Início » Opinião » Leitor » Vote agora no melhor comentário! Participe!
Sexta-feira Premiada -- 9 de janeiro de 2009

Vote agora no melhor comentário! Participe!

O Opinião e Notícia chegou aos três finalistas desta Sexta-feira Premiada. Agora, você escolhe o grande vencedor. — O público escolheu a leitora Kelly.

Para participar, basta fazer parte de nossa comunidade "EU LEIO O OPINIÃO E NOTÍCIA", do site de relacionamentos Orkut, onde será realizada a eleição. Não esqueça: os votos só poderão ser efetuados até 11 horas da manhã da próxima segunda-feira, de acordo com o regulamento.

Confira a matéria:

Tendências e Debates – Israel e Hamas na mídia: Guerra de Sensacionalismos

Confira, portanto, os três melhores candidatos e vote em nossa comunidade.

Salim Ibrahim, 09/01/2009 – 10:24:36

Em primeiro lugar gostaria de felicitar este canal pela imparcialidade trazendo este debate a luz do dia. A midia em geral tem sido sensacionalista e imparcial e demostra desconhecer as raizes desse conflito. O verdadeiro obstaculo para a paz entre Israelenses e Palestinos nesse momento esta na propagaçao do fundamentalismo Islamico sustentado pela riquesa do petroleo dos Arabes, pela extrema esquerda anti Americana e pelo terrorismo, onde o HAMAS e ALQUAEDA e un pais como o IRAN proclamam a eliminação do Estado judeu para o estabelecimento de um império do Islam.
Especificamente em Gaza, e com esse propósito, o HAMAS realiza uma política sistemática de violência, tratando de impor-se
pela força, pelo medo e pelo terror, estamos sendo testemunhas da irracionalidade. As suas açoes legitimam o direito de Israel de se defender. Lamentavelmente havera sempre inocentes dos dois lados que estao no meio desse conflito.
Gostaria de divulgar apenas alguns trechos da Carta Orgânica do Hamas, (sua plataforma ideológica e política) é muito clara em anunciar a
destruição de Israel como seu principal objetivo:
o Art. XI – O Movimento de Resistência Islâmica considera que a terra da Palestina é um
“Waaf” (lugar sagrado) islâmico consagrado às futuras gerações muçulmanas até o
Dia do Juízo. Nem ela, nem nenhuma parte dela, se pode dilapidar; nem a ela, nem a
nenhuma parte dela, se pode renunciar.
o Art. XII – (…) Resistir o inimigo e eliminá-lo passa a ser o dever individual de todo
muçulmano, homem ou mulher.
o A respeito da mediação no conflito por entes internacionais, a Carta Orgânica do
Hamas declara o seguinte:
o Art. XIII – As iniciativas e as chamadas soluções pacíficas e conferências internacionais
estão em contradição com os princípios do Movimento de Resistência Islâmica. (…) Não
existe solução para a causa palestina que não seja através da “Jihad” (significa
“esforço”, mas assumiu a conotação de “guerra santa“). As iniciativas, as propostas e as
conferencias internacionais são todas uma perda de tempo e vão empreendimento.
?A Carta Orgânica é uma declaração aberta que trata de justificar e incentivar a guerra e a
aniquilação do povo israelense e do Estado soberano de Israel:
o Art. XV – No dia em que os inimigos usurpam uma parte da terra muçulmana, a “Jihad”
passa a ser um dever individual de todo muçulmano. Frente à usurpação judaica da
Palestina é obrigatório alçar o estandarte da “Jihad”.
o Art. XXVIII – A invasão sionista é uma invasão pérfida. Aos países árabes que rodeiam a
Israel se lhes pede que abram suas fronteiras aos combatentes das nações árabes e
islâmicas para que possam consolidar seus esforços com os de seus irmãos muçulmanos
da Palestina. (…) Quanto aos demais países árabes e islâmicos, se lhes pede que
facilitem o trânsito e ida e volta dos combatentes [à Palestina], e é o mínimo que podem
fazer. (…) Israel, o Judaísmo e os judeus desafiam o Islam e o povo muçulmano

PAULO GALDINO COELHO, 09/01/2009 – 11:10:10

Não é menos verdade que estamos nos habituando a notícia sensacionalista, parece que esse modelo de informação vem ganhando mais e mais adeptos.
Entendo que essa luta "sem fim" tem sido alimentada inclusive por parte da mídia, que com manchetes e comentários dessa natureza acaba por descaracterizar a informação, trazendo aos leitores ou espectadores, opiniões que já se distanciam do problema oariginal. Nesse caso a guerra, que já deixara de ser notícia principal por um período, voltou a ganhar as manchetes mundiais, como um fato novo, o que é no mínimo muito triste, pois ficamos sem conhecer se houveram tentativas de igual expressão na busca efetiva pela PAZ.
Nessa luta do BEM contra o MAL, existem momentos que já não se sabe mais quem é DO BEM e quem é DO MAL, porque parece que o importante é estarrecer as pessoas com o sofrimento das próprias pessoas, como se o ser humano pudesse ser diferenciado ou melhor devesse ser diferenciado, onde que está de um lado certamente sofre mais do que quem está de outro. E é com esse tipo de enfoque que infelizmente descaracteriza a informação, ou seja "a questão" fica relegada a um outro plano, onde apenas aqueles que se aprofundam no problema vão se lembrar ou vão saber o que é certo ou errado, ou ainda quem deve ser o mocinho e quem deve ser o bandido.

kelly, 09/01/2009 – 12:50:37

Acho, que a midia estampa fotos de crianças mortas nas capas pra chamar atenção dos paises que de alguma forma podem tomar partido e ajudar pelo menos a intermediar uma tregua, caso contrario todos ficam achando que nao é com eles e assistem a tudo de uma distancia segura, então se é esse o motivo pelo qual vejo fotos de crianças mortas, nao acho sensacionalismo.E quanto ao inicio dos conflitos nao da pra midia toda vez que falar de um ataque novo, relembrar as causas do conflito, cabe as pessoas procurar se informar lendo sobre as noticias.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Edvardes Luiz Pessoa disse:

    Há pouco fiz à assinatura do jornal, estou satisfeito; quanto ao voto dos selecionados ao ler os comentarios optei votar em Kelly, pois ela foi enfática, breve e original a ela e o canal meus cumprimentos por ter filtro na visão nos ouvidos e nas palavras.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *