Início » Sem categoria » Extrema-direita ganha espaço na Suécia
Escandinávia

Extrema-direita ganha espaço na Suécia

Líder de partido anti-imigração diz que vagas no Parlamento serão usadas para que a legenda se faça ouvir

Extrema-direita ganha espaço na Suécia
Jimmie Akesson, líder dos Democratas Suecos (Fonte: Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O partido anti-imigração Democratas Suecos conquistou assentos no Parlamento do país pela primeira vez na história, e foram logo 20 de uma vez.

O resultado das eleições suecas foi confirmado nesta segunda-feira, 20. A chegada dos Democratas Suecos ao Parlamento impediu que a coalizão de centro-direita que governa o país alcançasse a maioria absoluta.

Governo buscará os verdes

O primeiro-ministro sueco, Fredrik Reinfeldt, já avisou que o governo não buscará o apoio da extrema-direita. Como alternativa, a coalizão buscará se aliar ao Partido Verde, atualmente unido aos social-democratas, de centro-esquerda.

O líder dos Democratas Suecos, Jimmie Akesson, disse que seu partido usará as vagas conquistadas no Parlamento para repercutir suas propostas, já que seus representantes foram excluídos dos debates na TV durante a campanha eleitoral.

Leia mais:

Reeleição de Fredrik Reinfeldt indica crise na social democracia sueca

Fontes:
O Globo - Partido de extrema-direita conquista vagas no Parlamento sueco

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *