Início » Sem categoria » Evo Morales não vê obstáculos para terceiro mandato
Até 2014

Evo Morales não vê obstáculos para terceiro mandato

Presidente da Bolívia defende que, como só teve uma gestão sob a nova constituição do país, nova reeleição seria constitucional. Ele ficaria no poder até 2014.

Evo Morales não vê obstáculos para terceiro mandato
Evo Morales é o primeiro presidente de origem indígena da Bolívia

Para Evo Morales, não há nenhum impedimento constitucional para que tente seu terceiro mandato como presidente da Bolívia. O mandatário boliviano afirmou, durante a Assembleia Geral da ONU, que ainda tem direito a outra reeleição – até 2014 -, uma vez que sua primeira eleição foi sob a Constituição antiga.

“Essa é uma interpretação, é nossa interpretação, e é baseada na nossa constitucionalidade e legalidade”, afirmou Morales. “Porém, por enquanto, estou focado apenas na minha gestão, não estou fazendo campanha”, completou.

A constituição que estabelece o limite de dois mandatos por presidente só foi aprovada no início do ano passado. Reeleito em 2009, Morales vê que só teve um mandato perante as novas leis.

“A Constituição política do Estado diz textualmente que se aceita só uma eleição e uma só reeleição. Essa  é a primeira gestão do Estado plurinacional”, que sucedeu a República em 2009,  declarou Evo Morales à CNN nos Estados Unidos.

A “reeleição indefinida” tornou-se uma questão sensível na América Latina, uma vez que os presidentes Hugo Chávez, da Venezuela, e Rafael Correa, do Equador, já se utilizaram de manobras constitucionais para prolongar sua permanência no poder.

Atualmente, Morales conta com uma popularidade superior a 50% na Bolívia – impulsionado pela economia fortalecida do País. Para o presidente, o atual estado das finanças do país mais pobre da América do Sul é, em boa parte, consequência de seus esforços de redistribuição de riquezas com políticas como pagamento de pensões para mães manterem seus filhos na escola.

Leia mais:

Evo Morales vai mudar sistema judiciário

Morales assume para segundo mandato

Fontes:
O Globo Online - "Morales vê brecha na Constituição e reitera que tentará terceiro mandato na Bolívia"

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. tutty gualberto disse:

    Essa América Latina é uma vergonha!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *