Início » Vida » Ciência » Novas descobertas sobre povo desaparecido há 700 anos
Acre-Bolívia

Novas descobertas sobre povo desaparecido há 700 anos

Novas descobertas sobre povo desaparecido há 700 anos
Fonte: Veja

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os primeiros vestígios desse povo foram descobertos acidentalmente por um arqueólogo em 1977, mas as escavações começaram há apenas três anos.

O misterioso povo viveu entre os séculos I e XIV na fronteira do Acre com a Bolívia. Em 1977 foram descobertas valas que delimitavam áreas circulares ou quadrangulares no solo da região. Os resultados das escavações, feitas por brasileiros e finlandeses, foram divulgados na última edição da revista inglesa Antiquity.

As descobertas mais importantes incluem artefatos e cacos de cerâmica. Por se tratar de objetos fruto de um processo fabril, é possível identificar o estágio de desenvolvimento desse povo. Além disso, devido ao número de valas encontradas, acredita-se que esse grupo desaparecido era composto por pelo menos 60 mil pessoas.

Outro fato que se destaca são as simetrias observadas entre as valas descobertas. Segundo um dos responsáveis pela pequisa, isso indicaria que “quem os construiu deve ter usado cálculos matemáticos e instrumentos de medição, o que denota uma população complexa e organizada”.

Leia mais:

Encontrados resquícios de civilização na Amazônia

Fontes:
Revista Veja - Um elo perdido na Amazônia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *