Início » Sem categoria » EUA podem estar financiando grupos armados
Afeganistão

EUA podem estar financiando grupos armados

Câmara dos deputados critica Pentágono por segurança terceirizada de comboios que levam mantimentos a tropas norte-americanas

EUA podem estar financiando grupos armados
O contrato firmado entre o Pentágono e as empresas de transporte envolve uma cifra de US$ 2,16 bilhões (Fonte: O Globo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os Estados Unidos podem estar financiando indiretamente dezenas de milhões de dólares a grupos armados afegãos e talvez até ao Talibã, de acordo com investigações da Câmara dos deputados do país.

Isso porque o Pentágono terceiriza o deslocamento dos comboios que levam mantimentos a tropas norte-americanas no Afeganistão. Estas empresas de transporte e suas subcontratadas “pagam dezenas de milhões de dólares anualmente a senhores da guerra locais em todo o Afeganistão, em troca de ‘proteção’ para os comboios”, segundo o relatório produzido por assessores democratas de uma subcomissão de segurança nacional.

“Este arranjo tem alimentado um vasto esquema de proteção mantido por uma rede obscura de senhores da guerra, homens fortes, comandantes, autoridades afegãs corruptas e talvez outros”, disse em nota o deputado democrata John Tierney, presidente da subcomissão.

O contrato de “Transporte por Caminhões na Nação Anfitriã” envolve uma cifra de US$ 2,16 bilhões e abrange 70% do transporte de combustível, alimentos, munições e outros itens para as tropas norte-americanas. A investigação começou em novembro de 2009.

Leia mais:

Exército paquistanês apoia o Talibã

Afeganistão tem US$ 1 trilhão em minérios

Fontes:
Reuters - Indiretamente, EUA financiam grupos armados afegãos, diz Câmara

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *