Início » Opinião » O clubinho dos parlamentares
Opinião

O clubinho dos parlamentares

Os políticos sabem que a convivência é hipócrita em muitos momentos, o preço que se paga no jogo do poder. Por Leandro Mazzini

O clubinho dos parlamentares
O plenário da Câmara durante uma recente votação (Fonte: Agência Câmara)

Com o fim dessa Legislatura, dia 31 de janeiro, vai para o lixo a Proposta de Emenda Constitucional do ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB-MA) que impedia suplentes dos parlamentares de assumirem, com bônus, no recesso. A farra continuará, até que um outro corajoso político reapresente a proposta em outro texto.

São raros, mas existem, os políticos que dão as caras a tapa – em muitos casos, literalmente – para apresentar proposições contra as benesses de seus próprios pares. São ridicularizados nos burburinhos dos corredores, apesar de receberem tapas nas costas aos holofotes, ou no salão verde, a antessala do poder, ou no próprio plenário. Os políticos sabem que a convivência é hipócrita em muitos momentos, o preço que se paga no jogo do poder.

Outro ex-federal que não se reelegeu, Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), foi voto vencido de dois anos para cá. Apresentou projeto que extirpava do vocabulário do poder e da carteira do eleito o foro privilegiado para crimes comuns – ou grandes. O projeto passou nas comissões mais importantes, inclusive na CCJ, apenas para fazer figuração aos olhos populares ansiosos por justiça comum – a justiça comum a todos, nenhum deputado ou senador é um ser metafísico. Parou aí. Foi apenas uma jogada dos que aprovaram nas comissões.

Itagiba e um grupo de deputados tentaram emplacar o texto em votação no plenário, e por dois momentos bateu na trave. Saiu da pauta para dar prioridade a outros. O foro privilegiado continua, e o texto que o derrubava foi literalmente para a gaveta – tal como o projeto de Flávio Dino.

Raros também são os partidos que votam unidos pela ética e movidos pela sensatez. O PSOL se diferencia por isso. Foi a única legenda – embora tivesse apenas três deputados à ocasião – que votou contra o reajuste de 61% nos salários dos deputados e senadores. À frente do grupinho, Chico Alencar (RJ), um professor de História e frasista político.

Quando a sociedade se recompunha, mas sem esquecer, do horror do corporativismo desse poder, surgem notícias seguidas de ex-governadores com suas pensões vitalícias, inclusive aqueles que administraram canetas por poucos dias.

Casos de fracasso contra o corporativismo das benesses políticas, como os supracitados, reforçam o sentimento popular de revolta e distancia mais ainda, infelizmente, o cidadão do exercício do debate tão essencial na democracia. O que se vê, a cada Legislatura, é que os mandatários continuam excelências à parte na sociedade, num clube brasiliense com bônus financeiros e judiciais.

Siga o colunista no Twitter

Fontes:
Informe Jblog - O clubinho

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

12 Opiniões

  1. Milton Freitas disse:

    Para calcular quanto Sua Excelência Sergio Cabral deveria, no mínimo, devolver aos cofres públicos em favor dos flagelados, a conta é simples: basta somar os vencimentos de deputado, senador, governador, diminuir as despesas de uma família numerosa e chegar a um resultado líquido. Compara-se este resultado com a soma de valores de um apartamento na quadra da praia do Leblon mais uma suntuosa casa de praia na Costa Verde, e obtém-se por consequência o valor do reembolso. Otras cositas más deixamos de fora, porque precisará mandar trazer as quentinhas quando estiver em Bangu I.

  2. Alma Fernandez disse:

    Sr Milton Freitas
    A coleção de cavalos de raça do Governador vamos deixar de fora?

  3. Markut disse:

    Ética, sensatez, espírito cívico, nada disso será possivel, mesmo porque uma ou duas andorinhas não fazem o verão.
    O verão só será feito quando a escolaridade do eleitor conseguir evitar o avanço da corja de sempre, oportunista e voraz, sem o menor pingo de civismo, que é o que lota a casa chamada Parlamento, mas que não é mais do que um covil de aventureiros, aboletados, a fim de sugar as tetas do erário público.

  4. Carlos U. Pozzobon disse:

    Aí estão diversas sugestões para o desfiles dos blocos e escolas de carnaval. E até para marchinhas esse novo Congresso dá mostras de fornecer farta munição. Quem sabe não seria o caso de fazermos uma campanha para jogar um balde d’água em cada político que apareça na rua durante o carnaval de 2011? Se tal acontecesse, seguido de fotos, poderíamos montar um álbum da façanha popular. Mãos a obra minha gente… o carnaval vem aí… água neles….

  5. Carlos Marques disse:

    Caro Sr Markut
    Favor corrigir: se o erário é masculino, portanto não deve possuir tetas. Use sua imaginação para sugerir outras partes da anatomia para suas metáforas, senão fica parecendo bobagem do Lula!

  6. João Cirino Gomes disse:

    Político com um pingo de honestidade e dignidade, que diz defender justiça social e uma justa distribuição de renda, não exerce vários cargos ao mesmo tempo, e não desfruta de varias aposentadorias! E é contra a lei de imunidade, pois esta lei é que esta acobertando os canalhas e ladrões de colarinho branco, que são os maiores responsáveis pelo aumento da violência!
    O resto é papo de ilusionistas!
    Conversa para boi dormir!

  7. frambell disse:

    APRENDAMOS A VOTAR URGENTEMENTE!
    A apouco tempo me veio este pensamento:
    “Com o Brasil a trilhar por caminhos menos conturbados rumo ao um futuro melhor, nós, povo, poderemos em pouco tempo alcançar um patamar de dignidade socialmente aceitável. Porém, será que ao mesmo tempo em que abandonamos a miséria, adquirimos dicernimento e cidadania?” E se não conseguirmos? Afinal, não temos uma escola decente; não temos políticos decentes; não temos uma justiça atuante; enfim, nos faltam referências institucionais confiáveis!
    Na época, porém, a pouca vergonha do congresso nacional, embora estivesse robusta e atuante como sempre, ainda não tinha atingido os níveis tão degradantes como estamos assistindo no começo desta década. Todavia, em que pese à resposta para estas indagações exigir um tempo de carência, podemos começar a botar a barba de molho.
    Estamos na fase da compensação. De tirar o atraso. Pior que um homem despossuído é um homem de posses sem dicernimento.
    Estamos comprando tudo o que não conseguimos comprar antes. Não nos preocupamos se temos necessidade ou não. Ocupamos as nossas 24 horas do dia em fazer planos de como gastar o nosso salário; De como poupá-lo, porém, não nos preocupa.
    Achamos, por exemplo, que apenas um celular é pouco para nós. O casal tem que ter dois carros. Às crianças, também, devem ter seu celular, sua televisão, seu videogame, sua privacidade. As televisões estão sempre ligadas. Ninguém de nós, porém, tem a menor informação sobre o que está acontecendo ao país. O que o congresso está votando não nos interessa. Temos hoje um discurso mais condizente com a nossa realidade atual. Fizemos a parte que nos cabia; quem quiser que faça a sua.
    Felizmente, no Brasil, as eleições se sucedem. A nossa esperança é que no meio de tanto deslumbramento, alguém de nós, povo, use do bom senso e comece a prestar atenção nos políticos brasileiros, e descubra que não são confiáveis. Não tiram os olhos do pré-sal, a bola da vez da roda da fortuna e que pertence ao povo. Farão tudo, tudo mesmo, para botarem as duas mãos sobre ela. Os golpes estão armados: aprovarão aposentadorias vitalícias para toda sorte de golpistas e oportunistas, eleitos e reeleitos pelo povo. É apenas, o começo. Devemos trocá-los todos na próxima eleição. Antes, porém, vamos praticar a democracia com inteligência. Troquemos o nosso voto por candidatos honrados. Nem que tenhamos trocar de candidato em toda eleição até que acertemos.
    Miremos nos anos oitenta, os anos da redenção do Brasil. Nós, aos milhões, nos aglomerávamos nas praças, nas ruas, desfraldando as nossas bandeiras de esperança. Os nossos olhos brilhavam com a possibilidade de escolhermos o nosso presidente. Chorávamos quando sofríamos uma derrota. Afinal, o congresso foi sempre assim. Indiferente. Resgatamos, enfim, o nosso país. Mas, ainda não aprendemos a cuidá-lo bem para merecê-lo por inteiro.
    Frambell Carvalho.

  8. Antonio Campos Monteiro Neto disse:

    Só falta aos parlamentares se autoconcederem títulos de nobreza. Sugiro condes aos deputados e barões aos senadores. E ao maior de todos, cujo sobrenome político deriva da expressão “Sir Ney”, o título de Marquês do Maranhão.

  9. João Cirino Gomes disse:

    vantagens pessoais e as Injustiças sociais, que estão covardemente acobertando!

    http://www.youtube.com/watch?v=YkKSE-SkVFM
    http://www.youtube.com/watch?v=bDp3AxHT2vs&NR=1&feature=fvw
    No Brasil, pagamos pelo combustível quase o triplo do valor que paga o cidadão dos países vizinhos, onde nem um poço de petróleo tem; com a diferença, de que compramos “combustíveis” adulterados e eles, puro!
    Mesmo sendo os donos do petróleo, como ostentam por ai, somos obrigados a pagar por ele e seus derivados, como gás de cozinha, que é gênero de primeira necessidade, o preço mais caro do mundo!

    Já pensou se não fôssemos os donos?

    Esta é a justiça social, tão prometida e cantada em versos e prosa, pelos candidatos em vésperas de eleição?

    Notem que nossos representantes políticos são os mais bem pagos do mundo!
    A questão, é que não se contentam; além de terem altos salários, cheios de exorbitâncias e de mordomias principescas, para fazer nadica de nada, ainda exercem variados cargos: pois só eles conseguem estar em vários lugares ao mesmo tempo; ter direito a varias aposentadorias, e superfaturar para embolsar mais, como no caso das ambulâncias, e das merendas escolares, onde davam lixo para as crianças!
    Ao invés de usar os impostos para trazer melhorias à população, têm canalhas fazendo alianças e conchavos entre eles, iludindo a população com truques e promessas e se apropriando das verbas governamentais!
    Enfim daria um livro, se fossemos citar os milhares de escândalos escabrosos que conhecemos!
    E o pior, é que ninguém é punido, ou devolve um centavo daquilo que rouba aos cofres públicos; pois além de terem a lei de imunidade para acobertá-los; dominam o cabide de empregos, onde funcionários públicos estão escalados para acobertar suas falcatruas, e limpar suas barras! Feito o Juiz, que deu a liberdade ao banqueiro bandido Daniel Dantas, e puniu o Delegado de policia que o prendeu: Mas lógico, foi uma troca de favores; uma mão lavou a outra; e a corda arrebentou pelo lado mais fraco!
    Só que esta história ainda não terminou, tem muita lenha para queimar!
    Mas vamos em frente: Notem que antes de terminar seu mandato, Lula promoveu o juiz Fausto De Sanctis a desembargador do TRF-SP.
    Lembra-se que após fazer a sociedade, e embolsar milhões, Lua apresentou Lulinha como um empresário genial bem sucedido, fazendeiro e bilionário?
    Mas o estranho é que, o garoto só se tornou gênio, depois que o pai se elegeu; antes ele era um simples empregado assalariado, em um Zôo de SP… Notaram este detalhe?
    Pois bem: Esta deve ter sido uma das promessas que Lula cumpriu! Outra deve ter sido feita aos seus amiguinhos, que defendem o Italiano assassino! Pois este também ganhou cidadania, talvez seja indenizado e até ganhe uma aposentadoria por ter ficado preso no Brasil! Por isso não tem verbas para dar o aumento digno aos aposentados, não tem para a saúde, não tem para a educação!
    Devido a falta informações desta população, os corruptos têm uma facilidade enorme em criar bodes expiatórios para assumir a responsabilidade por suas culpas!
    É só contatar a mídia; e com sensacionalismo armar bem os policiais, dar uma volta pela periferia, ou então subir nos morros; invadir residências e apresentar para a sociedade meninos descalços e sem camisas, que aparentemente não tem nem o que comer; e dizer que estes são os responsáveis pelo aumento da criminalidade, da violência e trafico de droga!
    São poucos entre a sociedade e entre os policiais, a notar que as vitimas deste sistema enganoso; estão sendo jogados uns contra os outros, para fazer joguinhos sujos e promíscuos; e defender o câncer político, responsável pelo verdadeiro crime organizado, pela injustiça social e pela violência, que permanece enraizada nas entranhas do país!
    Esta história é antiga; e os verdadeiros responsáveis; são aqueles que para se elegerem prometem milhões empregos, prometem casas populares, prometeram justiça social e justa distribuição de renda; e depois de eleitos, se tornam bilionários da noite para o dia, extorquindo a sociedade com altas taxas tributarias, e defendendo e acobertando os verdadeiros bandidos, e até aqueles que antes criticavam para se eleger!
    Veja as mais diversificadas formas de engodo: Pagamos impostos, para ter direito a Educação e Segurança; mas somos obrigados a conviver e confiar em gente hipócrita, mentirosa, oportunista e mesquinha, que manipula, compra, forja e distorce todos os tipos de pesquisas para se idolatrarem… Pouco, ou nada se importando com a Pátria, ou, com seu semelhante! Se não fosse desta maneira, há muito seriamos o País mais rico do planeta, em todos os sentidos! Existem desvios de verbas, que debilita e desacredita a educação estadual e municipal, e os políticos tiram vantagens desta situação; pois, tanto montam suas escolas, como tomam parte nos lucros de outras, induzindo os que têm melhor poder aquisitivo, a procurar escolas particulares! Desta maneira, a maioria sem poder aquisitivo, continuara mal formada, e mal informada como sempre foi!
    Bom esquema não é mesmo?
    E as estradas, que são privatizadas?
    Primeiro eles as constroem com verbas do IPVA e impostos do cidadão; depois eles as privatizam; ou seja, vendem, a eles mesmos por preços de bananas; colocam seus parentes e amigos para administrá-las, e boa parcela deste povo desinformado, nem percebe que esta pagando absurdos, para rodar nas mesmas estradas que foram construídas com seus impostos!
    E as empresas que foram privatizadas?
    Boa parte destas empresas estava sendo usadas como cabide de empregos, para dar bons salários e mordomias aos pelegos e parentes de políticos; desta maneira ficaram com rombos! Então os políticos usaram verbas dos nossos impostos para tapar estes rombos!
    Exemplo: gastaram valores equivalentes a preços de diamantes para tapar os rombos, e venderam estas empresas, a preço de casca de bananas: Mas tem um detalhe: Eles mesmos as compraram! E as empresas passaram a ter lucro! Esta é uma das formulas mirabolante de se tornar empresários genial, fazendeiros e milionários da noite pára o dia! E Iguais a esta, existem milhares…
    Desde a falsa independência, até os dias de hoje, houve muitas formas de governos; só que as mentiras aumentaram e os cambalachos seguem a todo vapor; estamos feito os índios, que trocaram suas terras por badulaque! Por isso querem a população desinformada e inculta! Desta maneira, fica mais fácil tosquiá-los feito cordeiros, e os empurrar para os currais eleitorais! Por isso as cadeias estão superlotadas de gente pobre e analfabeta!
    E dizem que cada preso, daqueles que estão embolados em pequenos cubículos, custa ao governo; ou seja, para o cidadão pagador de imposto, quatro mil e quinhentos reais!
    Enquanto isso, muitos pais de família trabalham de sol a sol a troco de um salário mínimo de quinhentos e poucos reais! Isso quando consegue emprego: E é com este salário que o cidadão é obrigado a se manter e sustentar sua família!
    Estes nossos representantes políticos, superfaturam desde a construção do presídio até a estadia dos presos, e isso já vem de longa data!
    E a mídia vendida e sensacionalista, não deveria divulgar algo a este respeito?
    É simples: Tem muita gente obtendo vantagens, para distorcer fatos e acobertar maracutaias! E eu aqui falando bobagem!!!
    Mas eu insisto: será que uma faculdade em período integral custa tanto quanto dizem custar a estadia do preso?
    Será que a cadeia é mais instrutiva que uma faculdade em período integral, senhores canalhas?
    E os “senhores onipotentes”, continuam fazendo suas turnês, à custa do sangue e suor destes cordeiros tosquiados, humildes e desinformados, que estão sendo mantido em currais eleitorais, “com os valores”, que continuam roubando dos aposentados; enquanto se passam por bonzinhos, e salvadores da pátria!
    E se o italianinho continuar preso, ele terá mordomias e custara mais de quatro mil e quinhentos reais mensais aos pagadores de imposto, não é mesmo?
    Mas se for entregue a Itália, não haverá mais embaraço na relação Brasil Itália, e o bandido deixara de ser um peso aos cofres Públicos, não é mesmo?
    Pois; se não tem verbas para as necessidades básicas, como educação, saúde e segurança; que a Itália e o bandido, resolvam seus problemas, lá deles, não é mesmo?
    Pois assaltantes, bandidos, assassinos, mentirosos e oportunistas, nós já temos muitos no Brasil!
    O texto é de minha autoria, mas pertence a toda “sociedade”, que precisa conhecer estes fatos!
    Quem sabe desta maneira, este povo não se deixe engambelar por promessas, que são cantadas em versos e prosas por canalhas, nas vésperas de toda eleição!

  10. João Cirino Gomes disse:

    Estou indignado com este clubinho sim, mas tenho motivos de sobra, para estas indignado!

    Estão usando as leis, para facilitar a corrupção dos nossos representantes, e alimentar o desenfreado capitalismo selvagem, responsável pelo maior índice de violência e criminalidade.
    Onde uma minoria é privilegiada; e com o tratamento diferenciado, se coloca acima desta lei, da justiça, do bem e do mal!
    Ao invés de usarem os impostos para trazer melhorias à população, têm canalhas de varias esferas, fazendo alianças e conchavos entre eles, iludindo a população com truques e promessas, para se apropriarem das verbas governamentais!
    Na realidade são esquemas para favorecer poucos, deixando muitos sem dignidade, ou opções de vida.
    Este sistema, esta criando um bando de despreparados e de desesperados, que por falta de oportunidade, acabam as margens. Aumentando a população, porem, com a maior parte pobre e endividada, vivendo a míngua, na miséria e dependência de currais eleitorais!
    E as riquezas continuam se esvaindo; madeiras e minérios desaparecendo, e a população, que dizem serem os donos do petróleo, continua sendo explorada; pagando tanto pelo combustível, como pelo gás de cozinha, que é seu derivado e considerado gênero de primeira necessidade, o maior preço do planeta!
    E falam em acabar com a fome neste país, que deveria ser o paiol do mundo.
    Este pensamento, ou é inocente e elogiável, ou é hipócrita, demagogo e repugnante; pois já esta mais que provado, que mesmo arrecadando todo o dinheiro e toda a alimentação do universo; enquanto os homens não abrandarem suas ganâncias e despertarem suas consciências, a fome persistira.
    Temos como exemplo, a vergonhosa indústria da seca nordestina! Onde pomposos hipopótamos, mergulhados em piscinas olímpicas, vem de longas datas lesando os cofres públicos, enquanto a sede assola a população carente!

    Triste é saber, que existe grande quantidade de demagogos alienados a este bando de fidalgos.
    Montados em verbas publicas, continuam apreciando o luxo e a beleza, mas com suas mentiras, promessas, e hipocrisias gananciosas e desenfreadas, produzem somente a miséria e a mendicância horrorosa.

    Quando tiveram oportunidade de fazer justiça; deixaram, se contaminar pela conveniência em manter o povo submisso e na ignorância.
    Criando assim, boa parte de descrédito do homem para com seu semelhante, para com a justiça, seus governos, suas imagens e com as instituições governamentais.

    Imagine agora seu menino, se todo este povo mais humilde, soubesse ler e escrever, que perigo danado! Todos enxergando as manobras, e injustiças destas estruturas sociais!

    Sentiriam nojo, e teriam até náuseas, mas vomitar; com a fome que passam, com certeza não vomitariam.

    Enquanto isso: Meninos que se tornaram geniais, e milionários da noite para o dia, transitam deslumbrados com suas falsas riquezas, presos em seus luxuosos carrões blindados, mas com um medo da violência que se pelam.

    Se tivessem boas vontades, abrandariam suas ganâncias, e despertariam suas consciências para a justiça social. Mas com as contas abarrotadas, em qualquer paraíso fiscal é lugar. Tanto em Nassau, como nas Ilhas Cayman, ou na Suíça… E que se dane a consciência.

    E agora resolveram construir uma usina em Belos Monte lá na Bacia do Rio Xingu: > vejam> . http://www.socioambiental.org/inst/brsa/index.html
    E com bons modos e boas propostas, já expulsaram da localidade vários moradores.
    Alguns nativos daquela região, após saírem de suas terras, sobrevivem desiludidos e abandonados à própria sorte, pintando a realidade com as cores da ingenuidade.
    E os responsáveis por este quadro, tentam convencer a população, que o desenvolvimento continua…

    Desenvolvimento de quem?
    Se o progresso vem sempre desordenado, trazendo estruturas sociais enganosas e injustas, fazendo proliferar a pobreza, a miséria e violência!

    Até quando uma fração desta classe conseguirá enganar?
    E na maior mordomia, falar em fraternidade, paz e justiça social; se com seus engodos, frustram até os sonhos dos seus semelhantes?

    Sigo notando uma profunda ligação entre dependência, e alguns meios de comunicações, nos tirando o poder de crítica, e habituando-nos à passividade.

    De tempos em tempos, entram sutilmente em nosso cotidiano, e nos impõem suas idéias exibicionistas; atropelando nossos direitos, e induzindo-nos a acreditar em suas promessas mirabolantes; tentando nos fazer esquecer fatos recentes, e se esquecendo que temos vontade própria!

    A comédia é sempre a mesma; só muda um pouco os personagens.
    E a mídia, de olho no bolo chamado conveniência, entra em cena, com críticos mascarados distorcendo os fatos, e criando heróis até com o estrume do cavalo do bandido, que por ter costa quente, não deve ser malhado!
    Não estou defendendo afirmando ou desmentindo, mas faz parte da história. E nem sempre os heróis semideuses criados pela mídia bajuladora, são os mocinhos!
    Em épocas pré-eleitorais, criam heróis para todos os gostos.
    Tem comedor de farinha com o colarinho, branco ou encardido, o que rouba, mas faz, desviadores de verbas, traficantes, lesa pátria, larápio de merenda escolar, papa anjo…

    O Brasil tem muitos heróis bem intencionados, todos soltos, tentando encontrar uma solução para nossos problemas, nenhum de olho nas atrativas mordomias, que a vida publica oferece!

    E mancomunados entre si, e com a mídia bajuladora, se apropriam dos nossos impostos, em busca do voto de confiança da população carente e desinformada…

    Os povos das florestas, não devem ser contaminados por estas mazelas, e esquecidos pelos poucos governantes conscienciosos!
    “Se é que ainda existe”!
    A população da selva precisa de uma produção sustentável; que não cause destruição ao meio ambiente à fauna e a flora!
    Deste povo depende: O Universo da Biodiversidade!
    Se não receberem orientação, continuarão sendo explorados por pessoas inescrupulosas, ou por salvadores da pátria, que indiferentes, se alienam á tiranos para aplicarem seus golpes e abarrotarem seus cofres, com dinheiro sujo de sangue suor e lágrimas, vertidas por um povo sofrido.

    Talvez com a Internet, as informações que eram controladas pela mídia da escravatura partidária e enganadora, se tornem mais verídicas!

    O Brasil, a muito precisa de uma revolução.
    Mas revolução cultural e ambiental. E o povo conta com…? Para dar o pontapé inicial.

    Enquanto uns pregam, que todo país se desenvolve através de educação e tecnologia. Outros estão lambendo botas, pagando, doando nossos impostos, e pedindo benção, para conseguir cargos na ONU.

    Diga a eles seu menino, para usarem uma parte dos desvios e o que se gasta erroneamente, diga para darem o aumento, que é garantido por lei aos velhinhos!

    Diga que dinheiro tem; pois até perdoaram as dividas dos países que deviam ao Brasil!
    Teve para dar presentes, construir estradas e porto em Cuba: E teve até para fazer doações a países de primeiro mundo!
    Então, não negue, dinheiro tem; o que falta é consciência!

    Aproveite pra dizer que em seus governos, a honra, a ética, a moral e a dignidade, que deviam servir de exemplo, por serem preceitos valiosos, estão se tornando fúteis!

    Ou nossos antepassados, perderam tempo nos ensinando, que da semente que plantarmos, virá no futuro o fruto que colheremos?

    O povo deve escolher homens públicos através da ideologia, moral e ética.
    Não através da cor, raça ou credo! Só assim conseguira fortalecer a democracia e se aproximar da justiça social.

    O texto é de minha autoria, mas pertence a toda “sociedade”, que precisa conhecer estes fatos!

    Quem sabe desta maneira, este povo não se deixe engambelar por promessas, que são cantadas em versos e prosas por canalhas, repetidamente nas vésperas de toda eleição!

  11. João Cirino Gomes disse:

    Falar que luta contra as injustiças sociais é fácil, mas só confirmamos quem é quem, na hora de dar exemplos e assumir posições!

    Muitos dos atos que acham secretos, não são tão secretos assim!

    Vamos divulgar as patifarias dos espertalhões, pois o povo precisa saber de onde vem a miséria, a violência e os maus exemplos.

    E perceber, como funciona a política na Brasil!
    Desde a falsa independência, onde o rei de Portugal passou o poder ao filho D Pedro, e distribuiu presentes aos verdadeiros traidores oportunistas e pelegos!

    Estamos pagando taxas e impostos absurdos, para ter direito a Educação e Segurança; mas desde o descobrimento do Brasil, somos obrigados a conviver e confiar em gente hipócrita, mentirosa, oportunista e mesquinha, que pouco, ou nada se importa com a Pátria, ou, com seu semelhante!

    Se não fosse desta maneira, há muito seriamos o País mais rico do planeta, em todos os sentidos!

    Existem desvios de verbas, que debilita e desacredita a educação estadual e municipal, e os políticos tiram vantagens desta situação; pois, tanto abrem escolas particulares, como tomam parte nos lucros de outras, induzindo os que têm melhor poder aquisitivo, a procurar tais escolas!
    Desta maneira, parte da população sem poder aquisitivo, continuara mal formada, e mal informada como sempre foi!
    Bom esquema não é mesmo?

    E esta mesma formula é usada na área de segurança publica.
    Desviam-se verbas da segurança, montam-se, ou apóiam empresas de seguranças particulares! E além de nos explorar com impostos, para manterem seus salários principescos, suas mordomias e as varias aposentadorias, ainda superfaturam, desde as construções dos presídios, até os custos dos presos; informando que cada um dos presos, que estão embolados em pequenos cubículos, custa para o governo, ou seja, para o povo que paga imposto, em torno de quatro mil e quinhentos reais, mensais!

    Será que eles não sabem que no Brasil muitos pais de famílias, trabalham de sol, a sol, a troco de salário de quinhentos e poucos reais, e com este salário irrisório é obrigado a se manter e sustentar sua família?

    Será que eles não sabem que uma faculdade em período integral, não custa tanto, quanto dizem custar à estadia de um preso?
    Será que, eles acham que a cadeia é mais instrutiva que uma faculdade?

    Ai esta a conveniência em manter as cadeias superlotadas, por estas vitimas marginalizadas, deste sistema injusto e enganoso, criado por uma corja corrupta e oportunista que só visa obter lucros!

    E na área de saúde, tanto os políticos desviam verbas, deixando o povo em desespero em filas de INSS, como aproveitam para fazer sociedades em hospitais e planos de saúde particular; que lhes proporciona mais renda, pois com a saúde abandonada, estão induzindo o cidadão com melhor poder aquisitivo, a pagar plano da saúde particular!

    Sem contar que continuam nos cobrando taxas de IPVA, e muitos outros impostos, para construir e melhorar as estradas!
    Mas acontece que; depois de construir tais estradas com nossos impostos, eles, os políticos as privatizam para se favorecerem, ou favorecer seus amiguinhos, ou seus familiares; e somos obrigados a pagar absurdos, para rodar nas mesmas estradas, que foram construídas com nossos impostos!

    E o mais estranho, é que nunca tem verbas para dar o aumento garantido por ‘’lei’’ ao trabalhador aposentado: e a ‘’lei’’ é bem clara; quando cita que; > cada aposentado deve receber de acordo com sua contribuição! Sinal que não temos justiça, pois a ‘’lei’’, não vem sendo cumprida ou respeitada por aqueles, que a criaram, a aprovaram, e a representam!

    E os desfalques, a corrupção, e a injusta distribuição de renda, além de deixar a população sem opção de vida digna, ainda é a maior responsável pelo aumento da criminalidade, da violência e injustiça social!

    No final, o pobre é quem mais paga imposto no Brasil; pois paga; e não debita o que gasta, do imposto de renda!

    E para aumentar minha revolta, eu ajudei a eleger mais um salvador da pátria, que criticava os corruptos e ladrões; e se dizia defensor de uma justa distribuição de renda! Mas aconteceu que; depois de eleito, tanto ele se tornou milionário, como tornou seus amiguinhos e seus familiares, gênios, empresários, fazendeiros, bilionários da noite para o dia! Passou a defender os mesmos bandidos, que ele mesmo antes tanto criticava, e com eles, passou a comer caviar, e beber champanhe importado a ponto de urinar nas calças!

    E devido ao interesse, em assumir cargos na ONU, passou a doar o sangue e suor dos trabalhadores e dos oprimidos, até aos países de primeiro mundo!

    E as verbas que deveriam ser usadas para incentivo a cultura acabaram sendo usadas para publicar livros e filmes, com intuito de promover e jogar confetes em comedor de farinha que já se julga semideus; enquanto a educação e a cultura permanecem abandonadas por falta de verbas!

    Mas isso não é tudo; com intuito de se perpetuar no poder, usou dinheiro dos cofres públicos para fazer campanha, apoiando uma de seus iguais para representar a população, e esconder suas falcatruas, imbecilidades, imundices e enriquecimentos ilícitos!

    Mas como, uma pessoa que exerce vários cargos ao mesmo tempo, todos com salários principescos, pode dizer que defende a justiça social, e uma justa distribuição de renda?
    Quem consegue estar em dois, ou três lugares ao mesmo tempo?
    Com tanto desemprego no País, isso é justo?

    E não venha dizer que o povo é dono do petróleo; pois o cidadão em Países visinhos, onde nem um poço de petróleo tem, está comprando combustível puro pela metade do valor, que pagamos por um combustível adulterado, ou pelo gás de cozinha, que é gênero de primeira necessidade!

    Enquanto poucos ganham muito, sem fazer nada; boa parte da população continua na miséria, sem trabalho e sem dignidade, presos em currais eleitorais!

    E falar em projetos felicidades neste país de miseráveis! “Vamos ser realistas” Isso é inocência e simplicidade, ou muita demagogia e hipocrisia!
    O texto é de minha autoria, mas pertence a toda “sociedade”, que precisa conhecer estes fatos!

  12. Rogerio disse:

    Se eu fosse esse politiqueiros com as sua politicalhas eu colocaria “as barbas de molho”. Quem sabe os ventos mulçumanos que estão varrendo os políticos corruptos e entreguistas de Países árabes não passam por terras tupiniquins? Mobilização popular é tudo que precisamos para mudar este estado de coisas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *