Início » Sem categoria » Papa traça paralelo entre ateus e nazistas
Igreja Católica

Papa traça paralelo entre ateus e nazistas

A Associação Humanista da Grã-Bretanha reagiu dizendo que declarações de Ratzinger são 'surreais'

Papa traça paralelo entre ateus e nazistas
O encontro entre a Rainha Elizabeth II e o Papa Bento XVI (Fonte: EPA)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Papa Bento XVI causou polêmica logo no primeiro pronunciamento de sua visita à Grã-Bretanha. Nesta quinta-feira, 16, diante da rainha Elizabeth II, Ratzinger lembrou da luta dos ingleses contra o regime de Adolf Hitler, “uma tirania nazista” que queria “erradicar Deus da sociedade”.  Em tom de alerta, ele pediu aos britânicos que “evitassem formas agressivas de secularismo”.

“Quando formos refletir sobre as lições sombrias do extremismo ateísta do século XX, nunca nos deixemos esquecer de como a exclusão de Deus, religião e virtude da vida pública leva em última instância a uma visão truncada do homem e da sociedade, e portanto uma visão reducionista das pessoas e seus destinos”, disse o chefe da Igreja Católica.

Declarações ‘surreais’

A Associação Humanista da Grã-Bretanha reagiu: “A noção de que são as pessoas não-religiosas no Reino Unido que hoje querem impor suas opiniões, vinda de um homem cuja organização se empenha internacionalmente em impor sua forma estreita e excludente de moralidade, além de enfraquecer os direitos humanos de mulheres, crianças, gays e muito outros, é surreal”.

Leia mais:

Reino Unido reluta em pagar para ver o Papa

Catolicismo ganha novos adeptos no Reino Unido

Fontes:
O Globo - Papa liga ateus a nazistas e abre nova polêmica em visita

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

8 Opiniões

  1. Rodrigo Schmidt disse:

    Quem falando, se bem me consta, e creio constar, por assim dizer, o Santíssimo aí é que fez parte da Juventude Alemã de Hitler, com muito orgulho, diga-se.

  2. Luiz Leitão disse:

    Epa! Ateu é nazista? Ateus não creem em dogmas – religiosos, pelo menos. Nazistas são dogmáticos por natureza.

    O papa, cada vez mais proferindo discursos tresloucados, tenta desviar a atenção sobre os infindáveis casos de pedofilia em sua Igreja.

    A pedofilia, o abuso de crianças, equipara-se, em torpeza, ao genocídio nazista.

  3. Jorge Luís Luz de Queiroz disse:

    A minha vivência, o meu conhecimento e a minha
    razão me levam a ser ateu. O Papa deveria se
    lembrar que a igreja foi omissa com relação à
    matança de judeus, durante a II Guerra Mundial.

  4. Roberto Marques disse:

    É triste não respeitar a opinião das pessoas. Aonde estar o amor pelas pessoas se quer obrigar a pensar e ter as mesmas opiniões. Deus deu o livre arbítrio, devemos amar a todos de igual maneira, não interessa se é Católico, Evangélico, Budista, Gay, GLS, Ateu, etc. devemos apenas a respeitar e amar.

  5. Markut disse:

    Que diferença de João Paulo VI! O homem é de uma inabilidade politica a toda prova!

  6. andre becker(Santos/SP) disse:

    padres sao um bando de vi…. e tarados que nao podem ver menininhos, sao pedofilos ate debaixo d’agua.

    a igreja catolica so existe por que esconde a verdade dos homens
    e assassinou e roubou a humanidade por seculos

    agora vem um velho podre que ainda nao entendo de por que que dao audiencia a isso ainda.

    se eu fosse o presidente do brasil minha primeira tarefa seria cobrar impostos de todas as igrejas e sobre tudo…

    o nazismo deixou uma sequela enorme na humanidade(ou nao?)

    ateu nao fala contra igreja nem contra ninguem
    ateu so nao quer saber dessas conversas fiadas de igrejas
    se fala contra nao é ateu, é oposição
    !!!

  7. Regina Caldas disse:

    Não é a primeira vez que Bento XVI fala algum absurdo como este de igualar ateu a nazista.
    Sócrates foi acusado de ateísmo, Spinosa(panteísmo)entendendo Deus em todas as coisas e não além do Universo; Freud,Hegel,Dostoievsky (Se a Justiça não existe, Deus não existe), poderiam ser comparados a nazistas? Será que algum destes homens que citei seriam capazes de cometer os crimes cometidos pelos nazistas?

  8. André Luiz de Jesus Silva disse:

    Muito mais que surreal, tal opinião é anacrônica e totalitária. Eu que sou negro e ateu, sou também nazista? Isso é um absurdo! O totalitarismo da opinião de Sua Santidade expõe-se através da sua desesperada tentativa de colocar o Catolicismo como entidade religiosa predominante no mundo europeu. Nos últimos vinte anos a Igreja perdeu adeptos, e na Grã-Bretanha, o número de ateus é maior que o de católicos. Se ele quer tanto que todos sejam católicos, deveria fazer uso de argumentos mais respeitos ao direito de escolha das pessoas, pois escolher faz parte das ações democráticas de um indivíduo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *