Início » Sem categoria » Publicidade para crianças ganha novas regras
foco nos adultos

Publicidade para crianças ganha novas regras

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Começa a vigorar nesta terça, 24, o aumento nas restrições à publicidade para crianças e jovens no Brasil. Foi preparada uma espécie de código de conduta onde fica determinado que a publicidade terá de ser direcionada aos pais e não mais às crianças e aos adolescentes.

A iniciativa foi da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), apesar de conhecer o poder de convencimento desse público. O código foi elaborado em parceria com a Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) e mais 24 companhias.  Desta forma, a decisão pela compra dos produtos anunciados será de responsabilidade dos adultos.

A exemplo dos Estados Unidos, Canadá e países da Europa, a Abia usou estudos científicos para convencer seus associados e a ABA de que as restrições eram necessárias. Nos países citados existem códigos de regras para tirar o público intanto-juvenil do foco das propagandas.

Entre as empresas que apoiam o código elaborado estão Coca-Cola, Unilever, Nestlé e Sadia. Além do veto ao foco no público infanto-juvenil, também será determinado que se destaque os valores nutricionais dos produtos. Medida que empresas multinacionais já haviam adotado.

Fontes:
Estadao - Acordo aumenta restrição à publicidade para crianças

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Evandro Correia disse:

    Uma medida de moralização que devia ter chegado décadas atrás, estas restrições à propaganda para jovens. Não se pode esperar ética das agências de publicidade, tem de ser na marra.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *