Início » Sem categoria » Cresce o número de “anúncios de ataque”
Concorrência feroz

Cresce o número de “anúncios de ataque”

Cresce o número de “anúncios de ataque”
Comercial da Domino's (www.adweek.com)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Trata-se da publicidade do tipo comparativa, aquela na qual as empresas veiculam anúncios com referências a concorrentes.

Um exemplo é um anúncio televisivo da rede de pizzarias Domino’s que está sendo veiculado no exterior, no qual o próprio executivo-chefe da empresa joga um envelope dentro de um forno de pizza e ele entra em chamas. O envelope representa uma carta enviada à Domino’s pela rede de sanduíches Subway em protesto contra outros anúncios da rede de pizzarias nos quais os produtos da concorrente são criticados.

Este tipo de publicidade vem aumentando à medida que a recessão obriga as empresas concorrentes a atrair a atenção do consumidor. No entanto, há o risco de o consumidor perceber uma empresa que veicula “anúncios de ataque” demasiadamente agressivos como insegura, ou em desespero. Isso prejudica a imagem corporativa a longo prazo, mesmo que a campanha estimule as vendas durante algum tempo.

Fontes:
Economist - Advertisers go on the attack: Heated arguments

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Dorival Silva disse:

    Tem um elemento de falta de ética nesses ataques? Fico na dúvida, mas acho que o consumidor castigará o antiético.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *