Início » Opinião » Artigos » Máfia na política
COLUNA ESPLANADA

Máfia na política

Linha de investigação apura a conexão de empresários e até políticos presos com redes de prostituição e contrabandos diversos

Máfia na política
PF investiga máfia na política (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O que a operação Lava Jato revelou até agora em termos de ações espúrias pode ser pouco. Uma linha de investigação na força-tarefa da Polícia Federal e do Ministério Público em Curitiba apura a conexão de empresários e até políticos presos com redes de prostituição e contrabandos diversos – equipamentos eletrônicos, armas e até cigarros.

Janaína na urna

Autora do pedido de impeachment de Dilma, Janaína Pascoal vai se candidatar a uma vaga de deputada em 2018. Não se decidiu ainda se estadual ou federal.

A fila anda

As prisões de Eduardo Cunha e da esposa Cláudia Cruz são questões de dias. Por ser beneficiária indireta do esquema montado pelo pai, a filha Daniela vai escapar.

Agora!?

O governo anuncia a conclusão da transposição do Rio São Francisco no Nordeste após 13 anos de obras. Mas agora a nascente está secando na serra em Minas.

Recontagem oficial

Ano passado, sob a presidência do ministro Dias Toffoli, o PSDB teve negado o pedido de recontagem de votos na eleição presidencial. O novo presidente, ministro Gilmar Mendes, acaba de decidir por algo similar. Os tucanos serão atendidos, em parte.

Agora, vai

Gilmar Mendes oficiou a Procuradoria-Geral da República e a direção da Polícia Federal para investigarem em todo o país casos de votos registrados de pessoas que justificaram ausência. Em suma, teve dedão fraudador nas urnas. O TSE já cruza dados.

Dedão digital

A decisão do presidente do TSE prova a necessidade de voto com identificação biométrica. Até as eleições de 2018 todas as cidades devem ter os eleitores cadastrados.

Garoto elétrico

Ministro de Minas e Energia mais jovem da História, Fernando Bezerra virou piada pelas aulas que solicita aos técnicos diariamente. A assessoria pena no media training. Ele leva pastas e arquivos digitais para casa para intensivão nos fins de semana.

Dedo na tomada

Em tempo, o ministro Fernando Bezerra tem larga experiência no setor de energia – em botar o dedo na tomada e acender & apagar a luz.

Golpe duplo

O STJ confirmou a condenação de dois agentes penitenciários de Santa Catarina a dois anos e oito meses de prisão. O caso é a cara do Brasil pitoresco. Eles facilitaram fuga de um preso em 2005, que lhes prometeu US$ 9 mil. Uma vez na rua, o homem fugiu sem pagar a fatura. A dupla de servidores foi flagrada, presa e continua no prejuízo.

Pae$

No network da Coluna no Rio, com os jornais do portfólio, o prefeito Eduardo Paes se gabou de ter o caixa cheio em tempos de crise. Ao contrário da maioria das prefeituras e Estados, diz ter o suficiente para um ano de salários se ficar sem arrecadar.

Grande Zé

Nestes tempos de Lava Jato, escândalos para todo lado contra partidos e personagens políticos, expoentes de altos gabinetes dos três poderes têm lembrado a frase profética que o ex-vice-presidente José Alencar repetia: “Não tenho medo da morte. Tenho medo da desonra”. Morreu livre de denúncias de corrupção e processos.

Ponto Final

“Os alarmantes níveis de corrupção de seus ministros têm por vezes servido para encobrir o envolvimento do próprio Temer. O interino também se encontra envolvido em diversas investigações de corrupção”.

De Glenn Greenwald,  jornalista que em parceria com Edward Snowden levou à público a existência dos programas secretos de vigilância dos Estados Unidos.

 

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Vitafer disse:

    Parece que trocamos seis por meia dúzia…

  2. ue disse:

    Melhor que esta coluna se intitulasse “Mexericos da Candinha”. O autor é vulgarmente fofoqueiro. Dá um tempo cara! Ridículo!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *