Início » Sem categoria » Jordânia pode ser a bola da vez
Mundo árabe

Jordânia pode ser a bola da vez

Maré de revolta no mundo árabe contra o poder instituído chegou à Jordânia

Jordânia pode ser a bola da vez
Protesto nas ruas de Amã (Fonte: Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Após a deposição de Ben Ali na Tunísia e em meio às pressões populares no Egito para a saída Hosni Mubarak, a maré de revolta no mundo árabe contra o poder instituído chegou à Jordânia, outro aliado dos EUA na região do norte da África e do Oriente Médio.

O rei Abdullah, da Jordânia, anunciou nesta terça-feira, 1º, a demissão do impopular primeiro-ministro Samir Rifai. Foi a resposta do rei jordaniano aos crescentes protestos nas ruas de Amã e de outras cidades do país.

Fim da monarquia?

Segundo a oposição jordaniana, entretanto, a demissão de Rifai será insuficiente para conter os protestos inspirados na Tunísia e no Egito. Nas ruas já se pede até mesmo o fim da monarquia hachemita, que está no poder desde a criação do país, na década de 1940.

O novo primeiro-ministro da Jordânia será Marouf Bakhit, que já foi premier do país. Ele é considerado ainda mais conservador do que Rifai.

Fontes:
Estadão - Jordânia muda governo para evitar distúrbios

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Genivaldo disse:

    O que estará por trás disso tudo???? vamos aguardar o que virá atona.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *