Início » Vida » Ciência » Pesquisadores desvendam a aparência de cavalos pré-históricos
Ciência

Pesquisadores desvendam a aparência de cavalos pré-históricos

Através de DNA, estudo mostra que pinturas rupestres representavam fenótipos da época

Pesquisadores desvendam a aparência de cavalos pré-históricos
Cavalos do paleolítico apresentavam diferentes padrões (Reprodução/ Estadão)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A maioria das pinturas de cavalos feitas por homens da era paleolítica representavam fielmente espécies existentes na época. Uma equipe de pesquisadores fez a descoberta através de análises de DNA retiradas de cavalos selvagens de cerca de 35 mil anos encontrados na Sibéria e na Europa.

Todas as variações de cor e padrões presentes nas pinturas rupestres realmente existiram nos cavalos selvagens da época. Segundo o estudo dos cientistas, entre eles, alguns da Universidade de York, existiam no período cavalos malhados e pintados, o que fortalece o argumento de que os homens buscavam reproduzir o ambiente natural.

As pinturas encontradas na caverna de Pech-Merle, na França, são um bom exemplo. Datadas de mais de 25 mil anos, elas mostram cavalos brancos com manchas escuras, semelhante a um padrão conhecido como “leopardo” nos cavalos contemporâneos. A pesquisa vai contra a tese de alguns pesquisadores, que acreditavam ser improvável que estes padrões existissem na pré-história. Para historiadores o padrão seria na verdade simbólico ou abstrato.

O estudo, que contou com pesquisadores de Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, Espanha, Rússia e México, foi publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). “Nossos resultados sugerem que, pelo menos para cavalos selvagens, pinturas paleolíticas em cavernas, incluindo representações de cavalos manchados, estavam baseadas na verdadeira aparência dos animais”, declararam os autores.

Fontes:
Estadão - DNA revela aparência de cavalos pré-históricos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *