Início » Vida » Comportamento » Trabalhar demais reduz o ritmo de produtividade
Produtividade no trabalho

Trabalhar demais reduz o ritmo de produtividade

Você trabalha muito? Um novo estudo de John Pencavel, da Universidade de Stanford, mostra que a redução das horas de trabalho pode aumentar a produtividade

Trabalhar demais reduz o ritmo de produtividade
Como parte de suas pesquisas o comitê realizou estudos nas fábricas de munição, que associavam as horas de trabalho e o desempenho (Reprodução/Internet)

Há muito tempo, os economistas já suspeitavam que as longas horas de trabalho eram prejudiciais à produtividade. John Hicks, um economista inglês, observou que “é provável que a maioria dos empregadores nunca tenha pensado que seria possível reduzir o número de horas de trabalho e manter a produção”. Segundo Hicks, com mais horas de trabalho, a produção por hora diminuía. Depois de muitas horas de trabalho, os empregados perdem a energia e, em consequência, ficam menos produtivos.

John Pencavel examinou um conjunto de informações pouco usuais: o estudo realizado por pesquisadores do comitê britânico “Health of Munition Workers Committee” (HMWC) durante a Primeira Guerra Mundial. A Grã-Bretanha estava desesperada para aumentar a produtividade, em razão da demanda quase insaciável por armamentos e munição. O HMWC teria de aconselhar o governo com relação à saúde e à eficiência dos operários das fábricas de munição: como seria possível aumentar a produtividade? Como parte de suas pesquisas o comitê realizou estudos nas fábricas de munição, que associavam as horas de trabalho e o desempenho.

Depois de muitas pesquisas, o estudo concluiu que os operários precisavam trabalhar menos horas. Pencavel analisou as informações coletadas pelo comitê e descobriu que os cálculos eram precisos. Quando as pessoas trabalhavam mais de cinquenta horas por semana, o aumento da produção começava a diminuir.

Fontes:
The Economist-Proof that you should get a life

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *