. Em 1912 ele ganhou o prêmio Schaudinn de melhor estudo de protozoologia, na Alemanha. Além disso, o médico brasileiro foi o primeiro a descrever os danos provocados pela malária na medula óssea e inovou ao afirmar que a doença era uma infecção domiciliar. No mesmo ano em que foi premiado na Alemanha, Chagas fez uma expedição à Amazônia, onde pesquisou as condições de vida da população local e fez um levantamento médico-sanitário da região.

Com a morte de Oswaldo Cruz, em 1917, Carlos Chagas assumiu a direção do Instituto de Manguinhos. Em 1918, foi convocado pelo governo brasileiro para coordenar uma campanha contra a gripe espanhola, no Rio de Janeiro. Em seguida, foi convidado pelo então presidente Epitácio Pessoa a redigir um novo código para a saúde pública. O novo regulamento instaurou o Departamento Nacional de Saúde Pública (DNSP), encarregado dos serviços sanitários e da profilaxia rural. Como diretor do DNSP, Chagas criou serviços de higiene infantil e de combate às endemias rurais, à tuberculose e à hanseníase.

Além disso, construiu escolas de enfermagem e oficializou a formação de médicos sanitaristas. Na década de 20, foi indicado professor da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Lá abriu cadeiras sobre doenças tropicais e disponibilizou as bases do estudo de higiene no Brasil.

Como diretor de Saúde Pública, ele representou o País no Comitê de Higiene da Liga das Nações, instituição que originou a Organização Mundial da Saúde (OMS). O médico sanitarista morreu aos 55 anos, no dia 8 de novembro de 1934.

 

8 Opiniões

  1. Markut disse:

    Vejam os dois extremos da corda sobre o abismo, de Nietzsche:
    Numa ponta, o goleiro Bruno, na outra, essa respeitavel personalidade do Dr. Carlos Chagas.

  2. BEATRIZ ANTONIETA LOPES disse:

    Um sanitarista preocupado com a Saúde Pública, dedicado pesquisador, Carlos Chagas trabalhou com a Malária, com o Mal de Chagas, apesar dos equipamentos disponíveis na época ele “via mais longe”. Hoje, com tanta tecnologia e verbas para a pesquisa, deixaram a Malária, a Dengue, Chagas, Leishmaniose, ‘Elefantíase’,Filarioses, Oncocercoses,Esquitossomoses, se espalhar pelo Brasil afora…Estas são patologias que envolvem vetores.
    E também a Tuberculose, a Hanseníase só vem aumentando! Todas fazem parte das Doenças Negligenciadas!

  3. Luana K. disse:

    Carlos Chagas é considerado um exemplo de dedicação e muito estudo. Ao ler sua história observei que começou a estudar medicina aos 16 anos de idade, isso nos dá a esperança de que nós jovens somos capazes de vncer todo e qualquer obstáculo basta apenas ter dedicação, com isso podemos provar as mais velhos que o jovens não é o que muitos pensam.

  4. P.F. disse:

    É olhando o passado que se constrói o futuro.
    + Educação JÁ!!

  5. Nathalia Matos da Silva disse:

    esse saite é muito legal sabia ensina varias coisas q agente ñ aprende na escola é muito legal mesmo tbm

  6. ALANA CRISTINA DE FREITAS ROCHA disse:

    EU GOSTEI MUITO E ACHEI MUITO INTERESANTE A, HISTORIA DE CHAGAS CIENTISTA/SANITARISTA BRASILEIRO, FOI HUMDOS MAIORES AUTOAR BRASILEIRO DE GRANDES REALIZAÇAOES,,,,,,

  7. fernanda disse:

    eu gostei muito.
    PARABÉNS…
    vocês tem uma linguagem fácil de entender.

  8. EDVALDO TAVARES disse:

    DESCOBERTA DO TRYPANOSOMA (SCHIZOTRYPANUM) CRUZI – HONRA E GLÓRIA DA MEDICINA BRASILEIRA. Carlos Chagas, cientista/sanitarista brasileiro, foi o autor de grande realização de repercussão internacional. Um carrapato, Triatoma brasiliensis, chupador de sangue, habitante das gretas das casas de estuque, era o transmissor do protozoário que recebeu o nome do grande sanitarista brasileiro Oswaldo Cruz – Trypanosoma (Schizotrypanum) cruzi. A doença transmitida pelo triatomídeo causada pelo Trypanosoma (Schizotrypanum) cruzi recebeu o nome do grande bemfeitor brasileiro, Doença de Chagas. Carlos Chagas foi mundialmente reconhecido pelo grande feito científico tanto no BRASIL quanto no mundo. “BRASIL ACIMA DE TUDO” EDVALDO TAVARES. MÉDICO. BRASÍLIA/DF.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *