Início » Vida » Meio Ambiente » Flórida quer banir o uso do termo ‘mudanças climáticas’
Estados Unidos

Flórida quer banir o uso do termo ‘mudanças climáticas’

Funcionários do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida estão sendo orientados a não usar os termos 'aquecimento global' e 'mudanças climáticas' em qualquer tipo de comunicação oficial

Flórida quer banir o uso do termo ‘mudanças climáticas’
Aumento do nível do mar ameaça as praias da Flórida (Reprodução/Joe Raedle/Getty)

O estado da Flórida é um dos mais suscetíveis dos EUA às mudanças climáticas que atingem o planeta. O aumento do nível do mar ameaça as praias locais nos últimos 85 anos. Porém, não seria possível saber disso através do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida (DPA).

Os agentes do órgão estão sendo vetados de usar os termos “mudança climática” e “aquecimento global” em qualquer tipo de comunicação oficial, emails ou relatórios. A denúncia foi feita por funcionários do próprio departamento.

A política afeta não só a semântica, mas também os relatórios, os projetos educacionais e a política pública, em um departamento com 3.200 funcionários e US$ 1,4 bilhões de investimento.

“Nós fomos instruídos a não usar os termos ‘mudança climática’, ‘aquecimento global’ ou ‘sustentabilidade’. Essa mensagem foi passada para mim e meus colegas pelos nossos superiores no escritório do Conselho-Geral”, disse um advogado do departamento, Christopher Byrd.

Outra funcionária do DPA da Flórida, Kristina Trotta, falou que seu supervisor a informou que não deveria usar esses termos em uma reunião de equipe de 2014. Segunda ela, o argumento utilizado é de que os funcionários não deveriam discutir algo que não é um fato.

Essa política informal começou após o governador Rick Scott tomar posse, em 2011. Reeleito em novembro do ano passado, Scott afirma não estar convencido de que a mudança climática é causada pela atividade humana, apesar das evidências científicas.

O DPA negou a denúncia, feita no último domingo, 8, pelo jornal Miami Herald. Em nota ao jornal, a assessoria do órgão disse que a política revelada pelos funcionários não existe. Contudo, os funcionário mantiveram a versão, e afirmaram que as orientações são repassada apenas oralmente.

Fontes:
Miami Herald-In Florida, officials ban term 'climate change'

1 Opinião

  1. Jorge Armani disse:

    Lembro que o termo “ecologia”, também não se usa mais . . . mudança climática sempre houve, o período de intervenção humana é muito curto para se tirar alguma conclusão. Mas há interesses políticos e econômicos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *