Início » Sem categoria » Mulheres afegãs saem às ruas contra “legalização do estupro”
Protesto

Mulheres afegãs saem às ruas contra “legalização do estupro”

Mulheres afegãs saem às ruas contra “legalização do estupro”
Terra Brasil

Cerca de 200 mulheres se reuniram em frente à mesquita de Cabul para protestar contra o clérigo Mohammad Asif Mohseni. Ele é apontado como o principal incentivador de uma lei que dá aos maridos o direito de ter relações sexuais com suas mulheres mesmo contra sua vontade, o que organizações de direitos humanos classificaram como “violação conjugal”.

Um número mais ou menos igual de contra-manifestantes do sexo masculino protestou furiosamente contra o que consideram pressão estrangeira para impor valores ocidentais no Afeganistão. Segundo a Associated Press, algumas mulheres foram apedrejadas.

Fontes:
Guardian - Afghan women protest against law that 'legalises rape'

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

12 Opiniões

  1. Fabio Leonel disse:

    Essas mulheres do Afeganistão estão muito atrevidinhas. Lugar de mulher é em casa, cozinhando, lavando roupa e fazendo as vontades do marido.

  2. Veronica disse:

    @Fabio Leonel,
    Em que planeta vc mora? Se mora na terra e age assim com a sua mulher, prepare-se para em breve aumentar a altura da sua porta sob o risco de não conseguir passar :-), ou faça análise para sair do armário…As mulheres agradeçem.

  3. LUIZ ANTONIO VIEIRA BARBI disse:

    O AFEGANISTAO E UM PAIS DITO MUCULMANO E COMPLICADISSIMO AOS NOSSOS OLHOS OCIDENTAIS DITOS ” CIVILIZADOS “. NUNCA VAMOS ENTENDER NADA DESTE PAIS UMA VEZ QUE ESTAMOS EM UMA REALIDADE ABSOLUTAMENTE DISTANTE DA REALIDADE DELES. ASSIM UMA NOTICIA DESTAS EM NADA NOS FAVORECE E NOS ARRISCAMOS A DAR PALPITES TOTALMENTE GROSSEIROS BEM CAPAZES DE DEMONSTRAR NOSSA IGNORANCIA EM RELACAO AO DISTANTE AFEGANISTAO. DEIXEMOS ELES PARA LA, MERGULHADOS NA REALIDADE DELES E FIQUEMOS CALMOS EM NOSSA REALIDADE.

  4. Laurel disse:

    Fabio Leonel, em vista do seu grau de inteligência e hilariedade, eu diria que há vaga para você no “A Praça é Nossa” ou no “Zorra Total”. Aliás, você também tem grandes chances de fazer parte do próximo BBB.

  5. Sarita disse:

    Não sei por que vocês publicam a opinião de um troglodita sobre as mulheres do Afeganistão.

  6. Juquinha disse:

    @Veronica et caterva,
    voce está sendo injusta com o Fabio… a sua visão é ocidental e nada tem a ver com a cultura do Afganistão. Lá as mulheres adoram um “arrocho” sexual….

  7. Neusi Maria disse:

    Que horrível. A violência e desrespeito do ser humano para com o ser humano está fora de limites… aterrador.
    Para aquela parte esquisita do mundo a mulher sempre foi criminalmente maltratada mas em pleno século XXI eles insistirem nestas barbaridades me deixa sem palavras apropriadas para expressar meu medo.
    E ainda tem por aqui quem perca a oportunidade de se manter de boca fechada.

  8. Neusi Maria disse:

    @Juquinha, nenhuma mulher gosta de encontrar homens assim.
    Tomara que nenhuma passe por você.

  9. Neusi Maria disse:

    @Fabio Leonel, não considere as mulheres do mundo iguais às que você conhece.

  10. IOLANDA R. SANTOS disse:

    Lá é mundo-cão! Jamais moraria em lugar desses. Minha liberdade de ir e vir, escolher ou não é muito importante.

  11. Juliane Brenner disse:

    A falta de noção de direitos humanos básicos é impressionante! Nada justifica a violência! Nem a tradição, a religião ou a moral de um determinando lugar. Observem que na foto existem mulheres de todas as idades. Será que algum neto (ou neta) ficaria feliz de ver sua avó ser apedrejada? Ou sua mãe? Quem acha que devemos “deixar pra lá” estas questões, porque não nos diz respeito, está sendo tão coerente por omissão quanto os homens que apedrejaram as mulheres. No mínimo, devemos refletir sobre o assunto e entender o que está errado e o que está certo, sem sair falando bobagens e fazendo piadinhas com a desgraça dos outros. Todas as atitudes negativas no mundo acabam nos influenciando de alguma forma. Será que estas pessoas ainda não perceberam isso?

  12. Eliel Campos de Melo disse:

    Este tipo de cultura fere toda dignidade da mulher, precisamos combater esses criminosos do Taliban, e exterminar esta raça que fere todos os principios da civilização mundial.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *