Início » Sem categoria » Possível fim da Lei de Anistia faz Jobim pedir demissão
Crise Militar

Possível fim da Lei de Anistia faz Jobim pedir demissão

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A possibilidade de revogação da Lei de Anistia de 1979, pela terceira versão do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), provocou pedido de demissão do ministro da Defesa, Nelson Jobim.  O ministro procurou Lula às vésperas do Natal, dia 22, para entregar o cargo, mas  a crise militar terminou em acordo.

Outros três comandantes das Forças Armadas também ameaçaram sair do cargo, diante da saída de Jobim. O ministro avaliou partes do PNDH-3 como “revanchistas e provocativas”.

A resposta de Lula à crise foi o acordo de não reescrever o texto do Programa e a garantia de que as propostas que seguirão para o Congresso não poderão afrontar as Forças Armadas.

Fontes:
Estadão - Projeto que revoga Lei de Anistia fez Jobim ameaçar se demitir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Brasileiro disse:

    concordo em genero, numero e grau com o Ministro Jobim, que tais atitudes são “revanchista e provocativas” e nenhum militar deve aceitar assumir os cargos vagos.

  2. Cecél Garcia disse:

    Seria o maior milagre da cidadania se soubessemos os verdadeiros motivos de ambos para tais posições.

    Pois acredito – pelo histórico ja vivido – que nessa temática não existem nem santos tampouco santinhos.

    Caso contrário muitos que ainda estão ai, estariam respondedo por crimes hediondos e em cárcere privado.

    Porém como vivemos num país do ”tudo pra manhã” o esquecimento banal das circuntâncias e o que nos cabe, como marionetes involuntárias e vitimados pelas urnas.

  3. joao carneiro de araujo filho disse:

    Aanistia tem de ser ampla geral e inrrestrita por enquadrar um tratamento equanimo de paridade; para que nao haja anarquia por parte da queles que foram injustiçados por erros administrativos e que foram abafados no rol do esquesimento,anaquistas estes que se tornaram verdadeiras fontes de baderna e desrespeito com os poderes contitucionais; Rui Barboza falou que para se manter a ordem tem que corrigir a desordem pt. aguardo respostas

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *