Início » Sem categoria » Caso Raposa Serra do Sol será retomado esta semana pelo STF
Polêmica

Caso Raposa Serra do Sol será retomado esta semana pelo STF

Deve ser retomado ainda nesta quarta-feira (18/03) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento da ação que analisa a constitucionalidade da demarcação em terra contínua da área indígena de Raposa Serra do Sol, em Roraima.

O julgamento foi interrompido em dezembro por um pedido de vista do ministro Marco Aurélio Melo, quando oito dos 11 ministros do STF já haviam votado a favor da demarcação contínua.

Se a maioria dos ministros mantiver o entendimento, um grupo de produtores de arroz e de aproximadamente 50 famílias de agricultores brancos terão de deixar a reserva.

Fontes:
O Globo - STF retoma caso Raposa Serra do Sol na quarta-feira

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Ademir disse:

    EUREKA!!!! Agora entendi os motivos da visita do Príncipe Charles à Amazônia!!! "Coincidiu" com a reabertura do "affaire" "Raposa-Serra do Sol". Haja "coincidência", hein??? Nem imagino se o "staff" de Sua Alteza atua "nos bastidores" dos 3 poderes do Brasil, para legalizar a "reserva" em nome(??) dos "índios" ("índios", com aspas, mesmo!), e, como o Brasil "assinou" na ONU o compromisso de "auto-determinação" das terras "nações" indígenas…num futuro próximo o poderoso "Reino Unido" irá exigir a independência da "nação (???) Yanomami"!!! ACORDA POVO BRAILEIRO…antes que te roubem mais um gordo e rico naco das terras do teu País!!!! O GENERAL AUGUSTO HELENO avisou em tempo hábil!!!

  2. Silvana disse:

    A raposa contínua nos trará problemas com a fronteira norte com a Guiana inglesa, e nos trará mais desmatamento. O índio, com razão, já que não planta, é caçador e coletor, venderá a madeira.Viva aos ministros do STF

  3. EDVALDOTAVARES disse:

    OS INGLESES TENTARAM FICAR COM A ILHA DA TRINDADE. São duas ilhas próximas uma da outra, Trindade e Martim Vaz. Para aqueles que mantêm distância, por ojeriza, dos livros de História e Geografia do Brasil e acham que este gigantesco país, 4º. do mundo em continuidade, foi ganho no “jogo de porrinha”, é bom saber que os ingleses tentaram, em 1895, tomar essa ilha do Brasil, “no grito” . Situadas no oceano, na altura do Rio de Janeiro, em posição estratégica no Atlântico Sul, os senhores do “United Kingdom” colocaram um olho gordo prá cima delas. O astrônomo inglês Edmund Halley (o do cometa Halley), chegou a tomar posse da ilha da Trindade, em 1700, em nome da monarquia britânica. Porém, diferentemente do Pirara, os esforços diplomáticos brasileiros, reforçados pela diplomacia portuguesa, reintegraram a posse da ilha da Trindade ao Brasil. Em 24 de janeiro de 1897 foi erigido um marco para garantia absoluta da soberania brasileira sobre a ilha. Hoje sedia o Posto Oceanográfico da Ilha da Trindade (POIT) guarnecido pela Marinha do Brasil. Como o príncipe não é bobo e sabe muito mais História do Brasil do que a maioria dos brasileiros, sabedor que quarta-feira agora o STF retoma o julgamento da ação sobre a continuidade da Raposa-Serra do Sol veio rapidinho exercer a sua influência – ofereceu grana a vontade para proteção da Amazônia. Ele quer ter certeza de que desta vez vai ter sucesso, como o do Pirara e não o fracasso que houve com a ilha da Trindade. Brasileiros vejam no mapa onde ficam: o Pirara, a Reserva Indígena Raposa-Serra do Sol (RIRSS) e as ilhas da Trindade e de Martim Vaz. O príncipe sabe de cor o mapa do Brasil. BRASIL ACIMA DE TUDO! SELVA! EDVALDOTAVARES. MÉDICO. BRASÍLIA-DF.

  4. Manoel Soriano Neto disse:

    Concordo plenamente com o abalizado comenntário do Dr Edvaldo Tavares. Infelizmente, somos extremamente ingênuos, "acreditamos em Papai Noel", isso para dizer o mínimo, pois é consabida a falta de patriotismo e o entreguismo das nossas ditas "elites pensantes e governamentais", haja vista a aprovação pelo Brasil, da recente Declaração Universal dos Direitos dos Povos Indígenas", que poderá ensejar o fracionamento de nosso País em "n" "Nações Indígenas". Está pois coberto de razão, o diligente analista, Dr Edvaldo, ao nos advertir de fatos ocorridos em nossa História e que deveriam nos servir de lição. Apesar disso, o Príncipe Charles aqui esteve, às vésperas da retomada do julgamento, pelo STF, da questão da Reserva Raposa do Sol, e deixou o seu recado (aliás, vários recados…). Parabéns, digno patriota Edvaldo Tavares, por estar sempre nos advertindo à luz de fatos históricos. Acorda Brasil!
    Cel de Infantaria e Estado-Maior do Exército Manoel Soriano Neto.

  5. heloisa disse:

    Edvaldo e Soriano sempre me esclarecem nesse assunto. E i STF estará também informado?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *