Início » Economia » Internacional » Nuremberg, a cidade que (quase) ninguém descobriu ainda na Alemanha
turismo

Nuremberg, a cidade que (quase) ninguém descobriu ainda na Alemanha

Nuremberg, lembrada pelo Tribunal que sentenciou os nazistas, é uma cidade charmosa e cheia de oportunidades de diversão

Nuremberg, a cidade que (quase) ninguém descobriu ainda na Alemanha
a cidade ainda não foi descoberta por tantos turistas e tem ótimas cervejarias (Reprodução/Mundo e Caracóis)

Depois de Praga, no dia seguinte fui para Nuremberg, na Alemanha. Fui de ônibus, e comprei o ticket antecipadamente pela internet, no site da DB Bahn (o site vende as passagens de trem, mas esse trecho de Praga a Nuremberg é feito de ônibus da própria companhia DB Bahn). O lugar onde você pega o ônibus em Praga é na rua mesmo, na parte de cima da estação de trem. Tem umas placas indicando o destino do ônibus em cada parada e os horários de saída. O ônibus era bem novinho (pelo menos esse que fui), com bancos de couro, serviço de bordo (que você paga se quiser consumir algo), bem confortável. Na saída de Praga ainda vi uma construção muito interessante no caminho!

A viagem durou 4 horas. Chegando em Nuremberg na estação de trem, fui para o hotel (Ibis Nuremberg Altstadt) bem no centro, ótima localização. Em seguida já fui almoçar, e eu estava procurando mesmo a Cervejaria Barfüsser, que é uma cervejaria super antiga e tradicional da cidade. Fica no porão de um prédio (se é que se pode chamar de prédio aquelas lindas construções alemãs, parece mais uma casa grande).

E depois, como eu já estava no centro mesmo, de lá saí para explorar e conhecer mais a cidade. Como eu já tinha lido bastante sobre a cidade antes de viajar, já sabia direitinho onde ir (por isso que é bom se programar antes de uma viagem!).
Nuremberg fica no estado da Baviera e também foi bastante destruída na Segunda Guerra mundial. Mas ficou principalmente conhecida pelas reuniões do partido Nazista e posteriormente pelo julgamento e sentença dos Chefes Nazistas, após o termino da Guerra: o “Julgamento de Nuremberg” (e tem até um filme que conta essa história).

A cidade é linda, cheia de história nas ruas, esculturas e construções de época. E é bem fácil de andar. No caminho conheci a Igreja de São Lourenço, a feira de frutas e alimentos, a igreja Frauenkirche, a Schöner Brunnen (“Bela Fonte”), de estilo gótico e 19 metros de altura (é tradição local girar o anel da fonte para ter um pedido realizado), a Igreja de San Sebald, etc.

Subindo mais um pouco, encontrei a casa do pintor alemão Albrecht Dürer, que ali morou por muitos anos. Infelizmente já estava quase no horário de fechar, então não entrei. Parei em um café para recuperar o fôlego e depois segui para o Castelo de Nuremberg (Kaiserburg). Linda vista da cidade!

E para terminar a noite, fui ao Bar Nuernberg, frequentado por pessoas da cidade, não muito turístico.  O bar também fica no centro histórico. Bons drinks e boa diversão!

________________________________________________________________

*Mariana Ribeiro escreve para o blog Mundo e Caracóis e é parceira do Opinião e Notícia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    Mariana com essas poucas linhas descrevesse de modo que me fascinou e para brincar eu te digo o Brasil é melhor pouca coisa. Obrigada, depois conta mais.

  2. Mariana disse:

    Obrigada Sr. Áureo!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *