Início » Vida » Saúde » Dados oficiais sobre mortes pela doença são subestimados
Dengue

Dados oficiais sobre mortes pela doença são subestimados

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Relatórios divulgados pelo Ministério da Saúde e governos estaduais e municipais revelam 225 óbitos informados nos últimos dois anos causados pela dengue no Brasil. No entanto, foram registradas 326 mortes pela doença, 45% a mais que relatam os boletins oficiais.

A justificativa do governo para a discrepância nas informações é que o ministério, assim como governos estaduais e municipais, só inclui nos relatórios as mortes por dengue hemorrágica, não informando os óbitos pelas outras formas da doença, que também podem matar: a dengue clássica e a dengue com complicações, classificações definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fontes:
O Estado de S. Paulo - Em 2 anos, dengue matou 45% mais do que o divulgado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Dengoso disse:

    EU FUI UMA DAS VÍTIMAS DESTA DOENÇA, E DEIXEI DE TRABALHAR POR CERCA DE 15 DIAS. APESAR DE CARIOCA, PREOCUPU-ME MUITO O FATO DE ESTAR AUSENTE DO TRABALHO, APESAR DE OS SINTOMAS HAVEREM APERECIDO JUSTAMENTE NO ( MAIS UM ) FERIADO DE CARNAVAL. ATRIBUO ESTA ONDA DE CASOS A DOIS FATORES PRINCIPAIS: 1) A ETERNA IGINORÂNCIA DA MAIORIA DA POPULAÇÃO, E 2) A FALTA DE AÇÕES MAIS EFETIVAS DE QUEM COMPETE RESOLVER, OU ATENUAR, O PROBLEMA.

  2. Regina disse:

    É fácil colocarmos a culpa no governo ao invés de olharmos nossas próprias atitudes.Se cada um fizesse sua parte a situação não estaria como está.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *