Início » Sem categoria » Servidores federais continuam em greve
Greve

Servidores federais continuam em greve

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

As greves em instituições públicas federais têm prejudicado o atendimento ao público em diferentes áreas e não apresentam sinais de mudança ou solução. A paralização mais longa é na Cultura, mas a pior situação é a dos hospitais-escola das universidades públicas federais, que há 59 dias só atendem os casos mais graves.

A paralisação dos funcionários do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), iniciada há 66 dias, prejudica até distribuição de cestas básicas. A presidência do órgão deu ordem para que todos os grevistas, em torno de 5 mil, tenham o nome retirado da folha de pagamento.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) conseguiu este mês pôr fim na greve de seus funcionários depois de descontar no contracheque os dias não trabalhados.

Os 84 mil funcionários em greve das universidades continuam recebendo porque os reitores, que podem determinar o corte, consideram justas as reivindicações por melhores salários, condições de trabalho e planos de carreira.

Fontes:
Estadão - Quase 100 mil servidores federais estão em greve há mais de 2 meses

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Minie Sayão disse:

    O Lula não era o rei da negociação, o sindicalista bom de papo, ia resolver tudo? Como dizia o Barão de Itararé, de onde menos se espera, dali é que não sai nada mesmo…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *