Início » Sem categoria » Correa é resgatado a tiros de hospital
Equador

Correa é resgatado a tiros de hospital

A Cruz Vermelha informou que dois policiais morreram no enfrentamento

Correa é resgatado a tiros de hospital
Correa deixou o hospital em uma cadeira de rodas e usando máscara antigás (Fonte: AP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O exército do Equador trocou tiros com os policiais rebelados do país nesta quinta-feira, 30, para conseguir resgatar o presidente Rafael Correa do hospital onde ele foi internado com intoxicação por gás lacrimogêneo.

Correa, que mais cedo havia sofrido um ataque dos policiais em um quartel de Quito, deixou o hospital em uma cadeira de rodas e usando máscara antigás. Segundo a Cruz Vermelha, dois policiais morreram no enfrentamento.

Peru fecha a fronteira

O comandante da polícia do Equador, Freddy Martínez, renunciou após a revolta dos agentes. Ele disse que tentou conter a ação dos seus subordinados. O chanceler do país, Ricardo Patiño, foi hospitalizado com ferimentos na cabeça após ser agredido por rebelados.

A companhia aérea chilena LAN Airlines suspendeu os voos no Equador. O Peru fechou a fronteira com o país vizinho e anunciou a suspensão do comércio entre as duas nações até que a ordem seja restaurada.

Leia mais:

Governo declara estado de exceção após protestos

Fontes:
Estadão - Comandante da polícia do Equador renuncia após conflito
El Universo - Un sangriento rescate de comandos a Correa
Estadão - Peru ordena fechamento da fronteira com o Equador
Estadão - Chanceler do Equador é hospitalizado após ser agredido por rebelados
Estadão - Após protestos, chilena LAN Airlines suspende voos no Equador

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *