Início » Vida » Ciência » Fóssil de primata encontrado na China é o mais antigo já descoberto
Ciência

Fóssil de primata encontrado na China é o mais antigo já descoberto

Fóssil de animal batizado de Archicebus achilles indica que a linhagem dos primatas teve início pelo menos 8 milhões de anos antes do que se pensava

Fóssil de primata encontrado na China é o mais antigo já descoberto
Fóssil têm cerca de 55 milhões de anos e foi encontrado na China em 2002 (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O resultado do estudo do mais antigo fóssil já descoberto de um primata – que era minúsculo, não pesava mais de 30 gramas, tinha uma cauda mais longa do que o seu corpo e caberia na palma da mão – indica que a linhagem dos primatas, um grupo de mamíferos que inclui os humanos, teve início pelo menos 8 milhões de anos antes do que se pensava.

O fóssil têm cerca de 55 milhões de anos e foi encontrado na China em 2002, mas o resultado do seu estudo por paleontólogos só foi publicado nesta quarta-feira, 4, no site  da revista Nature.

A análise do esqueleto revelou uma mistura de diferentes características:  o crânio, os dentes e os ossos das penas e braços se parecem com os de um subgrupo dos primatas que inclui os lêmures, enquanto o calcanhar e os ossos dos pés lembram os antigos antropoides, que deram origem aos macacos, símios e humanos.

O animal de dentes pontiagudos e olhos grandes foi batizado de Archicebus achilles, que significa “macaco de cauda longa original”. Ele pertence ao início do período geológico Eoceno e, ao que tudo indica, é o parente mais primitivo dos lêmures na árvore genealógica.

Fontes:
The New York Times - Palm-Size Fossil Resets Primates’ Clock, Scientists Say

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *