Início » Sem categoria » Memórias da censura
História

Memórias da censura

A revista Veja reuniu acervos do Arquivo Nacional do Rio de Janeiro e de Brasília, exemplos esdrúxulos da estupidez da censura durante o período militar.

É o caso de cinco canções de Adoniran Barbosa, vetadas sob a alegação de "falta de gosto" ou "falta de inspiração". O compositor nunca teve militância política, mas foi censurado por utilizar linguagem coloquial em suas letras, com erros propositais de gramática.

Lupicínio Rodrigues também não foi poupado, tendo a música Bicho de Pé, mais tarde batizada de Sozinha, censurada em 1973. "A falta de inspiração leva o autor a poetizar um bicho-de-pé, colocando elemento subdesenvolvido como exemplo do caráter feminino", diz o parecer.

Fontes:
Veja - Memórias da estupidez

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Dorival Silva disse:

    Realmente o censor querer impor seu gosto pessoal, decidir o que é bom ou não, é de uma grande estupidez. Dá a impressão de que ninguém supervisionava o que eles faziam, podiam fazer qualquer coisa. Pena que a revista não dá o nome dessas pessoas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *