Início » Sem categoria » Assassino de Dorothy Stang é condenado a 30 anos de prisão
País

Assassino de Dorothy Stang é condenado a 30 anos de prisão

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, foi condenado a 30 anos de prisão pela morte da missionária americana Dorothy Stang em fevereiro de 2005.

Bida foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Pará à pena máxima prevista na legislação brasileira. Os advogados de defesa podem entrar com recurso, mas o condenado não poderá aguardá-lo em liberdade. De acordo com o Ministério Público, Bida foi mandante do assassinato juntamente com Regivaldo Pereira Galvão, que ainda aguarda decisão de recursos para definição de júri popular.

Fontes:
Veja - Acusado é condenado a 30 anos de prisão

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *