Início » Sem categoria » Chance de ser o único sobrevivente é de uma em 40 milhões
Acidentes aéreos

Chance de ser o único sobrevivente é de uma em 40 milhões

Em média, 70% dos passageiros escapam no caso de acidentes aéreos com sobreviventes

Chance de ser o único sobrevivente é de uma em 40 milhões
Ruben van Assow, de 9 anos: o único sobrevivente de um acidente aéreo na Líbia (Fonte: AFP)

O menino holandês Ruben van Assouw, de 9 anos, que na semana passada virou notícia no mundo inteiro por ser o único sobrevivente de um acidente com um Airbus A330 na Líbia, entrou nessa estatística. O avião da companhia Afriqiyah Air-ways transportava 93 passageiros e 11 tripulantes.

A chance de um avião cair e apenas uma pessoa se salvar é praticamente a mesma de ganhar na Mega-Sena com uma única aposta de seis números. Foi o que aconteceu com Ruben van Assow. Essa chance é de uma em 40 milhões.

Desde 1970, houve 16 casos de acidentes aéreos nos quais houve um único sobrevivente. No ano passado, um outro caso desse tipo chamou a atenção do mundo. Uma menina de 12 anos foi resgatada no mar após o avião em que viajava ter caído próximo às Ilhas Comores, na costa leste da África, com 153 pessoas a bordo. Todos, com exceção da menina, morreram no acidente.

Estatísticas

A revista Veja reuniu esses dados: dos 16 sobreviventes únicos computados desde 1970, metade tinha menos de 18 anos. A revista concluiu que esse número desafia as probabilidades, uma vez que há muito mais passageiros adultos do que crianças nos voos comerciais. Especula-se, assim, se as crianças e adolescentes são mais resistentes aos traumas provocados em acidentes desse tipo ou se é “apenas” sorte.

Leia mais:

Acidentes aéreos no Brasil matam quatro vezes mais

Fontes:
Revista Veja - Uma chance em 40 milhões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *