Início » Sem categoria » Extrema direita ganha espaço na Hungria
Europa

Extrema direita ganha espaço na Hungria

Extrema direita ganha espaço na Hungria
Fonte: AFP

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O partido de extrema direita Jobbik está ganhando mais simpatizantes na Hungria. Lançado há sete anos, o partido e suas propostas nacionalistas e de extrema direita foram rejeitados pelo eleitorado. Agora, está para se tornar o segundo maior partido em número de cadeiras no parlamento, um grande contraste com as últimas eleições, em 2006, quando obteve apenas 2,2% dos votos, insuficientes para eleger um único parlamentar.

Faltando uma semana para as eleições, Jobbik foi beneficiado pela queda do Partido Socialista (MSZP). Acusado de corrupção e de ter feito uma péssima gestão, o Partido Socialista está prestes a enfrentar uma derrota humilhante.

A recessão global atingiu a Hungria violentamente, o desemprego está no seu maior nível nos últimos 16 anos (11,2%) e, no fim de 2008, o país foi forçado a pedir um financiamento de emergência de US$ 25 bilhões para o FMI. Os húngaros esperavam mais melhorias no governo e no crescimento do país, após a queda do comunismo.

Fontes:
Telegraph - Rise of Hungary's far-Right Jobbik party stirs disturbing echoes of the 1940s

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Francisco Anéas disse:

    No Brasil existe um rodízio no poder entre a esquerda cor de rosa do PSDB e a esquerda vermelha do PT. Há um bom espaço para partidos de direita, porque muitos cidadãos eleitores, não tem em quem votar! A única diferença que existe entre o PSDB e o PT, e que, o PSDB tem a mão leve, e o PT tem a mão pesada. Quem matou o prefeito Celso Daniel foram os capangas do Lula!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *