Início » Pelo Mundo » Especialistas recomendam medicamento de prevenção ao HIV
Saúde

Especialistas recomendam medicamento de prevenção ao HIV

Comitê recomendou à agência FDA a liberação da droga Truvada para a prevenção da doença em pessoas saudáveis

Especialistas recomendam medicamento de prevenção ao HIV
Medicação já é liberada para tratamento da doença (Reproudção/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Pela primeira vez em 30 anos, desde o início da luta contra a epidemia de HIV, um grupo de especialistas recomendou à Food and Drug Administration (FDA) a aprovação de uma droga para a prevenção da doença em pessoas saudáveis.

O grupo recomendou na última quinta-feira, 10, que a agência aprove a medicação Truvarda como prevenção para aqueles que são HIV negativos e mantêm parceiros soropositivos, além de “outras pessoas em risco de contrair o vírus através da atividade sexual”.

A FDA ainda não se pronunciou sobre o assunto, o que deverá ser feito até o dia 15 de junho. A aprovação da agência marcaria um divisor de águas na batalha contra uma epidemia que ainda faz com que 50 mil pessoas sejam infectadas por ano nos Estados Unidos. De acordo com o Programa das Nações Unidas, em todo o mundo 2,7 milhões de pessoas são infectadas anualmente.

“Eu realmente acho que esta é uma incrível oportunidade de virar o jogo da epidemia”, disse Mattew V. Sharp, um dos que votaram a favor da aprovação da medicação. “Para alguém vivendo com HIV há 23 anos, estou cansado de ver a alta taxa de contaminação”.

A maior preocupação dos especialistas com a recomendação da droga é que ela sirva de desculpa para que as pessoas parem de usar preservativos. A série de três votos, uma para cada categoria de usuário, não foi unânime, com dissidências e abstenções que variam de dois – dos 22 membros do comitê de especialistas – na primeira rodada de votações, a 10 na terceira rodada.

A Truvarda  já é aprovada pela FDA para o tratamento do HIV. Isso significa que os médicos são livres para prescrevê-la para infectados. Mas uma nova aprovação pela agência irá liberar a empresa que produz a droga, Gilead Sciences, também para a prevenção.

Fontes:
Washington Post - FDA panel recommends approval of drug to prevent HIV infection

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *