Início » Sem categoria » Espera por transplante de córnea leva em média três anos
Saúde no Brasil

Espera por transplante de córnea leva em média três anos

País tem ao menos 22.700 pessoas na fila de espera

Espera por transplante de córnea leva em média três anos
Quase 23 mil pessoas estão na fila para fazer o transplante (Fonte: Hospital dos olhos)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Dados do primeiro semestre do ano passado revelaram que um brasileiro precisa aguardar, em média, três anos para fazer um transplante de córnea. Mas uma parceria entre o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e a câmara técnica do Conselho Federal de Medicina visa acabar com essa espera.

A meta é zerar a fila em até oito meses. Para tal, os dois conselhos dependem do aval do Sistema Nacional de Transplantes e também da liberação de uma verba de R$ 2,3 milhões, que serviria para criar um banco de olhos e para capacitação.

Aumento do número de cirurgias

O presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, Paulo Augusto de Arruda Melo, afirma que a meta é “aumentar em 30% o total de cirurgias em até quatro meses. Depois disso, zerar a fila até o final do ano”.

Entre as principais dificuldades para se chegar a essa meta, destaca-se o armazenamento das córneas a tempo de fazer a cirurgia, além da falta de bancos de olhos no Brasil.

Leia mais:

Espanha realiza o primeiro transplante completo de rosto

Empresa desenvolve ‘impressora de órgãos’

Fontes:
Folha de S.Paulo - Médicos tentam zerar fila para transplante de córnea, de 23 mil hoje

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *