Início » Sem categoria » Grã-Bretanha corre risco de “apagões”
Energia

Grã-Bretanha corre risco de “apagões”

Grã-Bretanha corre risco de “apagões”
fonte: Economist

Muitas usinas de energia devem fechar ao longo da próxima década, e a oferta de eletricidade está ficando escassa.

O governo britânico calcula que a capacidade total de geração de energia elétrica no país irá diminuir de cerca de 75 GW para 55 GW até 2015. O setor privado é menos otimista. A estatal francesa EDF, que quer construir usinas nucleares na Grã-Bretanha, calcula que a queda na produção será de 32 GW, e a alemã E.ON estima um declínio de 26 GW.

Tendo em vista que o carvão é altamente poluente, o fato de que leva muito tempo para construir usinas nucleares e as limitações para o uso de fontes de energia renováveis na Grã-Bretanha, os investidores britânicos estão se voltando para as usinas a gás, cuja construção é barata.

O problema é que a Grã-Bretanha já obtém 46% da sua eletricidade a partir do gás, e a sua produção no Mar do Norte vem caindo, desde 1999, mais rápido do que todas as previsões mais pessimistas. A Economist diz que a Grã-Bretanha pode ficar perigosamente dependente de gás estrangeiro.

Fontes:
Economist - Dark days ahead

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Dorival Silva disse:

    É impressionante. O Reino Unido, país que já comandou o mundo, está em total decadência. Suas principais empresas foram compradas por estrangeiros, e agora vai faltar luz. Aonde o mundo vai parar?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *