Início » Opinião » Biografias » Robert Francis Kennedy
Biografia

Robert Francis Kennedy

Robert Francis Kennedy morreu em 6 de junho de 1968

Robert Francis Kennedy
Robert Kennedy lutou pelos direitos das minorias

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Robert Francis Kennedy nasceu em 20 de novembro de 1925 e morreu em 6 de junho de 1968. Era o sétimo filho de Joseph e Rose Kennedy e foi um grande colaborador de seu irmão, o ex-presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy.

Ingressou na Universidade de Harvard e, após um período na marinha americana, graduou-se em 1948. Sete anos antes de engajar-se na campanha presidencial do irmão, em 1960, atuou no Conselho do Senado, lutando contra a corrupção. Depois da eleição de John Kennedy, tornou-se secretário de Estado da Justiça e trabalhou na área de defesa dos direitos humanos e contra a discriminação racial.

Três anos depois, seu irmão foi assassinado e Robert Kennedy continuou trabalhando um período com o presidente Lyndon Johnson. Em 1964, renunciou para candidatar-se ao senado pelo Partido Democrata, onde se destacou pelo empenho na luta pelos direitos das minorias. Também foi contra a escalada militar no Vietnã. Em 1968, candidatou-se à Presidência da República pelo Partido Democrata.

A disputa pela presidência foi a última de Robert Kennedy. Em 5 de junho de 1968, o político participou de um evento comemorativo, depois de uma série de vitórias nas eleições primárias para escolha do candidato do partido. Quando o político deixava o salão, o jordaniano Sirhan Bishara Sirhan disparou vários tiros contra Kennedy. No dia seguinte, o senador não resistiu aos ferimentos e morreu.

Veja o vídeo do dia da morte:

 

Fontes:
UOL educação - Robert Francis Kennedy

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. luiz antonio barbi disse:

    SÓ MESMO NÓS…OS VELHOS QUE VIVERAM NAQUELAS ÉPOCAS É QUE SE LEMBRAM DE QUEM FOI O ROBERT KENNEDY E DE SUA IMPORTÂNCIA…FOSSE HOJE, ESTE BRUTAL ASSASSINATO, FEITO POR UM DITO MUÇULMANO, SERIA ALGO IMPENSÁVEL…BASTA LEMBRAR DA AL QUAEDA…QUE NÃO EXISTIA NAQUELAS PRISCAS ERAS…

  2. Evandro Correia disse:

    Estava sentindo falta do colega Barbi com seus comentários às vezes atrevidos mas sempre sinceros.

  3. Markut disse:

    Sem cogitar de teorias conspiratórias, esta efeméride é oportuna para vincular o assassinato dos dois irmãos Kennedy dentro do cenário mundial da época.
    A década de 60, do século passado, comporta uma avaliação específica, depois de 50 anos decorridos.
    Muito papel e tinta já foram gastos, mas a distância de meio século que nos separa, comporta uma profunda exegese histórica.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *