Início » Brasil » Consórcio de Viracopos pede socorro à Infraero
Coluna Esplanada

Consórcio de Viracopos pede socorro à Infraero

Por falta de experiência, consórcio da Triunfo Participações, UTC Engenharia e Egis avalia a possibilidade de terceirizar as operações do terminal para a estatal

Consórcio de Viracopos pede socorro à Infraero
Consórcio pretende usar o sistema de TI da Infraero para operar o terminal (Reprodução/AE)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Tiro no pé

Mal assinou o contrato para administrar o Viracopos, em Campinas, e Aeroportos do Brasil – consórcio da Triunfo Participações, UTC Engenharia e Egis – vai terceirizar as operações para a… Infraero, a estatal que cuidava do terminal. A concessão permite acordos operacionais com quaisquer empresas com know-how. Mas o consórcio municia a presidente Dilma nas críticas ao modelo de concessão que avalizou, pela falta de experiência das empresas vencedoras também em Cumbica e JK (Brasília).

Do seu, do nosso

A Aeroportos Brasil acaba de pedir ao BNDES R$ 933 milhões para financiar as obras previstas de R$ 1,4 bilhão até a Copa. O empréstimo é autorizado pelo governo.

Suporte técnico

O consórcio ‘avalia a possibilidade de utilizar, por um período determinado, alguns dos sistemas de TI atualmente adotados pela Infraero’, diz nota, até que o seu fique pronto.

Tudo de volta

O sistema de TI envolve toda a operação do terminal. Fontes do setor não descartam que o consórcio de Viracopos também contrate a Infraero para operações de pista.

Todo mundo nu

A Justiça Federal bloqueou os bens do candidato a prefeito de Boa Vista (RR) Mecias de Jesus (PRB), acusado pelo MP Federal de participar do esquema dos ‘Gafanhotos’. O Detran e a Vara de Imóveis foram notificados a segurar até R$ 1.908.135,20 em bens. A decisão foi do juiz Leandro Saoum, da 2ª Vara de Seção Judiciária.

Memória

A decisão também pegou de calças curtas o ex-governador Neudo Campos, acusado no mesmo esquema. O grupo desviou de verbas públicas mais de R$ 500 milhões, de 98 a 2003, através de saques de ‘fantasmas’ numa folha de pagamento paralela.

À espera do milagre

O PMDB mineiro espera sentado o benefício do acordo. Como revelou a coluna dia 11 de Agosto, o deputado Leonardo Quintão é cotado para o Ministério dos Transportes, em 2013, por abrir mão da candidatura e apoiar Patrus Ananias (PT) em BH.

Agora sabe

Agora Tiririca já sabe o que faz um deputado – seu slogan de campanha, lembra? Ele distribui na Câmara um encarte com suas ações nestes dois anos.

Quem manda
Quem segura o consórcio de Viracopos é a UTC, do empreiteiro Carlos Suarez, ex-OAS. Suarez queria entrar sozinho na disputa, mas se aliou à francesa EGIS.

IBGE neles!

 

Após conseguirem o piso salarial e efetivação pelas prefeituras, vem a conta. Os agentes comunitários de saúde terão novas atribuições como coleta de dados sociais, econômicos, sanitários e culturais da população.

 

Alô, patrão

 

Projeto 234/12 do senador Benedito de Lira (PP-AL): Empresas que não preencherem vagas destinadas aos deficientes, como manda a lei, terão de recolher o valor correspondente aos salários dos cargos desocupados para o FAT.

 

CPI 2.0

 

A briga PT x PSDB na CPI do Cachoeira virou tema de disputa local na pequena Formosa (GO). O líder é Itamar Barreto, apoiado pelo governador Perillo (PSDB), mas o ex-deputado Roller, do bloco PMDB-PT, encostou.

 

SUS na eleição

 

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, gravou ontem mensagens de apoio a candidatos petistas e citou caso de um jornalista da sua pasta. Ele fez todo o tratamento contra o câncer em hospital público em Santa Catarina.
Correção

O presidente da Assefaz, Hélio Bernades, embora filiado ao PTB, não é candidato a vereador em Anápolis, onde concorre um homônimo do mesmo partido.  E Paulo Antenor, suplente do senador Magno Malta, não é mais presidente do SindiReceita.

Saiu da toca

Dilma Rousseff apareceu ontem, numa surpresa, no programa de TV de Valadares Filho (PSB) à prefeitura de Aracaju (SE). Fez festa ele. Mas é porque o PT está na vice.


Cinema florestal

Depois de Assalto ao Banco Central, o diretor Marcos Paulo vai rodar ‘Sequestrados’ na floresta amazônica. Começa a rodar em Manaus em outubro. Hoje está na cidade.

Ponto Final

Aliás, não é de hoje que governos e banqueiros assaltam o Banco Central.

_______________________________________

Com Marcos Seabra e Vinícius Tavares

www.colunaesplanada.com.br
contato@colunaesplanada.com.br
Twitter @colunaesplanada

 

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Carlos U. Pozzobon disse:

    Fui o primeiro a denunciar o modelo de privatização da Dilma nos aeroportos. De cara recebi a oposição da sociedade conservadora, que foi logo tratando de apoiar taticamente, pretendendo que tal virada no petismo seria um reconhecimento da necessidade de gerência privada dos serviços públicos como forma de superar suas deficiências. Só que deixaram o serviço público instalado, encastelado, incrustado dentro dos aeroportos, de onde deveria ser removidos para permitir custos mais baixos de taxas de embarque. Agora começa a aparecer a natureza da privatização petista: era truque, mero ilusionismo, mero faz de conta, onde os espertalhões se apossaram de uma parcela do contrato societário para sair de cena e viver das rendas prometidas pela Infraero, que mal sabem eles que não haverá, pois o sócio estatal costuma se locupletar nos contratos de obras, evidenciando um futuro de grande enrosco judicial com grande risco de deterioração dos serviços aeroportuários, já esguelados no gargalo do crescimento.

  2. João Cirino Gomes disse:

    Fazem o maior carnaval no hora de privatizar e encherem os bolsos, depois os projetos ficam só no abstrato e precisam ser refeito e novamente superfaturados as custas dos impostos que pagamos!

    Alguém sabe quais foram os benefícios que trouxeram para o povo, as verbas adquiridas com as vendas de empresas publicas?

    Só estória da carochinha!

  3. Luiz Fernando disse:

    É uma VERGONHA, que uma empresa que venceu uma concorrência pública, não tenha capacidade técnica e financeira para desempenhar suas obrigações contratuais, e venha solicitar os serviços de terceirizados para a execução daquilo que se propos.
    Caso isto se concretize, mais custos serão acrescidos na cadeia, onerando o bolso dos usuários destes terminais.
    É lastimável que os processos seletivos não apurem as capacidades e os agrupamentos destas empresas que só querem o lucro fácil e descompromissado.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *