Início » Vida » Ciência » As gravuras que quase mudaram curso da história
História da Ciência

As gravuras que quase mudaram curso da história

Livro de história natural recentemente colocado na internet atrasou em um ano publicação da obra mais importante da história da física

As gravuras que quase mudaram curso da história
Essa gravura de um peixe voador quase mudou o curso da história (Reprodução/Economist)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Essa gravura, de um peixe voador, quase mudou o curso da história. Ela faz parte de uma série do livro de John Ray e Francis Willughby chamado “Historia Piscium”, publicado em 1686 pela Royal Society e recentemente colocado na internet por ela para a instrução de estudiosos no mundo todo. A sociedade, que hoje se descreve com orgulho como a academia científica mais antiga do mundo (foi fundada em 1660), quase foi à falência com o custo das ilustrações de alta qualidade, no que foi visto na época como um texto de história natural importante, mas que infelizmente não vendeu tão bem quanto os editores esperavam.

Como resultado, nenhuma verba foi deixada para outra publicação, “Principia Mathematica”, de Isaac Newton. O fato que o mais importante volume da história da física, que descreve as leis do movimento e da gravidade, viu a luz do dia no ano seguinte foi, no final das contas, por causa dos ricos bolsos de Edmund Halley, o do cometa. Halley era filho de um rico produtor de sabão e arcou com boa parte do custo de publicação.

Fontes:
The Economist - A fishy tale

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *