Início » Sem categoria » Quem quer comprar?
Cuba

Quem quer comprar?

E Fidel saiu-se com esta: 'O modelo cubano não funciona mais nem para nós'. Por Percival Puggina

Quem quer comprar?
Há meio século, Cuba está submetida aos devaneios de um fanático, diz autor

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cuba é bem mais do que uma ilha em forma de lagarto, plantada no meio do Caribe. Cuba é um divisor de águas entre democratas e totalitários. Não tem erro. Saiu em defesa de Cuba, começou a falar em educação, saúde e “bloqueio” americano, deu. Não precisa dizer mais nada. O cara abriu a porta do armário e assumiu. O negócio dele é o comunismo da velha guarda. Na melhor das hipóteses, marxismo-leninismo; na pior e mais provável, stalinismo.

Leia também: O aniversário de Fidel Castro

Pois eis que Fidel Castro decidiu conceder longa entrevista ao jornalista norte-americano Jeffrey Goldberg. Embora a pauta fosse o ambiente político do Oriente Médio e o tom belicoso das posições de Ahmadinejad, Fidel gosta de falar e outros assuntos entraram na conversa. Não li toda a matéria. Poucas coisas serão tão infrutíferas quanto conhecer a opinião de Fidel a respeito de Ahmadinejad. Convenhamos. Horas tantas, o jornalista faz uma pergunta absolutamente sem sentido e obtém por resposta algo que arrancou manchetes mundo afora. É dessas coisas que acontecem uma vez na vida de cada jornalista sortudo. A pergunta foi sobre se valia a pena exportar o sistema cubano para outros países. Pondere, leitor, o absurdo da indagação: como poderia haver interesse em exportar algo sem qualquer cotação no mercado mundial há mais de três décadas? E Fidel saiu-se com esta: “O modelo cubano não funciona mais nem para nós”. Como se percebe, há na frase sinceridade e falsidade. Sincero o reconhecimento. Falsa a sugestão de que, durante certo tempo, o sistema teria funcionado.

De todo modo, até o dia 8 de setembro, quando foi divulgada a observação do líder da revolução cubana, supunha-se que só ele, o líder da revolução cubana ainda levasse fé na própria obra. Dois dias mais tarde, diante da repercussão internacional dessa sapientíssima frase, ele voltou atrás e disse ter sido mal-interpretado. Alegou que afirmara o oposto: o que não funcionaria é o capitalismo. E assim ficamos sabendo que os países capitalistas são um desastre e os socialistas um sucesso de público e renda.

Entenda-se o velho. Aos 84 anos ele já não pode mais voltar atrás. Vendeu a alma a Mefisto e os ponteiros de seu relógio quebraram. Quando fez uma primeira experiência com a sinceridade, deu-se mal. Coisa como para nunca mais. Era preciso retroceder e apelar para o “fui mal entendido”. Está bem, Fidel. Foste mal entendido. Mas ainda que tivesses sido bem entendido, andaste bem longe do problema de teu país. Neste último meio século, as dificuldades da antiga Pérola do Caribe, que transformaste num presídio, bem antes de serem econômicas, são políticas! Mais do que a ineficácia de uma economia estatizada, o que faz dó em Cuba é o totalitarismo. É a asfixia de todas as liberdades. São as prisões por delito de opinião. São os julgamentos políticos em rito sumaríssimo. É o paredón. É o aviltamento dos direitos humanos (quem disse que eles se restringem a educação e saúde?). É a perseguição aos homossexuais. São os linchamentos morais. É haver um espião do governo em cada quarteirão de cada cidade do país. É a dissimulação como forma de convívio social. É a falta de algo a que se possa chamar de vida privada. É terem os estrangeiros, em Cuba, direitos que são negados aos cubanos. É serem os cubanos cidadãos de segunda categoria em seu próprio país.

Há meio século – contam-se aí duas gerações – Cuba está submetida aos devaneios totalitários de um fanático que, para maior dos pesares, agrupou adeptos mundo afora. Esses adeptos atuaram na mais inverossímil e resistente montagem publicitária que o mundo já viu, em tudo superior à soviética, que desabou 21 anos atrás. Pois não bastasse a ressonância universal do fracasso, o mundo se encanta quando Fidel declara que o sistema econômico cubano não funciona mais. Mas o problema de Cuba é outro e ele está longe de reconhecer.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

16 Opiniões

  1. firmino teodoro da silva disse:

    Quem adora esse modelo de governo é o modelo LULA que ainda tem inveja do referido pois só ele deseja manter no poder, idêntico ao homem chamado hugo chaves. Que mente para o seu povo, e esses bestialmente o idolatra. Vãsoa ter o que merece logo logo. O que provavelmente acontecerá no brasil, pois o povo aqui também esta se tornando corrupto, não está ligando para acontecimentos de Brasilia. Deveriamos proceder como a população de Dourados. Colocar ordem e progresso na casa.Já que nosso mandante maior nada viu nada sabe e só sabe acobertar seus cupinchas. Não dá iniciativa de moralidade nunca e nem irá por ordem e progresso no Brasil.É dos que diga, quanto mais bagunça melhor.!!!!!! Lamentavelmente o candidato de perfil honesto terá que recolher e esconder de vergonha suas habilidades que só poucos reconhecem.O capital que os petistas apropriam é de ficar-mos envergonhado com a tamanha coragem dos dirigentes.!!!!!!!!!!!

  2. Sandra disse:

    Estive em Cuba 4 vzs para mergulhar, tenho amigos cubanos e de cada vez encontrei mais fome, falta de liberdade e tristezas.Meu amigo arquiteto ganha do governo US$30 no seu trabalho, que óbvio não dá sequer pra comer.Os ganhos são todos no mercado negro, vendendo antiguidades (ou qualquer coisa, até o próprio corpo).Assim mesmo as filas para comprar um pão são quilométricas, vc tendo o dinheiro para pagar.A tão propalada “educação e saúde p/ todos” não passa de uma balela, um slogan vazio, juntamente com as outras maravilhas da falsa propaganda típica do socialismo cubano.Outro amigo,foi arrancado de sua casa no meio da noite c/ toda a familia e jogado na prisão, s/ ter o direito de saber de que era acusado ( o partido precisava de sua casa p/ seus apadrinhados).Em suma, os simpatizantes brasileiros do governo castrista deveriam todos ser “extirpados” do Brasil e deportados para o paraiso que tanto admiram…De minha parte, desisti de voltar a Cuba até p/ mergulhar, pois estou certa de que vai chegar a hora em que não encontrarei mais nenhum dos amigos c/ vida.Por que será que, se o país é assim tão maravilhoso, muitos perdem suas vidas tentando de lá escapar?

  3. helio(rio de janeiro) disse:

    Lula, Dirceu e Dilma dizem, ao contrário do próprio Fidel, que o modelo de lá é bom. Essa turma daqui quer nos fazer crer que sua admiração por Cuba é ideológica. Não é. O que os move é simplemsmente o poder. Absoluto, se possível.

  4. Charles Goodwell disse:

    Cuba é um fracasso em todos os campos quando se fala de governo. Produz somente 30% dos alimentos que consome, o que por si só já basta para mostrar o desatino de seu modelo econômico. Vive passando o pires para governos aliados como Hugo Chaves, Lula e Evo Morales, para conseguir uns trocados. É um governo que não faz nada e não deixa os outros fazerem, porque qualquer iniciativa pode levar ao progresso pessoal e isso é proibido. Em compensação possui um gigantesco aparato de propaganda, capaz de agrupar toda a delinquencia política do mundo na defesa de seu regime homicida. É a prova de que bodes expiatórios funcionam e que a imbecilidade humana pode ser conquistada em favor de uma “causa”.

  5. Markut disse:

    Ora veja! O que há de mais dramático é a persistência do inabalavel prestígio desse regime e dos seus supostos heróis, por décadas a fio, sem que os fatos tenham sido suficientes para romper o encantamento.
    Como é que pode ter tanta permanência no imaginário , uma figura como a desse bandido aventureiro do Che Guevara, muito bem aproveitada para a lucrativa emissão de milhões de bonés, camisetas , etc.?
    O que vamos assistir agora é a uma renitente postura teimosa de quem não está disposto a rever os seus conceitos.
    Se os fatos não confirmam a teoria, mudem-se os fatos!

  6. Beraldo Dabés Filho disse:

    No primeiro e longo primeiro parágrafo da matéria, o autor fala de posições e conceitos ultrapassados. Não há mais que se falar em coumnismo da velha guarda, marxismo-leninismo, stalinismo. Estiveram em evidência num Mundo bipolarizado entre os EEUU e a extinta URSS.

    Trágicos “ismos”, tanto quanto o seu principal contrário, o Capitalismo-Imperialismo.

    Por trágico também, deveria ter sido citado o neo-liberalismo, praticado de forma selvagem pelo FHC, durante os seus 08 anos de governo, com ênfase absoluta na privatização do patrimônio nacional.

    Aliás, os 08 anos de neo-liberalismo selvagem do FHC, bem que poderia ter inspirado, na época, um sugestivo título de matéria política: “Brasil, Quem Quer Comprar?”

    E olha que o projeto era de “20 anos no poder”, como proclamava em prosa e verso o então Ministro Sérgio Motta (o famoso Serjão).

    Mas, como “Deus é Brasileiro”, inventou o Lula e acabou com a farra.

    Hoje o único “ismo” em evidência, já em processo embrionário inclusive nos EEUU é o que foi criado pela China: o Capitalismo de Estado.

    Sobre o sitema cubano, reconhecido pelo próprio Fidel Castro como decadente, e descrito pelo autor como um verdadeiro inferno, fica uma curiosidade: como sobrevive há 50 anos, mesmo sob embargos e sanções ocidentais?

  7. firmino teodoro da silva disse:

    quem ainda deseja manter no poder perpetuo como no caso de venezuela bolivia ira equaddor, venera esse varrido sistema de governo.Aliás tem um muito perto, que também fica de beijos com os castros.Sabe quem sabe quem???/ Lula da Silva.O eterno dos sem terras, dos salarios familias, esse pessoal que também vivem no cumunismo disfarçado.Ganham sem trabalhar, pois, é naquele, finjo que trabalho e voces fingem que pagam e aí se perpetuem no poder. Não é mesmo PTRaLHAS.

  8. Edson Vander disse:

    Há alguns anos, uma pesquisa( não lembro a fonte )soltou os números de patrimonios de diversos presidentes espalhados pelo mundo, e Fidel estava muito bem colocado com uma pequena fortuna. o que me pergunto é: Como pode ele ter patrimonio, se o restante do povo não tem? Não é o regime socialista baseado em igualdade total? um regime socialista só existiria se nascesse naturalmente, com o crescimento da alma humana e o fim completo do egoismo. Como isto esta longe de acontecer, só os aproveitadores virão com este papo de socialismo e estatais, visando mais uma maneira de roubar e controlar o povo.

  9. helio(rio de janeiro) disse:

    Um leitor disse que Fidel ajuda com seus médicos os países vizinhos. É o contrário, os médicos cubanos ocupam ilegalmente os empregos nesses países, e atuam ilegalmente. Na realidade são fugitivos de um modelo que até Fidel admite como equivocado. Fidel poderia propor à turma, cheia de dólares e aqui no poder, que comprasse a ilha e por lá ficassem para salvar o sofrido povo cubano.

  10. helio(rio de janeiro) disse:

    Resposta a Beraldo. Neoliberalismo foi uma palavra repetida ad nauseum para falar em FHC. Melhor que liberalismo ortodoxo desse governo. Na China, o movimento é o inverso do Brasil. Lá há desigualdade mas não há corrupção, nem consumismo incentivado pelo estado e gozado pelo poder. A China e a India investem pesado em educação, tarefa do Estado. Nós aqui temos um estado poderoso, mas que não cumpre os investimentos que lhe cabem: Educação ,Saúde, Segurança, Portos, areroportos, estradas, sanemanto básico. Estamos é nos desindustrializando e comprando os produtos chineses, muito mais competitivos que os nossos, inchados de impostos que cresceram nesses últimos 8 anos.

  11. DUARTE disse:

    GENTE O QUE EU VI AQUI NÃO VEJO EM OUTRO SITE NEM BLOGER NEM TWWITTERMOMETRO NEM OUTRA EU VI ALGUÉM FALAR nEO “Na melhor das hipóteses, marxismo-leninismo; na pior e mais provável, stalinismo.”(Neoliberalismo foi uma palavra repetida ad nauseum para falar em FHC. Melhor que liberalismo ortodoxo desse governo. Na China, o movimento é o inverso do Brasil. Lá há desigualdade mas não há corrupção, nem consumismo incentivado pelo estado e gozado pelo poder. A China e a India investem pesado em educação, tarefa do Estado. Nós aqui temos um estado poderoso, mas que não cumpre os investimentos que lhe cabem: Educação ,Saúde, Segurança, Portos, areroportos, estradas, sanemanto básico. Estamos é nos desindustrializando e comprando os produtos chineses, muito mais competitivos que os nossos, inchados de impostos que cresceram nesses últimos 8 anos.)HELLIO SE JÁ OUVIU FALAR DA EMENDA QUE O ITAMAR PÚBLICOU E LULA APRIMOROU NO REVOGUE AGORA DEIXA COMIGO DECRETO Nº
    … 6.381, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2008.

  12. helio(rio de janeiro) disse:

    Duarte,
    Acima da qualquer proposta ou ideologia, o que estamos tratando no momento é do maior escândalo no poder da nossa história. A ministra da Casa Civil, amiga, braço direito de Dilma e por ela indicada para sua substituição conseguiu em tempo recorde acumulkar escândalos milionários, nomeações de parentes, e durante a gestão de Dilma. A declaração gravada do Ministro Franklin Martins: “Foda-se a Moralidade”, é o que define a que vem a candidata, e qual o rumo que terá o país. Hoje Erenice é chamada de ex-assessora, como Dirceu, quando ocupava o mesmo cargo. Gostaria muito que Marina Silva, tão elegante, pudesse nos dizer o que sabe sobre a Dilma, a verdadeira razão de sua saída do PT.

  13. jayme endebo disse:

    Essa dinastia criminosa castrista tem que ser julgada e condenada não só pelos assassinatos de milhares de cubanos como tambem pela destruição de uma geração inteira que se tornaram verdadeiros robôs inertes e inuteis.
    Este ideia de que o cubano tem alta escolaridade é papo furado senão a lógica de que as indusrias se instalam onde há educação ou elas são atraídas não funcionam neste caso.
    Os Petralhas estão doidos para importar este regime pois assim poderão ficar mais ricos e com a censura blindando-lhes.

  14. PAULO disse:

    O sistema socialista cubano tem seus ganhos históricos: sáude e educação de 1º MUNDO; o resto é mercadoria estragada para o terceiro mundo consumir; não existe maior patrimônio para humanidade do que a saúde e educação.Nós, do terceiro mundo queremos educação e saúde.

  15. joseb lande bispo disse:

    o brasil está longe de ser democracia de fato pois ainda nao conseguem ver isso.

  16. Richoff disse:

    Corre na internet um vídeo em que Lula diz que fará hotéis, estradas e indústria em Cuba. Será que o Brasil está comprando Cuba? Acho que Fidel não está confiando muito no comprador.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *