Início » Opinião » Tendências e Debates » A internet e a pedofilia
Tendências e Debates

A internet e a pedofilia

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O jornal The New York Times publicou um artigo em que revela as formas mais recentes de troca de dados entre pedófilos pela internet, além de detalhes sobre o comportamento das pessoas que praticam a pedofilia e que não se sentem cometendo crime algum (leia aqui o resumo traduzido do artigo).

No entanto, ao mesmo tempo em que a internet serve para os pedófilos criarem uma comunidade em que trocam informações, compram e vendem imagens e vídeos de crianças e fazem transações relacionadas ao crime, a rede pode atuar também no combate a essa prática, abrigando sites que visam combatê-la e lembrando que é ilegal.

O site da Campanha Nacional de Combate à Pedofilia na Internet incentiva a denúncia por parte dos internautas que se depararam com pornografia infantil ou endereços da web dedicados à pedofilia. O site contém muitas notícias relacionadas ao assunto e uma lista de medidas que podem ser tomadas como prevenção de ações de pedofilia. Também através do site é possível comprar um programa que filtra sites, impedindo que crianças acessem conteúdo inapropriado ao usarem a internet.

O site da SaferNet Brasil, organização não-governamental dedicada ao combate de crimes cibernéticos, recebe denúncias de todo tipo de crime realizado pela internet: racismo, xenofobia, intolerância religiosa, neonazismo e outros.

A rede de relacionamentos virtuais Orkut, apesar de ser palco para manifestações pedófilas e de oferecer um espaço para negociações entre pedófilos e crianças que facilita a impunidade dos criminosos, serve também para que os usuários se manifestem contra essa prática. Só no Brasil, há mais de 300 fóruns virtuais criados com essa finalidade. A comunidade intitulada Diga não à pedofilia tem mais de 35 mil membros e outras dezenas esperando autorização do moderador para participar das discussões. Na descrição do espaço, o moderador incentiva os usuários a lutar contra a pedofilia e oferece o telefone do Disque-Denúncia e endereços de sites que os internautas podem usar para fazer denúncias e obter informações.

Conforme divulgado em matéria da BBC Brasil, o serviço de mensagens instantâneas Windows Messenger desenvolveu um botão, acusar abuso, para facilitar as denúncias. A inovação partiu de uma campanha da entidade britânica Child Exploitation and Online Protection Centre (CEOP), que combate a pedofilia na Internet.

Dê sua opinião: você acha que a internet pode ajudar a combater a pedofilia? Quais as medidas que você acha que devem ser tomadas contra esse crime?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

18 Opiniões

  1. Bruna C. dos Santos disse:

    Na minha opinião a internet atrapalha mais que ajuda… não sei se esses sites de denuncia funcionam realmente nao.

  2. Humberto Cunha Braga disse:

    É difícil combater a pedofilia, seja pela internet, televisão, jornal, qualquer meio de comunicação. A internet, por ser um local onde qualquer um publica o que quer, pode ser mais facilitadora do que bloqueadora desse crime. As salas de batepapo servem para aumentar a união entre pedófilos, qu começam até a se julgar “menos piores” quando vêem que existem tantos outros iguais a eles. Mas é importante que, paralelamente aos sites que propagam, existam também os que combatem, senão a internet fica sendo unicamente meio de propaganda da pedofilia.

  3. Ulisses Magalhães disse:

    Uma lástima esses porcos se concentrarem no Brasil! Pátria amada, idolatrada, suja e escancarada…

  4. hcgalvao disse:

    Com toda a certeza. Para isso bastaria que as empresas de hospedagem revisassem seus contratos com os sites que propiciam a marginalidade e o bem comum. Além do mais a Constituição do País está acima de qualquer contrato. Ou seja, as empresas de hospedagem cauterizariam a marginalia recusando a publicação das agressões. Funcionaria melhor do que a polícia. Bem, elas precisariam querer fazer isso, claro. A omissão caracteriza conivência ou a cumplicidade.

  5. Silvana disse:

    Realmente é o fim do mundo! As leis são para bandidos, os direitos humanos só protegem vagabundo e por ai vai…
    Abusar de criança é monstruosidade, deveriam fazer como antigamente, primeiro corta-se a mão, depois corta o ….

  6. Natiellen disse:

    Apesar de a internet ser um excelente meio de comunicação e divulgação, acredito que essa não é a saída para o combate a pedofilia. Na minha opinião a televisão e a mídia em geral traria muito mais resultados, já que qualquer pessoa hoje em dia tem acesso a rádio, tv, etc.

  7. Ricardo disse:

    Qual é a punição para um infrator.Sera que ele saira da cadeia e voltara a cometer novamente os seus crimes?

  8. Eliana disse:

    São pessoas nojentas que deveriam ficar presas para o resto da vida.A internete ajuda sim.

  9. Francielle Bogado disse:

    Penso que a internet dificilmente irá auxiliar no combate enquanto não termos legislações específicas para os crimes de internet. A principal lei é o ECA e tem uma punição de no máximo 5 anos para este tipo de crime!!! Quando na realidade deveria ser a pena de morte!!! Coisa que não existe no Brasil.

  10. Márcia disse:

    Acredito que a internet pode ajudar muito mais do que se propõe, se há pessoas que criam programas tão avançados, capazes de salvar vidas pela internet, acredito que essas mesmas pessoas conseguem brincando criar um filtro para as páginas, blogs, workut, matérias,etc. O que devemos questionar é se há o interesse.
    Não precisamos esperar por leis, se há sites que ferem nossa ética, cidadania.

  11. joenio alano disse:

    A rede globo e a maior patrocinadora de pedofilia no brasil, em suas novelinhas criaças em poses sensuais extimulam todo o tipo de taras , e eu pergunto alguem tem coragem de encarar a globo?

  12. ELIÉSIO disse:

    ACHO QUE A REDE MUNDIAL DE INTERNRT DEVIA TER UM FILTRO ANTI PEDOFILOS PARA EVITAR ACESSO E TRANSITAÇAO DESSE TIPO DE CONTEUDO EM SUAS PAGINAS É A PRIMEIRA VEZ QUE AÇESSO NOTICIAS RELACIONADAS A PEDOFILIA E ESTOU ATERRORIZADO COM OS RESULTADOS ACHO QUE O BRASIL DEVIA TER PENA DE MORTE PARA UM CRIME DESSA ESTATURA CONTRA CRIANÇAS TAO INDEFESAS E DESPROTEGIDAS.

  13. ELIESIO disse:

    ACHO QUE OS PAIS DEVIAM SE CONCIENTIZAR SOB O ACESSO DE MENORES NA INTERNET E VERIFICAR O ACESSO PERIODICAMENTE PARA LIMITAR O ACESSO DE MENORES EM DETERMINADOS ASSUNTOS.SE ISSO ACONTECESSE EVITARIA MUITOS TRANSTORNOS PARA A POPULAÇAO NAO BRASILEIRA MAS MUNDIAL.

  14. Antonio disse:

    Pelo amor de Deus!!! Deve-se criar sistemas mais eficazes para protegermos as crianças. Não devemos ter dúvidas na hora de denúnciar: DEVEMOS DENUNCIAR!!!Isso não pode mais continuar acontecendo

  15. Sandra disse:

    Eu acho que a internet não só contribui para pedofilia, como também para outras coisas horriveis.
    As pessoas estão cada vez mais ligadas a coisas bizarras e nem se dão conta que, ao por uma coisa desse tipo na internet só dá idéia para pessoas doentes praticarem.
    Os pais trabalham e não tem tempo para fiscalizar os filhos.
    E no fim o mundo tá cheio de gente doente a internet só prova isso.
    Eu já fui abusada pelo meu próprio pai.
    Mas entendo como é dificil denunciar.
    As familias tampam o sol com a peneira e muitas vezes as mulheres não fazem nada, não porque não querem e sim porque é muito complicado aceitar que uma pessoa que todo mundo acha comum é tão perverso.

  16. Vanessa disse:

    Eu ja senti na pele o que é sofrer com a pedofilia eu tinha apenas 6 anos quando meu pai resolvel fazer isso comigo.Graças a DEUS hoje vivo "bem" as pessoas não deverm ter medo.Referente aos sites entrei em um por curiosidade sobre sexo e eles não tem como controlar quem entra ou sai apenas perguntam vc tem mais ou menos de 18 anos isso é ridiculo e assim nossas crianças viram vitimas da pedofilia e as vezes por desespero se vendem na ilusão de uma vida melhor.DIGA NÃO A PEDOFILIA É CRIME E QUEM PASSA POR ELA NÃO ESQUECE

  17. maurício disse:

    Devemos tornar a lei mais dura e principalmente não deixar expor na internet, é de muito fácil acesso o que a meu ver incentiva a pedofilia ou mesmo a curiosidade, as Escolas devem ter papel importante para ensinar a criança a não temer e contar a pessoas de confiança se algo estranho acontece

  18. Edson Magalhães Belém/PA disse:

    Concerteza a internet revolucionou a vida das pessoas, principalmente, na propagação do conhecimento. Hoje é cosiderada uma ferramenta indispensável para o desnvolvimento da sociedade. No entanto trás com sigo formas de propagar desvios de condulta e práticas de crimes, como a PEDOFILIA.
    Acredito sim, que existem formas eficazes de acabar com este tipo de crime, principalmente na internet.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *