Início » Vida » Meio Ambiente » Exposição reúne 19 fotos da devastação da natureza pelo homem
Meio Ambiente

Exposição reúne 19 fotos da devastação da natureza pelo homem

Fundação Deep Ecology reuniu fotografias de diferentes autores sobre devastação do meio ambiente em vários pontos do mundo

Não é novidade que os humanos exploram o planeta, trazendo prejuízos e devastando a natureza. A fundação Deep Ecology e o Population Media Center fizeram um trabalho fotográfico para forçar as pessoas a pensarem no consumo de uma forma macro e refletirem sobre a situação do planeta.

Além de mostrar a devastação do planeta graças à exploração desenfreada de recursos naturais, as 19 fotos mostram como o consumismo pode prejudicar a natureza através de imagens de Black Friday e do descarte de computadores usados.

As pessoas raramente percebem o impacto real que exercem sobre a natureza ao comprar uma garrafa d’água, uma TV nova ou um computador. A cada dia há 220 mil pessoas a mais no planeta, gerando em média 1,8 kg de lixo por dia cada um.

Veja as fotos:

 

Local de despejo de eletrodomésticos em Accra, Gana (Foto: Reprodução/Peter Essick/Deep Ecology)

Local de despejo de eletrodomésticos em Accra, Gana (Foto: Reprodução/Peter Essick/Deep Ecology)

Cidade do México, uma das mais populosas cidades do Ocidente (Foto: Reprodução/Pablo Lopez Luz/Deep Ecology)'

Cidade do México, uma das mais populosas cidades do Ocidente (Foto: Reprodução/Pablo Lopez Luz/Deep Ecology)

Nova Déli, na Índia, cidade com população de 25 milhões de pessoas (Foto: Rperodução/Digital Globe/Deep Ecology)

Nova Déli, na Índia, cidade com população de 25 milhões de pessoas (Foto: Reprodução/Digital Globe/Deep Ecology)

Los Angeles, estados Unidos, a cidade onde há mais carros do que pessoas (Foto: Reprodução/Mike Hedge/Deep Ecology)

Los Angeles, Estados Unidos, a cidade onde há mais carros do que pessoas (Foto: Reprodução/Mike Hedge/Deep Ecology)

Campo de Exploração de Petróleo de Kern, California, EUA (Foto: Reprodução/Mark Gamba/Corbis/Deep Ecology)

Campo de exploração de petróleo de Kern, Califórnia, EUA (Foto: Reprodução/Mark Gamba/Corbis/Deep Ecology)

Exploração de madeira na Floresta Nacional de Willamette, Oregon, EUA (Foto: Reprodução/Daniel Dancer/Deep Ecology)

Exploração de madeira na floresta nacional de Willamette, Oregon, EUA (Foto: Reprodução/Daniel Dancer/Deep Ecology)

Usina de carvão no Reino Unido (Foto: Reprodução/Jason Hawkes/Deep Ecology)

Usina de carvão no Reino Unido (Foto: Reprodução/Jason Hawkes/Deep Ecology)

Svalbard, Noruega, onde o aquecimento global está mudando a natureza (Foto: Reprodução/Cotton Coulson/Keenpress/Deep Ecology)

Svalbard, Noruega, onde o aquecimento global está mudando a natureza (Foto: Reprodução/Cotton Coulson/Keenpress/Deep Ecology)

Maior mina de diamante do mundo, na Rússia (Foto: Reprodução/Digital Globe/Deep Ecology)

Maior mina de diamante do mundo, na Rússia (Foto: Reprodução/Digital Globe/Deep Ecology)

Queimadas na Amazônia para abrir espaço para a exploração da pecuária, Brasil (Foto: Reprodução/Daniel Beltra/Deep Ecology)

Queimadas na Amazônia para abrir espaço para a exploração pecuária, Brasil (Foto: Reprodução/Daniel Beltra/Deep Ecology)

Vasto campo de mineração que pode ser visto do espaço em Alberta, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Vasto campo de exploração de petróleo que pode ser visto do espaço, em Alberta, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Descarte de pneus, em Nevada, EUA (Foto: Reprodução/Daniel Dancer/Deep Ecology)

Local de descarte de pneus, em Nevada, EUA (Foto: Reprodução/Daniel Dancer/Deep Ecology)

Desmatamento na ilha de Vancouver, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Desmatamento na ilha de Vancouver, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Agricultura industrial em Almeria, na Espanha (Foto: Reprodução/Yann Arthus Bertrand/Deep Ecology)

Agricultura industrial em Almeria, na Espanha (Foto: Reprodução/Yann Arthus Bertrand/Deep Ecology)

Exploração de petróleo em Alberta, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Exploração de petróleo em Alberta, Canadá (Foto: Reprodução/Garth Lentz/Deep Ecology)

Homem tapando o nariz por causa do cheiro do Rio Amarelo, na China (Foto: Reprodução/Lu Guang/Deep Ecology

Homem tapando o nariz por causa do cheiro do Rio Amarelo, na China (Foto: Reprodução/Lu Guang/Deep Ecology)

Depósito de lixo em Bangladesh, onde grande parte das roupas do mundo são fabricadas (Foto: Reprodução/M.R. Hasasn/Deep Ecology

Depósito de lixo em Bangladesh, onde grande parte das roupas do mundo é fabricadas (Foto: Reprodução/M.R. Hasasn/Deep Ecology)

Black Friday em Idaho, nos EUA (Foto: Reprodução/Darin Oswald/Idaho Statesman/Deep Ecology

Black Friday em Idaho, nos EUA (Foto: Reprodução/Darin Oswald/Idaho Statesman/Deep Ecology)

Uma baiá isolada em Java, Indonésia, onde não há coleta de lixo e os moradores descartam diretamente nos rios (Foto: Reprodução/Zak Noyle/Deep Ecology

Uma baiá isolada em Java, Indonésia, onde não há coleta de lixo e os moradores descartam diretamente nos rios (Foto: Reprodução/Zak Noyle/Deep Ecology)

Fontes:
MIC-What Humans Are Really Doing to Our Planet, in 19 Jaw-Dropping Images

4 Opiniões

  1. adalberto oliveira disse:

    e´so´parar com esse consumismo desenfreado que a natureza ajeita tudo.

  2. chola disse:

    Senhor Èlio, por que não começarmos por você mesmo ?

  3. Élio J. B. Camargo disse:

    Como a própria reportagem diz, a cada dia, há 220 mil pessoas a mais no planeta, gerando em média 1,8 kg de lixo por dia cada um, apenas isso. Como solução, basta eliminar isso,
    Simples assim, basta vontade e políticas incentivadoras para se fazer menos gente e tempo para a Natureza corrigir este desequilíbrio.

  4. Vitafer disse:

    Que horror!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *