Início » Sem categoria » Funcionários públicos têm aumento de até 348%
Governo Lula

Funcionários públicos têm aumento de até 348%

Funcionários públicos têm aumento de até 348%
Candidatos a uma das muitas vagas no serviço público

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Governo atual deve chegar ao fim, em dezembro, atingindo a marca de cerca de 100 mil pessoas contratadas só para o Poder Executivo.

As contratações realizadas nos oito anos de governo Lula praticamente anulam o enxugamento feito na administração Fernando Henrique Cardoso, e significam a reversão de uma política de corte de funcionários públicos iniciada em 1990. O Executivo tem hoje o mesmo número de servidores que tinha em 1997.

Além do aumento do número dos funcionários, também chama atenção a agressiva política de reajuste dos salários dos servidores. Um auditor fiscal da Receita, por exemplo, assume o cargo atualmente ganhando R$ 14,7 mil, mais do que o dobro do que ganhava no governo anterior.

Os pesquisadores do Inmetro tiveram reajuste de 348%. O nível dos reajustes para o funcionalismo estão muito acima da média do que é observado na iniciativa privada.

Um professor de relações do trabalho da USP ressalta que “hoje em dia, em média, um servidor público federal ganha o dobro dos seus congêneres na iniciativa privada”, acrescentando que “nos últimos oito anos os salários públicos da União tiveram um aumento real de 75%, enquanto os do setor privado, de apenas 9%”.

Estima-se que atualmente dez milhões de brasileiros estejam se preparando para disputar uma vaga em algum concurso público nos próximos 12 meses.

Em nossa opinião…

O que está em curso é uma tragédia para as finanças do país. A partir de 1990 o governo federal, percebendo o elevadíssimo custo de uma máquina pouco eficiente, partiu para um enxugamento. Agora Lula, desde o seu primeiro ano de governo, está aumentando enormemente o número de funcionários, sem qualquer necessidade, e atribuindo a eles salários absurdos. Os salários pagos por empresas como Vale, Gerdau, AmBev e outras que competem no mercado mundial são os melhores salários do mercado. O governo chegar a pagar o dobro é um absurdo inominável, explicável só pela compra dos votos desses 600 mil privilegiados e seus familiares.

Leia mais:

O brasileiro é obcecado por concursos públicos?

Fontes:
Estadão - Poder Executivo deve ultrapassar 100 mil novos cargos no governo Lula

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

17 Opiniões

  1. Evandro Correia disse:

    Esse inchaço da máquina pública é um crime. Mais 100 mil vagabundos vivendo às nossas custas sem ter o que fazer. E agora ganhando o dobro. É assim que Lula se reelege, comprando o voto dessa turma e seus familiares.

  2. Sylvio Micelli disse:

    Aonde isso? Sou do Judiciário paulista há 20 anos e nunca tive tanto aumento… Nem a reposição inflacionária… Me digam ontem está esse dinheiro tudo para eu ir lá buscar!!!!

  3. luiz antonio vieira barbi disse:

    ESTE É O LULA-DILMA 2010!! VAMOS CONCORDAR COM ” EM NOSSA OPINIÃO ” E COM O EVANDRO CORREIA…SERIO MESMO QUE CAMINHAMOS PARA UMA CRISE TIPO A DE 1985…OU ATÉ PIOR…FEITO BEM DISSE FHC, LULA É TOSCO!! E O QUE FAZER DEPOIS SENÃO AUMENTAR IMPOSTOS PARA SUSTENTAR TODA ESTA CATERVA?? OU A VOLTA DA INFLAÇÃO?? OU JUROS ALTÍSSIMOS PARA QUE O BRASIL POSSA TOMAR DINHEIRO EMPRESTADO PARA GASTAR COM ESTES ABSURDO ADMNISTRATIVO???

  4. luiz antonio vieira barbi disse:

    CARÍSSIMO SENHOR SYLVIO MICELLI!!! FEITO BEM DISSE, ÉS UM FUNCIONÁRIO DO JUDICIÁRIO PAULISTA HÁ 20 ANOS…PARABÉNS!!! PORÉM, ESTE ARTIGO TRATA EXCLUSIVAMENTE DO PRESIDENTE LULA E SUAS CONTRATAÇÕES PARA O PODER EXECUTIVO, BEM COMO DOS SALÁRIOS ABSURDOS, SEM TOCAR NO JUDICIÁRIO PAULISTA! ASSIM SENDO, É DE CAUSAR ESPANTO SUAS POSTULAÇÕES. SE DESEJA MESMO SABER ONDE ESTÁ ESTE DINHEIRO TODO PARA QUE O SENHOR POSSA IR BUSCAR, RELEIA CUIDADOSAMENTE O ARTIGO E LOGO VERÁ ONDE ESTÁ ESTE EL DORADO…

  5. Otacio de Andrade disse:

    Esses “troglditas da direita”, como os chama o Prof. Delfim Neto, não se emendam, estão no desespero muito cedo. É a sede no pote, querem os erviços públicos de qualquer maneira, para fazerem a festas dos apadrinhados, que nos governos da nova direita (de Collor e FHC ) chegaram a ser o dobro dos servidores de carreira. Esse Professor, sem nome, da USP, não acompanha a realidade do mercado. No serviço público,tanto civil quanto militar, é grande o número de servidores que se exoneram para ingressarem na iniciativa privada, onde ganham mais; alguns fazem concurso e nem chegam a assumir os cargos. Agora, há cargos e cargos e o serviço público sempre exige mais preparo, enquanto a iniciativa privada exige mais aparência, daí algumas diferenças entre cargos de nível médio, por exemplo. É má-fé, querer pegar um aumento isolado de pesquiisador do imetro, possivelmente são servidores que não tinham esta classificação mas eram pesquisadores de fato, trabalhando sem receber o devido, e dizer que os servidores tiveram esse aumento. Por outro lado, só vale comparar a política de pessoal deste Governo com os Governos entreguistas e predadores do Estado – COLLOR E RHC – se se revelar o quanto de terceirizados e apadrinhados, normalmente ganhando entre três e cinco vezes mais que os concursados, eles colocaram em lugar dos servidores de carreira que foram mandados membora,ou com o PDV, ou com a indisponibilidade,etc.Claro que, para arrumar a bagunça que esses ne-liberais deixaram, o governo nacionalista de Lula tinha que arrumar a casa, não só criando instituições públicas como fazendo concursos, escolhendo gente bem preparada e mais barata. Ah! este artigo ideologicamente engajado na campanha eleitoral, cái na sua própria mentira: Se este Governo contratou 100 mil servidores só para o executivo, como ter mesmo número de 1997? Haja óleo de peroba!.

  6. Mayre disse:

    As contratações realizadas nos oito anos de governo Lula praticamente anulam o enxugamento feito na administração Fernando Henrique Cardoso, e significam a reversão de uma política de corte de funcionários públicos iniciada em 1990.

  7. João Roberto Spini Machado disse:

    claro que há um exagero,pois a imprensa brasileira é assim,desde Dom Jão VI,chegando ao Brasil.Mas,só estarmos livre,da estupida e desumana atitude do Sr.Collor de Mello,ao disponibilizar,afastar,milhares de funcionarios que trabalhavam normalmente,acabando com o serviço publico no Brasil,já é uma festa.Fernando Henrique,é outro Fernando.Temos pelo menos uma satisfação.Com este Primeiro Nome,ninguém,mais importante,com a Graça de Deus,se elege mais.Vão ter que aguentar,chorando ou não,a Ministra Dilma,que é feita de boa carne e bom osso…

  8. Zé da Silva disse:

    Não sou funcionário público nem defensor dessa categoria, no entanto sou justo com esses tão sofridos servidores que até a chegada do presidente Lula ao poder só sofreram achatamentos em seus salários, inclusive os militares, tendo ocorrido a fuga de milhares de servidores do emprego público pora o privado, devido aos baixos salários que lhes eram pagos.
    Salvo engano, o último concurso público que ocorreu antes do presidente Lula, foi no ano de 1982 feito pelo DASP.
    A partir daí o que vimos foi milhares de funcionários se aposentarem por tempo de serviço por óbitos e outros milhares sairem por programas que estimulavam pedido demissão voluntária e o quase fechamento total das forças armadas, os quartéis mais pareciam museus sem visitantes, isso apenas porque o querido da maioria do povo brasileiro, o ex presidente (F.H.C.) achou que manter os praças nos quartéis era caro e por isso quiz fazer economia em alimentação e uniformes. Os poucos soldados que permaneceram em seus regimentos, batalhões e companhias eram liberados no primeiro expediente porque não tinha alimento para os mesmos. Esqueceu o sociólogo (F.H.C.) da segurança nacional e ao mesmo tempo impulsionava o crescimenento de empresas prestadoras de serviços que passavam a empregar seus trabalhadores em todos os ministérios, ultrapassando em muito o número de demissões ocorridas no setor público e ainda causando a falsa impressão de economia.
    Quem conhece o custo de um empregado de empresa prestadora de serviços sabe perfeitamente que esse valor é no mínimo três (03) vezes o valor do salário de um servidor efetivo em sua devida função.
    Não sei porque falam tanto nos salários dos funcionários públicos e não comentam os valores absurdos gastos com senadores, deputados federais, distritais, estaduais e vereadores com respectivos servidores. Com um têrço (1/3) dessa extrutura o legislativo funcionaria muito bem.
    Parabens ao presidente Lula que teve a corágem e o bom senso para corrigir tantas injustiças praticadas ao funcionalismo público federal e ainda de aos poucos está repondo a enorme defasagem existente em todos os ministérios.

  9. Domingos disse:

    300 mil funcionários públicos e 400 mil contadores ficarão desempregados!!! Calma, calma, isso se for aprovado o Projeto apresentado ao Presidente do INSS pela Fundação Getúlio Vargas, que acaba com as guias de recolhimentos, e institui uma alíquota de 0,5% sobre todas as transações financeiras, vai arrecadar muito mais (500 bilhões anuais) tudo “online”. Os salários terão aumento automático de + ou – 50%. É o fim da sonegação e da informalidade.
    Visite o site: http://www.chamada.com.br
    Maranata.

  10. VOLNYLSON ALMEIDA DE CASTRO disse:

    Sou Administrador na UFPE ,Trabalho com Educação Publica ,Cursei Administração durante 5 anos num dos melhores cursos de administração do pais segundo avaliação do MEC.concursado ha quinze anos e tenho salário de 2.000,00, diferente dos 200.000,00 que recebem os Ronaldinhos e Belos.pagos para darem pão e circo a população..

    Foi Graças a Mão do Estado Americano que a Economia dos Estados Unidos foi salva da Irresponsabilidade Social da Gula do Capitalismo Financeiro.

    “Monetarismo”, sistema está sendo considerado obsoleto, pois só serve alguns através de uma forma predadora à Vida como um todo. Os impactos devastadores que causa. Uma vez que não há preocupação com o Todo , a exemplo do Estado.Aí a preocupação é com a Livre competição, Interesse Privado.com

    O Brasil é um dos países do mundo que têm menor proporção de servidores federais por mil habitantes. Alemanha, França, Inglaterra, Japão e EUA têm percentagens que vão de 6,1% a 38,5% da população; o Brasil tem apenas 5,3%.

    Segundo a “Folha”, os gastos anuais do governo federal com pagamento de juros terão tido uma redução de R$ 40 bilhões entre abril de 2006 e fevereiro de 2009; neste período, as despesas com pessoal cresceram cerca de R$ 40 bilhões. É óbvio o mérito da ampliação das políticas públicas em relação ao vazadouro de juros. Como reitor da UFRJ, necessitava de novas obras (investimento), porém estive desesperado com a falta de professores. Coloquei a placa de inauguração do Centro de Medicina Nuclear mas não consegui número de pessoal para operá-lo adequadamente. Qualquer diretor de escola pública irá viver este tipo de carência. O investimento público é fundamental, mas para ser utilizado exige ampliação de custeio. Nada é mais prioritário para o país do que manter e operar adequadamente os bens públicos

    Valor Economico 28.05.2009 com Carlos Lessa
    ex pres. do BNDES e ex Reitor da UFRJ

  11. VOLNYLSON ALMEIDA DE CASTRO disse:

    A Divida Pública, Tão Alardeada pela Imprensa,é muito mais originada dos Incentivos Fiscais proporcionados às Empresas,Supostamente com Interesses Sociais do que propriamente com custeio de pessoal do serviço Publico.

    As Privatizações realizadas no governo FHC foram tão funestas aos consumidores de Luz quanto infelizmente irreversiveis.

  12. Antonio Siqueira Campos disse:

    Quem não sabe do gráu de irresponsabilidade e maldades deste. De um lado, é isto o que ele entende por distribuição de renda no país, de outro, a bomba de efeito retardado, uma verdadeira tragédia para o Brasil e para os brasileiros nos próximos. Hoje todos vêem a inchação da máquina pública, o crescimento dos impostos e até o carnaval/2010 está bem mais caro, é só verificar como o “Leão” está faminto
    Eu já escrevi sôbre isto. Este governo quando assumiu eram 22 Ministérios, em vez de reduzir para 11 (50%), criou mais 16. Hoje são 38. Quanto custou e quanto está custando esta covardia aos cofres públicos e ao povo brasileiro, é uma situação extremamente perigosa para o Brasil. O país não suporta mais este peso. As empresas estatais, Petrobrás e outras estão todas aparelhadas pelos aloprados do PT, só tem Petista, quem não fôr petista não tem tem vez. Se o PSDB ganhar estas eleições vai ter que demitir dezenas de milhares de petistas. Aí o PT se transformará num P artido T errorista. Quem viver verá. Deus nos socorra.

  13. VOLNYLSON ALMEIDA DE CASTRO disse:

    A redução da Jornada de Trabalho tanto no setor publico quanto privado é o Caminho.Embora Muitos dos que ostentam a tarja de Trabalhistas tenham urticaria ao ouvir falar nesta alternativa de qualidade de vida a população como um todo

  14. acm disse:

    A proposito: circulando pela internet

    BLOG DE ADRIANA VANDONI ESTÁ CENSURADO POR ORDEM JUDICIAL
    Repassando, ainda que muitos já devam ter recebido.
    O problema é que o povo deste país consegue perceber pouco mais que uma ameba, sobre o que está acontecendo.
    Uma conta que ninguém fez é a estimativa de desvios por corrupção nos últimos anos (sempre houve, mas agora faz parte do dia-a-dia da administração pública, e em níveis relativos muito maiores), dinheiro que vai para os petralhas e aliados.
    Provavelmente, essa soma dá muito mais que as bolsas-esmolas que esse governo ladrão, mentiroso e de um nível humano muito baixo tem usado como suporte para sua permanência.
    Mas a grande ameba não vê.
    Abraços

    Pois é, bem vindos à ditadura sob sua forma moderna, burocrática e informática. Não há necessidade de armas, basta invalidar seu CPF por uma razão qualquer …

    NB: Até onde sei foi Voltaire quem disse: “Mentez, mentez, mentez, il en retera toujours quelque chose” (Minta, minta, minta, alguma coisa sempre ficará …).

    O BLOG DE ADRIANA VANDONI ESTÁ CENSURADO POR ORDEM JUDICIAL!
    Mulher de coragem que fala o que deve está sendo punida pelo governo Lula!
    Veja abaixo o texto que foi censurado pelo governo Lula.
    Publicado por Adriana Vandoni em 10 novembro, 2009, às 13h31
    Já tivemos presidentes para todos os gostos, ditatorial, democrático, neoliberal e até presidente bossa nova.
    Mas nunca tivemos um vendedor de ilusão como o atual.
    Também nunca tivemos uma propaganda à moda de Goebbels no Brasil como agora.
    O lema de Goebbels era uma mentira repetida várias vezes, se tornará uma verdade..
    O povo, no sentido coletivo, vive em um jardim de infância permanente.
    Vejamos alguns dados vendidos pelo ilusionista.
    O governo atual diz que pagou a divida externa, mas hoje, ela está em 230 bilhões de dólares.
    Você sabia ou não quer saber?
    A pergunta é: pagou?
    Quitou? Saldou? Não.
    Mas uma mentira repetida várias vezes torna-se verdade.
    Pagamos sim, ao FMI, 5 bilhões de dólares, o que portanto mostra apenas quão distante estamos do que é pregado para o povo.
    Nossa dívida interna saltou de 650 bilhões de reais em 2003, para 1 trilhão e 600 bilhões de reais hoje, e a nossa arrecadação em 2003 ano da posse do ilusionista que foi de 340 bilhões, em 2008 foi de 1 trilhão e 24 bilhões de reais.
    Este ano a arrecadação caiu 1% e, olhem bem, as despesas aumentaram 16, 5%.
    Mas esses dados são empurrados para debaixo do tapete.
    Enquanto isso os petralhas estão todos de bem com a vida, pois somente com nomeação já foram 108 mil, isso sem contar as 60 mil nomeações para cargos de comissão. É o aparelhamento do Estado..
    Enquanto isso os gastos com infra-esturutra só subiram apenas 1%, já as despesas com os companheiros subiram para mais de 70%.
    Como um país pode crescer sem em infra-estrutura, sendo essa inclusive a parte que caberia ao governo?
    O PT vai muito bem, os companheiros estão todos muito bem situados, todos, portanto, estão fora da marolinha, mas nós outros estamos sentindo o peso do Estado petista ineficiente, predador e autoritário.
    Nas áreas cruciais em que se esperaria a mão forte e intervencionista do governo, ou seja, na saúde, educação e segurança o que temos são desastres e mais desastres, mortandades.
    O governo Lula, que fala tanto em cotas raciais para a educação, basta dizer que entre as 100 melhores universidades do mundo, o Brasil passa longe.
    Já os Estados Unidos (eta capitalismo) possuem 20 universidades que estão entre as 100 melhores.
    O Brasil só aparece depois das 100, com a USP e mais nenhuma.
    São números.
    O governo Lula também desfralda a bandeira da reforma agrária.
    O governo anterior fez mais pela reforma agrária que o PT, mas claro, esses números não interessam.
    Na verdade não deveriam interessar mesmo.
    Basta dizer que reforma agrária é mais falácia do que coisa concreta em beneficio da sociedade.
    Se querem saber, em todos os países onde houve reforma agrária, logo em seguida se tornaram países importadores de alimento.
    A ex-URSS, Cuba e China são exemplos claros do que estou afirmando.
    Mas continuamos com o discurso de reforma agrária.
    A URSS quando Stalin coletivizou a terra, passou a ser importadora de alimento e consequentemente a ser um dos responsáveis pelo aumento do preço do alimento no mundo.
    Entendam.
    Cuba antes da comunização com Fidel, produzia 12 milhões de toneladas de açúcar do mundo, hoje não produz nem 2 milhões.
    A Venezuela tão admirada por Lula produzia 4 mil quilos de feijão por hectares, depois da reforma agrária praticada pelo coronel Hugo Chaves só produz 500 kg por hectares.
    Mas os socialistas não sabem nem querem saber dessas questões, o trabalho que dá para produzir, para gerar alimentos, isso porque eles tem a sociedade para lhes pagar o salário, as contas e as mordomias, além de dinheiro do contribuinte para colocar comida na sua mesa.
    Mas eles não sabem nem querem saber sobre o que é produzir, cultivar, plantar alimentos.
    Pois bem, os companheiros acreditam nos milagres da reforma agrária.
    Dizem que estão mudando o país.
    É para gargalhar.
    Agora incrível, e hoje está mais do que comprovado, que com a diminuição dos impostos nos setores de eletrodoméstico fez o comércio e indústria neste setor produzir e vender mais.
    O aquecimento na venda de carros também surtiu efeito com a redução de impostos.
    O que fica definitivamente comprovado que imposto nesse país é um empecilho ao progresso e ao desenvolvimento.
    Mas o discurso dos petistas é outro.
    Ou seja, uma mentira repetida várias vezes torna-se verdade.
    É o ilusionismo de Lula.

  15. J.Camargo disse:

    ASCO!!! É o que sinto ao ler uma opinião logicamente pautada pelo espírito de manada que domina boa parte da redações nos dias de hoje. Que dizer de idiotas como o sr. Evandro Correia que de forma leviana chama sem conhecer 100 mil pessoas de vagabundos!O funcionalismo público está repleto de pessoas qualificadas que facilmente desempenhariam suas funções em qualquer grande empresa, e que contribuem para que essa antiga mentalidade do “barnabé” aos poucos seja sepultada.

  16. Valceli de oLIVEIRA mACHADO disse:

    Acho que quando se noticia esses aumentos , intitulando apenas funcionários públicos há de se explicitar qual ministério.Funcionários do Ministério da Saúde do EX-INAMPSpor exewmplo estão com seus salário achatados , e suas vidas nada confortáveis. Muitos doentes e tendo que optarem se comem ou tomam remédios.Não deveria fazer comparação para a base da pirâmmide e sim para o topo, pois qualquer curso técnico ,não esta fácil custear, e os filhos?Hoje em dia com o advento do SUS, ainda submetidos a humilhações não mais tão jovens , escassez se recursos, a tristeza é um marco para quem sonhou sonhou e até conseguiu em dado momento , ter um salário invejável, penso que no esforço do governo em reparar perdas , pagamentos de atrasados, todos saíriam ganhando, dinheiro no bolso do servidor, é moeda circulando no comércio, em aperfeiçoamento do profissional, funcinário honesto não pensa em enriquecer , mas sem dúvida , gostaria de quando as forças dirimirem , não murchassem depressivos e outras patologias da idade , e ao se aposentarem não precisassem dos famosos bicos para sobrevivencia.

  17. Charles Goodwell disse:

    Bem, este é o desatino dos governantes, que sempre usam o descaso com as finanças públicas para se elegerem. Depois vem os deficits, a emissão de moeda, a inflação, o aumento de impostos (vide a CPMF), os empréstimos internacionais, etc. Para que? Para sustentar a folha de pagamento dos servidores, que não queremos, não precisamos e não gostamos….

    É UMA DAS HERANÇAS MALDITAS DO GOVERNO LULA

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *