Início » Sem categoria » Mulher com véu faz marido perder cidadania francesa
França

Mulher com véu faz marido perder cidadania francesa

Mulher com véu faz marido perder cidadania francesa
Fonte: AFP/Getty Images

[poll id=”105″]

A França negou cidadania a um homem que queria se juntar a sua esposa francesa.

O ministro francês da Imigração disse que o pedido foi negado porque ele a proibia de circular com seu rosto descoberto. A decisão, tomada nesta terça-feira, 2, veio exatamente uma semana após uma comissão parlamentar recomendar uma proibição parcial de quaisquer véus que cubram o rosto — incluindo a burca, o traje que cobre o corpo inteiro usado por algumas muçulmanas.

A proibição — que ainda não foi votada — incluiria o uso em locais públicos como hospitais e escolas e transportes públicos. O ministro explicou que estrangeiros podem adquirir cidadania francesa ao casar com francesas desde que aceitem critérios de comportamento aceitáveis pela sociedade francesa.

Fontes:
CNN - Veiled wife costs man French citizenship

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

11 Opiniões

  1. Dorival Silva disse:

    Esse homem está pagando um preço caro pelo seu fanatismo religioso.

  2. José Marques disse:

    Todos teem o direito de ser/vestir como quizer desde que não ofenda o direito dos outros e com pudor.

  3. OLBE disse:

    AS MULHERES MUÇULMANAS EM SUA MAIORIA USA A BURCA PQ É OBRIGADA PELO MARIDO. SE A FRANÇA PROIBIR ELAS PODERÃO SER LIBERADAS E DAÍ COMEÇAR A LIBERDADE DA MULHER MUÇULMANA QUE É OBJETO DE USO DO HOMEM. ATÉ QD ELA É ESTRUPADA É ELA QUE MERECE CASTIGO. UMA VEZ LIBERADAS VÃO INICIAR, COM CERTEZA, SUA INDEPENDÊNCIA…E ISTO NÃO INTERESSA AOS MACHISTAS HOMENS MUÇULMANOS

  4. Félix Ferrà disse:

    Votei na enquete com “sim”, mas não por causa do argumento colocado nela. Na verdade, a questão é ampla e, a meu ver, se fixa mais no modo como os muçulmanos se posicionam nas sociedades européias, para onde migraram. Em sua grande maioria, eles ignoram a cultura local, acirram-se nos costumes de seus países de origem e tratam de procriar. A França realmente visualisa e teme um futuro muçulmano, não por conversões, mas por simples reprodução.

  5. Markut disse:

    O que deve haver,atrás disso, é o reflexo de uma inevitavel xenofobia européia, de modo geral, e francesa em particular, diante da avalanche da presença muçulmana, atraida pela procura por melhores condições de sobrevivência.
    Votei pela não restrição imposta, na medida em que o uso ou não do véu deve provir de um ajuste expontãneo, não imposto, aos hábitos locais.
    A questão é complexa, pois não poderá deixar de ser levado em conta o risco de atentados por mulheres bomba, protegidas por vestes apropriadas ao disfarce.
    Esse risco terá que ser coberto por esquemas de redobrada segurança, necessário, nas atuais condições, independente do uso , ou não, do tradicional véu feminino.

  6. jaderdavila the small shareholder disse:

    a mulher nao foi perguntada.
    eu adoraria ver na tv ela dizendo que quer usar a burca.
    no brasil as mulheres usam oculos escuros pra nao falar com homens brancos na rua.
    é uma burca.
    a maioria das mulheres quer ser inferior, reclusa, viver dentro de um mundinho particular bem fechado.
    elas adoram burca.
    as raras, que falam com homens brancos desconhecidos, descobriram jeitos de fazer oque querem, usando o sistema.
    como sempre, tudo que é do interesse da mulher, como aborto, voto, virgindade,
    a mulher é a ultima a ser perguntada.
    se alguma hora for perguntada.

  7. jayme endebo disse:

    O veu em si não tem nada de fanatismo religioso, pois se assim fosse as freiras catolicas seriam fanaticas?
    a burka ou a cobertura da face humilha a mulher e facilita a vida dos terroristas e portanto deve ser proibido.
    Em relação à laicidade do estado, em que interfere uma cabeça coberta? a fé é privada e não estatal e deve ser respeitada, cada um se veste na forma que melhor lhe convem e o estado não o direito de impor ao cidadão o que ele deve vestir, comer, etc.
    O estado não tem direito de impor vida material aos cidadãos pois o estado não e´o dono da verdade, a espiritualidade e suas tradições são formas de bem estar do individuo.

  8. Luiz Vieira disse:

    A libertinagem, a vadiagem a promiscuidade tomou um novo nome “LAICO”. Tudo é possível sob o véu do laicato: a matança sob o nome de aborto legalizado, a retirada de símbolos religiosos e por ai …É uma coisa de loucos!

  9. Artur barros disse:

    É inaceitável para um país Ocidental cujas tradiçoes vem de longo periodo de tempo serem desrespeitadas por um povo que opta em viver em outro país mas não quer aceitar as leis de onde querem viver. É bom lembrar que a maioria do povo árabe mulçumano em seus paises de origem não aceitam os povos de origem cristã ou judaica.
    Eu não poço aceitar que uma pessoa vá á minha casa se ela não me aceita na sua.

  10. Artur barros disse:

    Optei pelo sim, pelo fato dos países de origem árabe mulçumana nã aceitarem a religião de outros povos. Nós podemos observar a aceitação da palavra de D-us (Jesus Cristo) SEREM REPRIMIDOS em paises mulçumanos, por que teria eu que aceitar um mulçumano em meu país?? Se ele não me aceita no seu com minhas tradiçoes e minha religião???

  11. layla altahan disse:

    Pois bem. Sou brasileira. Filha de pai ateu e mae evangelica. Me converti ao islã faz pouco tempo POR VONTADE PROPRIA! o islã não obriga a mulher a usar o véu,são ditadores preconceituosos que despejam todo seu ódio em leis ditas baseadas no islamismo. 1 – a mulher não é obrigada a usar o véu. O profeta falou somente de cobrir o colo! Usar o véu é algo entre a mulher e Allah. Quando ela sentir necessidade e vontade ela usa! 2 – A mulher no alcorão sagrado tem muitos direitos. Direitos adquiridos pelo ocideente somente mto recente! Como: votar, trabalhar, ter seu comercio, SE DIVORCIAR (sim no islã a mulher pode se divorciar e tem direto a pensão pelo resto da vida!). Isso está no alcorão, há mto tempo. Me diz aqui no ocidente a qtos anos a mulher tem esses diretos? Não mais que 1 século!
    Eu ainda não uso o véu, estou me adaptando, Mas Allah irá fazer eu me adaptar na hora certa. Sei que a justiça é DELE e ninguém além DELE irá me fazer usar o véu.
    Salaam Aleikum

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *