Início » Economia » Internacional » Três ex-guardas de Auschwitz são presos na Alemanha
Crimes do nazismo

Três ex-guardas de Auschwitz são presos na Alemanha

Os homens, com idades de 88, 92 e 94 anos, são acusados de participar de assassinatos no campo de concentração na Polônia

Três ex-guardas de Auschwitz são presos na Alemanha
Em 2011, um tribunal condenou ex-guardas por cumplicidade nos assassinatos, o que abriu margem para novas acusações (Reprodução/Internet)

A polícia alemã prendeu três homens suspeitos de serem ex-guardas nazistas no campo de extermínio de Auschwitz, revelaram promotores nesta quinta-feira, 20. Eles têm entre 88, 92 e 94 anos e são suspeitos de terem participado de assassinatos no campo de concentração de Auschwitz, na Polônia ocupada, onde mais de 1 milhão de pessoas foram mortas durante a Segunda Guerra Mundial.

Os idosos foram submetidos a exames médicos e, em seguida, enfrentaram um juiz que confirmou que eles podem ser detidos em hospitais de prisões.

Por mais de 60 anos os tribunais alemães só processavam criminosos de guerra relacionados ao nazismo se evidências mostrassem que eles tinham cometido crimes pessoalmente.

Mas, em 2011, um tribunal de Munique condenou John Demjanjuk a cinco anos de prisão por cumplicidade no extermínio de judeus no campo de Sobibor, onde havia servido como guarda da SS, estabelecendo o precedente que todos os ex-guardas nazistas poderiam ser acusados de cumplicidade.

O escritório alemão que está investigando crimes de guerra dos nazistas enviou arquivos de 30 ex-funcionários de Auschwitz para os procuradores do Estado, com uma recomendação para que acusações sejam feitas contra eles.

O campo de concentração em Auschwitz foi operado pelos nazistas entre 1940 e 1945, até ser invadido pelas forças russas em 27 de janeiro de 1945.

Fontes:
The Guardian-Three suspected former Auschwitz guards arrested in Germany

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Joaquim Caldas disse:

    Ninguém condena as ações de Lenin,Stalim e Fidel Castro que mataram mais de 200 mil pessoas,só acusam Hitler? Por quê?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *