Início » Brasil » Um circo chamado Senado Federal!
GRITA BRASIL

Um circo chamado Senado Federal!

Fiquei hipnotizado pela indecência, pela estupidez, pela incoerência das falas dos senadores, pelo espetáculo dantesco que foi produzido por um Senado praticamente novo

Um circo chamado Senado Federal!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas

O que se assistiu nos dois dias da eleição para presidente do Senado é algo que nem o mais renomado diretor de filmes pastelão, ou de novela mexicana, teria a capacidade de fazer para arrancar risadas – nervosas –, ou lágrimas de lamento de qualquer espectador seja brasileiro – principalmente –, ou de alguma outra nacionalidade. Foi algo absurdamente absurdo o que se viu por lá.

É – e foi – vergonhoso. É – e foi – lamentável. É o fiel retrato deste país tupiniquim, que tem no Senado o espelho de quão sério se leva a política neste país, que ainda engatinha em direção a sabe-se lá para onde e para qual fim.

O pior é que eu não conseguia mudar de canal. Fiquei hipnotizado pela indecência, pela estupidez, pela incoerência das falas dos senadores, pelo espetáculo dantesco que foi produzido por um Senado praticamente novo. Se o praticamente novo deu nisso, melhor nem imaginar como serão os próximos quatro anos com esses artistas que lá deram seu espetáculo.

Se eu já era descrente de tudo e todos que fazem parte do Senado e do Congresso, com a demonstração da capacidade que eles tiveram em produzir aquele lixo de imagem, de roteiro, de comportamento, de atitude, por favor, alguém diz que estou exagerando? Alguém escreve aqui para a redação e me acalme. Fala que eu não entendo nada de espetáculos produzidos em Brasília. Digam que melhor eu estudar a história do cinema pastelão, fazer um curso de produção de novela mexicana, começar uma análise com um bom psicólogo.

Socorro. Me ajudem.

Difícil escolher a melhor cena, o melhor diálogo, os melhores pedidos de “vênias”. Os melhores: “Por uma questão de ordem”.

Que ordem? O Senado totalmente desordenado, descompensado e por aí vai.

Um verdadeiro circo. Com roubo de pasta, ofensas, gritos, renúncias, discursos alucinógenos.

O pior disso tudo é que não estavam interpretando, nem seguindo um roteiro. Tudo ali era autêntico. Legítimo. Talvez não houvesse ninguém com máscara. Ali o que se viu foi a realidade nua e crua. É isso que temos no Senado. E o que teremos. Culpa sua. Não minha, pois não votei em senador nenhum.

De uma coisa eu tive certeza: enquanto nós não mudarmos nossa maneira de pensar, de agir no nosso dia a dia, em coisas pequenas, não vamos conseguir alcançar as mudanças que desejamos para nosso país. Um ou outro pode até se iludir. Mas eu votei num cara novo. Bom pra você. Talvez você tenha conseguido então dormir como um anjo. Bom pra você.

Mas agora o leite está derramado. Alguém arrisca passar um pano de chão?

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. carlos alberto martins disse:

    o Brasil saiu derrotado nas urnas,a panela continua a mesma,os chefes das máfias politicas,continuam os mesmos.eles irão ensinar os novos seguidores a serem capadócios de primeira linha.se o presidente não tomar o comando da nação com diretrises de um verdadeiro estrategista empenhado na faxina geral dos bandoleiros do congresso,senado entre outros,estaremos caindo em um mar de lamas de imoralidades.Jair tem a aprovação da maioria dos eleitores,mais mostrou junto aos seus pares que como seus antecessores é réfem de politicalha de benesses aos donos do Olimpo chamado Brasilia.iria pedir em uma oração que Deus nos ajudasse,mais ele tambem já está cansado,pois nos deu o melhor pedaço do planeta terra,e,no entanto estamos destruindo tudo,até o orgulho de ser patrióta.

  2. Ester H. Schulz disse:

    Confesso que fiquei entre o riso e o choro! E o resultado nem de longe me inspirou qualquer confiança…

  3. carlos alberto martins disse:

    Ví e ouvi a mais pura idiotice que um ministro poderia dizer a um monte de empresários.foi a derrocada final na falência da nossa nação.o mesmo afirmou que o Brasil teria que ter 1 trlhão de reais em caixa,nem que tenha de retirar direitos conquistados pelos trabalhadores,e a sociedade.será que o mesmo não sabe que isso iria repercutir em uma assombrosa recessão economica e social?o porque não diminuir os gastos públicos com mordomias em todos os ministérios,congresso,senado.porque não diminuir em 50% o numero de deputados,senadores e respectivos apadrinhados que os vivem cercando de puro puxa-saquismo?não temos que ter tantos políticos tomando o nósso dinheiro.pelas palavras ditas pelo mesmo dar-sea a impressão que teremos a volta da ditadura democrática.porque é sempre o trabalhador que tem que pagar pelos desatinos de um governo que já eatá começando mal?até agora só temos tidos aglomeração de políticos no afâ de conquistarem a cargos maiores no intuito de reforçarem seus desonesto proventos.tinha na última eleição a esperança de uma mudança séria,mais uma vez percebo que fomos tráídos .Brasil,nação sem esperança.só espero que com a volta de Bolsonaro ao comando haja uma luz no fim do tunel.em ultimo caso temos algumas saidas,portos.aeroportos ou quem sabe ir para os paises vizinhos como imigrantes.a grandeza descrita e cantada nos versos de nosso hino nacional só esta sendo aproveitada pela súcia que impéra no OLIMPO de Brasilia.é um ultraje,uma infamia sem precedentes,ver os politicos cantarem o hino nacional no congresso e no senado,sabendo que são a visão da derrocada nação que tanto amamos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *