Início » Cultura » Lugares improváveis: Alcatraz à noite
Turismo

Lugares improváveis: Alcatraz à noite

Um jeito diferente de ver a prisão mais famosa e retratada do mundo!

Lugares improváveis: Alcatraz à noite
Localizada na baía de São Francisco, EUA, a famosa prisão foi criada em 1934 e desativada em 1963 (Reprodução/Blog Vambora)

Se tem um lugar que mexe com o imaginário das pessoas ao se falar de São Francisco, esse lugar é Alcatraz.

A antiga prisão, criada em 1934 e desativada em 1963, é tão retratada nos filmes hollywoodianos quanto a sua vizinha Golden Gate, mas gera muito mais curiosidade do que essa.

Não sei direito qual é a questão, mas saber como viviam os prisioneiros e experimentar isso, é muito legal e ao mesmo tempo assustador! Por isso mesmo, visitar Alcatraz à noite é muito mais divertido do que a comum visita de dia.

Depois de muita pesquisa, vi que, ao contrário do dia, em que a ilha fica completamente lotada de turistas se abarrotando entre corredores e celas, à noite o passeio era mais exclusivo (com bastante gente, mas não lotado). Além disso, valia a pena fazer um passeio de barco pela baía de São Francisco ao anoitecer e ver o skyline da cidade todo iluminado.

O único “porém” de se ir à noite é quem nem todas as áreas ao ar livre da ilha onde fica a prisão (como o lugar onde os carcereiros moraram com suas famílias) estariam abertos para visitação, além do friozinho cortante da baía de São Francisco….

Como eu estava bem agasalhada e o que eu queria ver mesmo era o interior da prisão, sem ficar esbarrando toda hora com um turista, o passeio à noite foi o ideal.

Como maior parte das coisas nos EUA, a visita foi muito bem organizada. Compra antecipada via internet, barco saindo pontualmente do porto, guias e headphones disponíveis para te orientar durante todo o passeio.

A chegada na sala de triagem na cadeia já deu o tom da visita. Mesmo com outras pessoas a sua volta, o ar estéril, as pichações nas paredes e o peso das grades ao seu redor indicava que aquilo não era um cenário de filme…..estávamos na prisão de Alcatraz, de verdade!

A visita é livre e você pode seguir o caminho que quiser lá dentro, mas recomendo que você faça/escute algumas das atividades guiadas e programadas no período da visita.

Por exemplo, escutar as histórias macabras dos seus prisioneiros famosos (incluindo Al Capone) e ver como era feita a abertura e fechamento manual das celas, foram coisas muito legais de se vivenciar. O barulho ríspido e cortante das grades de metal se chocando nas paredes de concreto, ecoando no silêncio da noite foi algo de arrepiar.

Entrar nas selas escuras e frias, sem ninguém ao seu redor, foi também digno de qualquer filme de terror. Incrível como essas coisas sinistras, durante a noite, ficam piores…

O passeio dura mais ou menos umas três horas (incluindo o passeio de barco) e é o tempo ideal para ver bem tanto a parte externa como interna da ilha.

Valeu cada centavo e cabelo arrepiado. Um jeito diferente de ver a prisão mais famosa e retratada do mundo.

Se você tem coragem, Vambora visitar Alcatraz à noite!

Fontes:
Blog Vambora-Lugares improváveis: Visitando Alcatraz à noite

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    AQUI EM RECIFE NÃO TEM UMA PRISÃO DE NOME ALCATRAZ, MAIS EXISTE ALCOCATRAZ DAS GRADES POIS OS PRISIONEIROS FABRICAM ALCOOL ATRAS DAS GRADES E INGEREM COMO CANA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *