Início » Sem categoria » Pai da fertilização in vitro ganha Nobel de Medicina
Prêmio Nobel 2010

Pai da fertilização in vitro ganha Nobel de Medicina

Robert Edwards, de 85 anos, desenvolveu a técnica junto com Patrick Steptoe, que morreu em 1988

Pai da fertilização in vitro ganha Nobel de Medicina
Comitê anuncia Nobel de Medicina (Fonte: AFP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Robert Edwards (Fonte: EPA)

O Comitê responsável pelo Prêmio Nobel anunciou nesta segunda-feira, 4, em Estocolmo, que o Nobel de Medicina 2010 foi atribuído ao britânico Robert Edwards, de 85 anos, considerado o pai da fertilização in vitro, ou IVF.

O procedimento já ajudou milhões de casais inférteis a terem filhos e, segundo o comitê, cerca de 4 milhões de indivíduos nasceram graças à IVF, na qual o óvulo é fertilizado fora do corpo da mulher. Edwards desenvolveu a técnica junto com Patrick Steptoe, que morreu em 1988.

Ao fazer o anúncio da escolha de Robert Edwards, o comitê ressaltou que “suas conquistas tornaram possível tratar a infertilidade, uma condição médica que aflige uma grande proporção da humanidade, incluindo mais de 10% de todos os casais do mundo”.

O Nobel de Medicina foi o primeiro dos prêmios de 2010 a ser anunciado. Na sequência vêm Física, Química, Literatura, Paz e Economia. Cada ganhador recebe aproximadamente 10 milhões de coroas suecas (cerca de US$ 1,5 milhão), um diploma e uma medalha de ouro.

Leia mais:

Os prêmios e seus valores

EUA dominam Nobel de 2009

Fontes:
Estadão - Criador da inseminação artificial ganha Nobel de Medicina

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *