Início » Sem categoria » Arrecadação de impostos em janeiro bate recorde
Mercado

Arrecadação de impostos em janeiro bate recorde

Ao todo, o governo federal recolheu R$ 91.071 bilhões em tributos, 15,34% a mais do que em janeiro de 2010

Arrecadação de impostos em janeiro bate recorde
Arrecadação é o maior valor já registrado em um mês de janeiro

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A arrecadação de impostos e contribuições em janeiro deste ano cresceu 15,34% comparado ao mesmo período de 2010. Ao todo, o governo federal recolheu R$ 91.071 bilhões em tributos – já descontada a inflação – registrando um valor recorde para o mês, segundo informou a Receita Federal.

A expansão da produção industrial, da venda de bens e da massa salarial são alguns dos fatores que contribuíram para o crescimento da arrecadação. O Fisco ainda destacou o fim das desonerações do Imposto sobre Produção Industrial (IPI) incidente sobre os automóveis, em abril de 2010, o pagamento de royalties de petróleo e o pagamento da primeira cota do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre Lucro Líquido, em janeiro.

Segundo dados corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em janeiro do último ano o valor arrecadado foi de R$ 78,96 milhões. Em dezembro de 2010, entretanto, houve uma queda real de 3,13% neste valor, somando R$ 94,01 bilhões recolhidos.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *