Início » Opinião » Phi Phi Leh: o sonho da ilha deserta
Turismo

Phi Phi Leh: o sonho da ilha deserta

Atração mais famosa da ilha é Maya Bay, onde foi filmado 'A Praia', com Leonardo Di Caprio

Phi Phi Leh: o sonho da ilha deserta
Phi Phi Leh é a menor ilha do arquipélago Phi Phi, na Tailândia (Reprodução/Internet)

Atire a primeira pedra quem nunca imaginou-se em uma praia deserta paradisíaca em excelente companhia! Phi Phi Leh é o cenário ideal para isso. É exatamente o tipo de lugar que imaginamos nos sonhos, mas nesse caso ele existe, e é maravilhoso!

Phi Phi Leh é a menor ilha do arquipélago Phi Phi, situado a cerca de 50 km de Phuket e de Ko Samui, na Tailândia. Dispõe de águas cristalinas, de um tom azul turquesa brilhante, cheias de peixinhos coloridos, areias brancas e finas e uma vegetação espetacular.

A atração mais famosa da ilha é Maya Bay, onde foi filmado A Praia, com Leonardo Di Caprio. É um lugar de uma beleza mesmo sem precedentes. Parece uma miragem em pleno mar de Andaman! E para melhorar: águas quentes! Outro lugar especial é Laguna Beach, um lago natural encravado no meio dos rochedos, onde as águas variam do azul turquesa ao verde esmeralda.

Para mim, estes dois lugares já bastam para uma visita à ilha – por ser tombada como patrimônio natural pela Unesco, ela permanece intacta, sem nenhum tipo de infraestrutura e logo, ninguém pode pernoitar – mas ainda tem outros atrativos. Ali existe a Viking Cave,  uma caverna onde pássaros da região fazem seus ninhos,  e pescadores descobriram que o material depositado é altamente afrodisíaco. A Monkey Beach é cheia de macaquinhos engraçadinhos, que vêm até os turistas para ganhar bananas e tangerinas. Mas deve-se ficar atento a todo instante e não relaxar, pois eles podem atacar.

Mesmo que o tempo não favoreça e esteja chovendo, a ilha continua bela, e a chuva é só um detalhe que a gente nem percebe. Lá existem inúmeros locais para snorkeling e mergulho, mas tudo depende das marés.

Os passeios para Phi Phi saem diariamente de Phuket e Ko Samui. A melhor opção é o barco rápido, uma espécie de lancha para 20 passageiros que leva em torno de uma hora e meia para chegar até lá. Os barcos mais lentos podem levar até três horas para fazer o mesmo percurso e costumam viajar cheios.

Quando for agendar seu passeio à ilha, confirme que descerá em Maya Bay, pois a maioria dos barcos faz apenas um “sightseeing” de longe, o que mata de raiva os turistas que pensaram que finalmente iam pisar no paraíso, mas vão mesmo é vê-lo de longe e continuar só sonhando…

* Fernanda Costta é graduada em Turismo e já visitou mais de 40 países. Há três anos escreve suas aventuras no blog. Artigo publicado originalmente no blog Viaggio Mondo, parceiro do Opinião e Notícia.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *