Início » Opinião » Viajante Gourmet: oito restaurantes em Nova York para dar uma volta ao mundo
Turismo

Viajante Gourmet: oito restaurantes em Nova York para dar uma volta ao mundo

Confira uma lista de restaurantes em Nova York, que poucas pessoas conhecem mas que são capazes de levar você a uma volta ao mundo, estando numa só cidade

Viajante Gourmet: oito restaurantes em Nova York para dar uma volta ao mundo
'Bao', esse pãozinho típico de Taiwan, servido no restaurante Baohaus em Nova York. Foto: GC/Blog Vambora!

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na mais recente viagem para Nova York, tive a chance de experimentar diferentes restaurantes das mais variadas partes do mundo. Em janeiro de 2015, aliás, saiu na revista Viagem e Turismo (na sessão favoritos), uma lista feita aqui por mim, de cinco desses restaurantes mais inusitados que experimentei por lá, indo da Colômbia ao Senegal. Para complementar essa lista aqui para o blog, seguem mais alguns desses diferentes, mas deliciosos restaurantes em Nova York (com ótimos preços também), que poucas pessoas conhecem e que são capazes de levar você a uma volta ao mundo, estando numa só cidade! Acompanhe abaixo:

8 Restaurantes em Nova York para dar uma volta ao mundo:

1-) Baohaus (Taiwan)

Baohaus NY

Mas o que é Bao? Foto: GC/Blog Vambora!

Uma pequena porta na 14 Avenida, no bairro do East Village, esconde um dos sabores mais inusitados que experimentei em Nova York, e que até então nunca tinha ouvido falar antes na vida: o BAO, uma espécie de pequeno sanduíche de Taiwan, feito com pãezinhos de massa de arroz (cozidos no vapor) recheados (com carne, porco, tofu, frango ou peixe). O sabor e textura são únicos: salgado, doce, picante, macio, crocante, tudo em uma única mordida. É delicioso! O lugar é pequeno (praticamente um corredor), mas super descolado, bem organizado e familiar, já que a receita acompanha os donos há tempos! Fácil acesso para quem estiver por perto da Union Square. Obs: Se quiser deixar a experiência ainda mais inusitada, peça a bebida AiYu: uns pedacinhos de gelatina misturados com limonada…

– Site: http://www.baohausnyc.com

2-) Momofuco Noodle Bar (Japão/Coréia)

Momofuco Noodle Bar NY

Noodle delicioso do Momofuco em Nova York. Foto: GC/Blog Vambora!

Esse restaurante do famoso chef David Chang vive cheio! O motivo? Um dos melhores noodles de Nova York. Para quem não sabe, noodle é um caldo de origem japonesa servido com macarrão, carne e vegetais, muito tradicional, mas que no Momofuco ganha versões mais ousadas e não menos deliciosas. Além disso, pratos mais conhecidos, como frango frito, ganham lá sabores potentes, como uma versão koreana super apimentada. O clima é jovem, descontraído, com decoração moderna, onde se senta no balcão ou mesas coletivas.
Site:http://momofuku.com/new-york/noodle-bar/

3-) Empanada Mama (Colômbia)

onze

O colombiano Empanada Mama, aberto 24h e perto de Times Square. Fotos: Edgar Zuniga Jr. e Joshua Bousel/ Flickr

Descobri o Empanada Mama sem querer procurando um restaurante bom e barato para comer em Times Square que não fosse alguma rede de fast/junk food. O que encontrei foi um dos restaurantes mais bem recomendados em Nova York no Tripadvisor, com filas na porta e uma comida deliciosa: empanadas! Existem diversas versões dessa espécie de “pastel” da América Latina, sendo nesse caso a receita original colombiana, assada ou frita. Um pouco mais grossa que o nosso pastel aqui do Brasil, a massa pode vir com vários recheios, incluindo um chamado de Brasil! O preço bom permite experimentar várias e a sensação de estar um pouco mais perto de casa a cada mordida. Obs: Fica aberto 24h, todos os dias da semana!
Site: http://www.empmamanyc.com

4-) La Baobab (Senegal)

La Baobab New York

Um dos restaurantes em Nova York mais diferentes que já fui: o senegalês Le Baobab. Foto: GC/Blog Vambora!

No Harlem, o La Baobab é com absoluta certeza um dos restaurantes mais diferentes que já fui na vida, especializado em comida africana, em especial do Senegal. A comida é simples mas farta, com uma cara não muito inusitada para nós brasileiros, já que o arroz (branquinho, mas não tão soltinho) é o acompanhamento principal da maioria dos pratos, mas tirando isso, todo o resto é uma verdadeira experiência antropológica/gustativa! Temperos, especiarias e sabores únicos, nomes de pratos que nunca ouvimos falar,  pessoas ao lado falando idiomas completamente diferentes, sendo que muitas comiam com as mãos (o que é tradição local), foram só alguns dos ingredientes desse almoço no mínimo inusitado. Não sei se um dia vou conseguir ir ao Senegal, mas se puder, volto sem dó no Baobab!
Site: http://www.lebaobabrestaurant.com

5-) Bánh Mi Saigon Bakery (Vietnã)

seis

Banh Mi, já ouviu falar? Foto: Divulgação

Um pedaço do Vietnã no meio de Chinatown, especializado no Bánh Mí, um sanduíche de porco servido numa baguete (herança da colonização francesa no Vietnã), com picles, pepino, cenoura, molho picante e coentro: uma verdadeira explosão de sabores, todos em harmonia. O lugar não tem frescuras: come-se no balcão e os atendentes mal falam inglês, mas é só dar a primeira mordida que um novo mundo se abre. É a comida perfeita para um dia quente em Nova York e se alguém quiser abrir uma filial ou um food truck de Bánh Mí aqui no Brasil, já terá pelo menos uma cliente: é bom demais e perfeito aqui para o nosso clima!
– Site: http://www.banhmisaigonnyc.com

6-) Café Himalaya (Nepal)

Cafe Himalaya NY

Prato do nepalês Café Himalaya. Foto: GC/Blog Vambora!

Eu nunca tinha imaginado como era a comida típica do Nepal, mas uma volta ao sul de Manhattan (perto do encontro mágico da 1 Av. com a 1st St.) achamos sem querer esse pedacinho do Himalaia em plena Nova York. Foi lá provavelmente que comi o mais apimentado macarrão da minha vida (chamado com o quase impronunciável nome de “Gyathuk Ngopa”), mas devo dizer que mesmo depois de algumas lágrimas comi tudo! O lugar é simples, pequeno, super barato, mas a comida…do outro lado do mundo! Um daqueles restaurantes em Nova York perfeito para se gabar para família e amigos quando voltar: “Então, vocês já experimentaram a comida do Nepal?”
– Site: http://bit.ly/1DO6eZz

7-) Alfanoose (Síria/Líbano)

Alfanoose NY

Delicioso e barato prato do restaurante Alfanoose em Wall Street. Foto: GC/Blog Vambora!

Bem no meio de Wall Street, o centro financeiro de Nova York, está um dos restaurantes mais democráticos, deliciosos e com ótimo custo x benefício da cidade. Por fora você não dá nada, mas é só abrir a porta para sentir um cheiro inigualável da comida do Oriente Médio, especialmente da Síria e do Líbano. Você escolhe o que quer e eles montam na hora o seu prato. Um falafel (bolinho de grão de bico) delicioso com homus, babaganush, lentinhas, arroz, num preço justíssimo fazem desse restaurante uma barganha num dos quarteirões mais ricos do planeta!
– Site: http://www.alfanoose.com

8- ) Ferrara Bakery & Café (Itália)

Ferrara Bakery e Cafe

Tradicional Ferrara Bakery e Café em Nova York. Foto: GC/Blog Vambora!

Talvez o mais comum de todos os restaurantes listados aqui, mas com o canolli mais espetacular do universo, sendo o café italiano mais antigo de Nova York, criado em 1892. Ainda que comida italiana seja muito difundida no Brasil, o cannoli (um doce, feito de massa frita crocante recheada) é ainda pouco conhecido aqui por nós, mas em Nova York tem fãs por toda parte. No bairro de Little Italy, fica esse café/padaria/restaurante com filas na porta o ano todo, mas prometo que vale a pena: o cannoli é incrível! Coberto com chocolate ou tradicional, são recheados com um creme de ricota e frutas secas: é doce na medida certa, crocante e cai perfeito com o café da tarde. Se todos os outros restaurantes de Nova York aqui listados foram muito exóticos para você, a Ferrara Bakery é um portal para o melhor da Itália tradicional que ainda não conhecemos muito no Brasil.

Site: www.ferraracafe.com

*Guta C. escreve no blog Vambora, parceiro do Opinião e Notícia.

Fontes:
Blog Vambora!-Viajante Gourmet: 8 restaurantes em Nova York para dar uma volta ao mundo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *