Início » Vida » Ciência » Mais perto de uma vacina universal contra a gripe
Pesquisa

Mais perto de uma vacina universal contra a gripe

Pesquisas avançam na busca por uma vacina que proteja contra todas as cepas do vírus da gripe

Mais perto de uma vacina universal contra a gripe
Vacina universal contra a gripe deve entrar no mercado em cinco anos (Reprodução/Internet)

Uma equipe de cientistas da Imperial College de Londres está mais perto de desenvolver uma vacina universal contra o vírus da gripe. A descoberta do grupo foi publicada esta semana na revista Nature Medicine.

A gripe se mantém um passo à frente das vacinas para combatê-la porque passa por frequentes mutações que alteram as proteínas na sua superfície. É por isso que vacinas sazonais contra a doença surgem a cada ano. No entanto, os pesquisadores descobriram que o material no interior do vírus é comum a muitas cepas e acreditam que se uma vacina combater as proteínas nesse núcleo comum, ela pode ser eficaz mesmo contra vírus com proteínas externas distintas.

A equipe do Imperial College usou a pandemia de gripe suína de 2009 para testar essa teoria. A gripe suína surgiu a partir da combinação de vírus de gripes aviária e suína. Embora o sistema imunológico humano nunca havia tido contato com esse novo vírus, os cientistas apostaram que o núcleo da gripe suína seria semelhante ao de cepas anteriores da gripe.

A equipe comparou os níveis de um tipo de células T, parte do sistema imunológico responsável por reconhecer e combater a gripe, em pacientes com sintomas da gripe no início da pandemia. Eles isolaram as partes específicas do sistema imunológico que atacavam o núcleo do vírus e tornavam os sintomas da gripe menos agressivos. De acordo com Ajit Lalvani, que liderou o estudo, essa parte isolada das células T que combatiam o novo vírus deve ser a base da vacina universal. “Identificamos um subgrupo no sistema imunológico que combate as células no núcleo do vírus. Esse subgrupo é o que precisa ser incorporado à vacina”, disse.

Lalvani prevê que a vacina universal contra a gripe estará disponível no mercado em cerca de cinco anos.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *