Início » Sem categoria » Medidas contra imigrantes dividem a França
Xenofobia x Segurança

Medidas contra imigrantes dividem a França

Oposição acusa Sarkozy de promover a discriminação ao ligar criminalidade à imigração

Medidas contra imigrantes dividem a França
Oposição e grupos defensores dos direitos humanos protestam na França (Fonte: Reuters)

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, assegurou nesta segunda-feira, 6, que vai executar a proposta de cassar a cidadania de imigrantes que atacarem policiais. A proposta de cassar a nacionalidade de polígamos e pessoas que praticam a circuncisão feminina, no entanto, foi descartada. Estas medidas foram sugeridas pelo presidente e seu ministro do Interior, Brice Hortefeux, três dias após a morte de um jovem por um policial em Grenoble, ocorrida no dia 16 de julho.

Se entenderem a proposta de cassar a cidadania de imigrantes como violação do artigo 1º da Constituição, a Corte Constitucional ainda pode anular a medida. Segundo a lei, todos os franceses são iguais, independentemente da raça, credo ou origem.

O presidente do Senado, Gerard Larcher, questiona as medidas anunciadas por Sarkozy. “Para mim, isso parece uma forma de se evitar problemas reais. A verdadeira questão é se isso realmente melhora a segurança dos franceses”, disse ao jornal Le Monde.

A população francesa se reuniu em diversas localidades do país no último sábado, 4, para protestar contra a repressão aos imigrantes. A oposição acusa Sarkozy de promover a discriminação ao ligar criminalidade à imigração.

Leia mais:

Por que os ciganos são tão perseguidos?

Ciganos sofrem com preconceito no leste europeu e expulsão no Ocidente

Fontes:
Reuters - França cassará cidadania de quem agredir policiais, diz Sarkozy

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *